Sertão: Projeto algodão orgânico é destaque no 11º Grito do Agricultor em Água Branca

porpjbarreto

Sertão: Projeto algodão orgânico é destaque no 11º Grito do Agricultor em Água Branca

A apresentação do Projeto Algodão Paraíba, as ações de apoio aos agricultores familiares desenvolvidas pelo Governo do Estado, por meio da Empresa Paraibana de Pesquisa, Extensão Rural e Regularização Fundiária (Empaer), e mais a realização de uma feira da agricultura familiar e exposição de animais integram a programação do 11º Grito do Agricultor que acontece no município de Água Branca, Sertão paraibano, com programação aberta nesta sexta-feira (9).

No primeiro dia já era grande a movimentação de agricultores, que começou com uma passeata pelas principais ruas da cidade. Também teve início a IV Feira da Agricultura Familiar, que continua neste sábado (10) com os agricultores expondo e comercializando seus produtos agrícolas, mostrando a diversidade de produção da agroecologia. Também se realiza a III Exposição Regional de Animais, que incentiva a troca de experiências entre os criadores e, principalmente, abre espaço para negócios.

No evento, estão sendo apresentados os resultados que os agricultores vêm obtendo com o cultivo de arroz da terra, enfocando a Comunidade Macaco. O presidente da Empaer e da Embrapa, Nivaldo Magalhães, ressaltou a importância do evento, como um local onde possibilita conhecer as ações e os programas sociais que contribuem para a melhoria da qualidade de vida das famílias agricultoras.

O evento tem se apresentado como o maior movimento da agricultura familiar da Serra do Teixeira, com a participação e o reconhecimento da comunidade, em relevância das reivindicações e, consequentemente do cumprimento das ações pleiteadas e das inovações apresentadas.

“As reivindicações apresentadas servem como subsídios para administração pública municipal na elaboração de programas e realização de ações para o meio rural, influenciando, sobremaneira, no planejamento dos orçamentos”, comentou o extensionista José Ronaldo Trajano dos Santos, da gerência operacional de Água Branca.

Ele lembra que é o momento dos criadores e agricultores se programarem para apresentar o melhor de sua produção, agregando valor e renda às suas atividades.

Programação – O evento começou com um café da manhã e atração musical em frente ao Sindicato dos Trabalhadores Rurais, seguido de caminhada e às 8h30, abertura na praça púbica, quando ocorreram homenagens e agradecimentos. Em seguida, começaram as apresentações culturais, as quais prosseguirão no sábado, 10, com a participação de poetas populares, cantadores de viola, sanfoneiros, venda de produtos agrícolas, ofertas de serviços pela prefeitura, apresentações de trabalhos em ciência e tecnologias para o meio rural, inicio da exposição de animais e a feira da agricultura familiar, com produtos agroecológicos.

Secom-PB

Sobre o Autor

pjbarreto editor

Deixe uma resposta