Justiça Federal expede mandado de prisão contra ex-vice-prefeito de Cajazeiras

porpjbarreto

Justiça Federal expede mandado de prisão contra ex-vice-prefeito de Cajazeiras

O juiz titular da 8ª Vara da Justiça Federal, sediada na vizinha cidade de Sousa, expediu em setembro último, um mandado de prisão contra Sr. Sinézio Martins de Oliveira, ex-vice-prefeito de Cajazeiras.

Sinézio, que fora condenado ao cumprimento da pena de 04 (quatro) anos e 03 (três) meses de reclusão, inicialmente em regime semiaberto, é o pai de Daianny Kelly Valêncio de Oliveira, a qual assume atualmente na gestão do prefeito José Aldemir, os cargos simultâneos de Secretária de Políticas Públicas (SSP) e Secretária Executiva de Desenvolvimento Econômico (SDCON).

O mandado expedido tem validade para até 11/02/2026 e se deu em face de um processo que tramitava em seu desfavor desde os idos do ano de 2016, no qual fora prolatada sentença condenatória.

Se tratava de uma ação que condenou Sinézio por desvios de recursos públicos da Prefeitura Municipal de São João do Rio do Pexe, crime praticado em conjunto com o Sr. José Aldeir Meireles de Almeida (irmão de José Aldemir Meireles de Almeida, atual prefeito de Cajazeiras).

Segundo o MPF, o ex-prefeito José Aldeir Meireles de Almeida simulou o processo licitatório e a celebração de contrato administrativo com a construtora M. O. Engenharia Ltda, de propriedade de Sinézio Martins de Oliveira. Em seguida, o ex-prefeito emitiu cheques em benefício da mencionada empresa, antes mesmo da obra ter sido realizada.

Ainda conforme a denúncia, Sinézio Martins colaborou com os desvios que foram da ordem de R$ 130.525,14, emitindo notas fiscais falsas de serviços prestados à prefeitura. O proprietário da construtora recebia os cheques e, após sacá-los, ou endossá-los,  dividia o dinheiro com o José Aldeir Meireles de Almeida.

 

Fonte: Farol do Sertão

Sobre o Autor

pjbarreto editor

Deixe uma resposta