Dois homens são presos sob suspeita de crime eleitoral em Campina Grande

porpjbarreto

Dois homens são presos sob suspeita de crime eleitoral em Campina Grande

A Polícia Militar prendeu, em flagrante, duas pessoas na tarde desta quinta-feira, 04, com material de candidato a deputado e lista de nomes, que são indícios de crimes eleitorais. Segundo a Polícia Militar, uma guarnição da PM fazia ronda no bairro José Pinheiro quando viu pessoas sob suspeita de crime eleitoral. Os homens foram abordados e levados para a sede da Polícia Federal onde foram autuados.

Um carro modelo Celta prata, adesivado com candidaturas de deputados estadual e federal, com pessoas fora dos carros conversando, na entrada de uma comunidade e ao perceberem a presença da polícia, os homens que estavam no celta. Lourival Tavares e Francivaldo de Oliveira tentaram fugir e, com eles, foram encontradas duas listas com nomes, número de títulos e locais de votação de 52 eleitores, juntamente com material de campanha.

Segue o texto do registro:

*Crime eleitoral/ Art 299 lei eleitoral*

*Acusados:*
Lourival tavares. D/n 13/05/1984 morador da rua: Ministro José Américo de Almeida, jose pinheiro. Segundo acusado Francivaldo de oliveira nascido em 06/10/1980 morador da rua Ministro jose Américo de Almeida n 14, jose Pinheiro.

*OBJETOS APREENDIDOS*
– vários materiais de campanha política, sendo: Adesivos e santinhos em nome de Edna Henrique e João Henrique, duas folhas de papeis ofício com 52 números de inscrições de títulos eleitorais com zonas e seções, com o nome de Lourival como lider.

*Relato:*
Por volta das 10h20mim do dia 04/10/2018 a guarnição da ROTAM “Alpha” estava fazendo rondas pelo bairro do José Pinheiro, quando passávamos pela Rua Sindolfo Montenegro( feira de madeira) a guarnição visualizar dois veículos parados um ao lado do outro com os condutores conversando sendo um gol cor prata e o outro um celta também cor prata e que o celta ao perceber a aproximação da guarnição saiu do local,sendo abordado mais na frente e que no interior do veículo tinha todo material de campanha já mencionado e no bolso do Lourival a lista com os títulos de eleitores, foi acionada a justiça eleitoral, que foi até o local, contratando o crime, sendo todos conduzidos até a sede da justiça eleitoral de Campina Grande e posteriormente a polícia federal, onde foram feitos os procedimentos cabíveis.

 

Ivyna Souto – Polêmica Paraíba

Sobre o Autor

pjbarreto editor

Deixe uma resposta