Arquivo mensal junho 2019

porpjbarreto

Veneziano participa das festividades de São Pedro em São Mamede e destaca ações em favor dos Municípios

O Senador Veneziano Vital do Rêgo (PSB-PB) prestigiou no último sábado (29) as festividades de São Padro na cidade de São Mamede, no sertão paraibano. Ele foi recebido pelo prefeito Dr. Umberto Jefferson e por lideranças políticas locais. Na oportunidade, Veneziano reafirmou seu compromisso de continuar trabalhando, em Brasília, por São Mamede e por todos os Municípios paraibanos.

A festa de São Pedro em São Mamede é uma das mais animadas da Paraíba e este ano contou com atrações como Beto Barbosa, Alcymar Monteiro, Joelma, Henry Freitas, Louro Santos, dentre outras. O prefeito Dr. Umberto Jefferson agradeceu a atenção de Veneziano com a cidade, não apenas pela participação das festividades de São Pedro, mas também por ações em favor do Município, desde a época em que exercia o mandato de Deputado Federal.

“Quero agradecer ao nosso Senador Veneziano, que orgulha toda a Paraíba, e para nós é um prazer imenso recebe-lo mais uma vez aqui em São Mamede. Veneziano trabalhou por toda a Paraíba, como Deputado Federal, e agora, como Senador, vai trabalhar muito mais. Minha gratidão a Veneziano, em nome de toda a São Mamede”, afirmou o Prefeito.

Veneziano agradeceu o convite de D. Umberto Jefferson e reafirmou seu compromisso com São Mamede e com os demais Municípios paraibanos. “Não poderia faltar a você e a toda a sua família, que sempre tem nos recebido de forma muito carinhosa e atenciosa e, a partir do momento em que Dr. Jefferson assumiu, com tanto brilhantismo e tanta competência, os destinos do Executivo Municipal de São Mamede eu não poderia deixar de colaborar com a sua gestão, com aquilo que é um projeto exitoso”, disse Veneziano.

Também participaram da festa e cumprimentaram Veneziano em São Mamede o Secretário Efraim Moraes, o Deputado Federal Efraim Filho e os Prefeitos Sales Júnior, de Patos; Segundo Domiciano, de São José do Sabugi; Otoni Medeiros, conhecido como Toninho, da cidade de Várzea e Nael Rosa, de Malta.

Veja vídeo acessando o link: https://www.facebook.com/senadorvenezianovital/videos/866412340382325/

Assessoria de Imprensa

porpjbarreto

Música: (30) de junho é comemorado o Dia do Caminhoneiro

A Música do Dia é “Caminhoneiro“, de Roberto Carlos.

Letra

Todo dia quando eu pego a estrada
Quase sempre é madrugada
E o meu amor aumenta mais
Porque eu penso nela no caminho
Imagino seu carinho
E todo o bem que ela me faz
A saudade então aperta o peito
Ligo o rádio e dou um jeito
De espantar a solidão
Se é dia eu ando mais veloz
E à noite todos os faróis
Iluminando a escuridão
Eu sei, ‘to correndo ao encontro dela
Coração ‘tá disparado
Mas eu ando com cuidado
Não me arrisco na banguela
Eu sei, todo dia nessa estrada
No volante eu penso nela
Já pintei no pára-choque
Um coração e o nome dela
Já rodei o meu país inteiro
Como bom caminhoneiro
Peguei chuva e cerração
Quando chove o limpador desliza
Vai e vem no pára-brisa
Bate igual meu coração
Doido pelo doce do seu beijo
Olho cheio de desejo
O seu retrato no painel
É no acostamento dos seus braços
Que eu desligo meu cansaço
E me abasteço desse mel
Eu sei, ‘to correndo ao encontro dela
Coração ‘tá disparado
Mas eu ando com cuidado
Não me arrisco na banguela
Eu sei, todo dia nessa estrada
No volante eu penso nela
Já pintei no pára-choque
Um coração e o nome dela
Todo dia quando eu pego a estrada
Quase sempre é madrugada
E o meu amor aumenta mais
Olho o horizonte e vou em frente
‘To com Deus e ‘to contente
O meu caminho eu sigo em paz
Eu sei, ‘to correndo ao encontro dela
Coração ‘tá disparado
Mas eu ando com cuidado
Não me arrisco na banguela
Eu sei, todo dia nessa estrada
No volante eu penso nela
Já pintei no pára-choque
Um coração e o nome dela
Eu sei, ‘to correndo ao encontro dela
Coração ‘tá disparado
Mas eu ando com cuidado
Não me arrisco na banguela
Eu sei, todo dia nessa estrada
No volante eu penso nela
Já pintei no pára-choque
Um coração e o nome dela
O nome dela
O nome dela
O nome dela
O nome dela
O nome dela
Compositores: Erasmo Carlos / John Hartford / Roberto Carlos
Letra de Caminhoneiro © Sony/ATV Music Publishing LLC
Produção e apresentação – Luiz Cláudio Canuto
porpjbarreto

João Azevêdo assina acordo com CIEB para inovação tecnológica na Educação

O governador João Azevêdo assinou, na última sexta-feira (28), no Palácio da Redenção, o acordo de cooperação entre o Governo do Estado – por meio da Secretaria de Educação, Ciência e Tecnologia – e o Centro de Inovação para a Educação Brasileira (CIEB), com o objetivo de promover o planejamento estratégico e inserir novas tecnologias dentro da gestão da rede pública estadual.

Na ocasião, o chefe do Executivo estadual ressaltou que o convênio celebrado irá qualificar ainda mais os gastos na Educação. “Nós estamos fazendo com que todos os investimentos em tecnologia e inovação sejam feitos da melhor maneira. Além disso, a parceria não tem custo para o Estado e vai permitir a melhoria na qualidade do ensino”, observou.

O secretário de Educação, Aléssio Trindade, ressaltou a importância do acordo de cooperação e lembrou que a Paraíba está entre os três Estados selecionados no Brasil para receber o projeto. “Ficamos muito felizes por essa escolha. São muitas inovações tecnológicas que surgem para a educação, mas, muitas vezes, as aquisições e as inserções das tecnologias nas escolas são feitas de cima para baixo. O CIEB é uma instituição de referência em nível nacional, que dá apoio às redes públicas e nós vamos ter a oportunidade de ouvir os professores e as escolas, para, a partir deles, fazer o planejamento da melhor inserção tecnológica na educação da Paraíba, o que se configura como uma proposta de relevância”, avaliou.

O secretário executivo de Ciência e Tecnologia, Claudio Furtado, afirmou que a parceria com o CIEB está inserida no projeto de governo digital e irá gerar economia ao Estado. “Esse convênio possibilitará um treinamento adequado para realizar um pregão, por exemplo, e fazer a melhor contratação, ou seja, é uma forma de comprar melhor”, disse.

A gerente pedagógica do CIEB, Gabriela Gambi, destacou o potencial da Paraíba para se tornar referência no Brasil em relação ao uso das tecnologias como um fator importante para impulsionar o ensino. “O Estado tem feito ações importantes na área da educação, assumindo esse espaço de vanguarda. Esse convênio oferece apoio técnico para otimizar processos e práticas de gestão dentro da Secretaria e construir soluções inovadoras junto com os professores para que a gente possa usar toda a potencialidade da tecnologia digital a favor da educação e de um ensino de melhor qualidade para todos”, pontuou.

Secom

porpjbarreto

Festival de Quadrilha é realizado dentro da programação do Xamegão/2019 em Cajazeiras

O público prestigiou na noite da última quinta-feira (27), o Festival de Quadrilhas no Xamegão, dentro da programação dos festejos juninos de Cajazeiras, numa promoção da Prefeitura Municipal através da Secretaria de Cultura e Turismo. O prefeito José Aldemir e o secretário Ubiratan Di Assis reforçaram a importância da valorização da cultura regional. A noite de hoje marca o encerramento das festividades, com Flávio Pizada Quente, Breno Andrade e Sarah Lorena.

O Festival de Quadrilhas foi uma das novidades do Xamegão na versão deste ano, juntamente com o Festival de Música Junina e o Casamento Matuto. As três atrações tinham como objetivo valorizar a cultura regional e autêntica no São João de Cajazeiras e empolgaram o público. As quadrilhas que encantaram os presentes à quadra do Xamegão foram As Virgens, Alegria de Matuto e Junina Arte Vida, com muita coreografia e o colorido dos figurinos.

Também se apresentaram ontem Anízio Júnior, Xote da Menina e Willyan dos Teclados.

Entre as atrações musicais, artistas da região, como: Bonde do Brasil, Joãozinho do Exú, Luan Pakerô, Nonato Neto, Eduarda Brasil, Firmino Araújo, Roberto Vaneirão, Romário Freitas, Forró de Arromba, Chico Amaro,Pisadinha de Luxo, Jefinho, Tora chinela, Giannini Alencar, Gilson Mania, Vaval Amaro e Xote de Menina, Anízio Júnior, Willyan dos teclados, Flávio Pizada Quente, Breno Andrade e Sarah Lorena.

 

Secom-Cz

porpjbarreto

Peru surpreende, elimina Uruguai nos pênaltis e vai às semifinais

Uruguai tem três gols corretamente anulados e Suárez perde pênalti

Os deuses do futebol recompensaram a retranca peruana na tarde deste sábado (29), na Arena Fonte Nova, em Salvador. A ineficiência uruguaia também contribuiu para que o 0 a 0 persistisse no duelo de quartas de final da Copa América. Na disputa de pênaltis, sobrou para Suárez o papel de vilão. O maior artilheiro da história do Uruguai foi o único a errar, enquanto os adversários foram perfeitos em suas cobranças. Agora, o Peru enfrentará o Chile nas semifinais.

Foi um jogo de muitos erros e baixo nível técnico. O badalado ataque uruguaio, com Suárez, do Barcelona, e Cavani, do Paris Saint Germain, frustrou a torcida presente na Arena Fonte Nova. A forte chuva que caiu durante o primeiro tempo não serviu de desculpa para o futebol pobre apresentado pelas duas seleções. O problema era falta de criatividade e inspiração por parte do Uruguai, e de ousadia do lado peruano.

A Celeste até balançou a rede três vezes, mas irregularidades foram corretamente apontadas pela arbitragem em todos os lances. Em jogadas regulares, o Uruguai perdeu muitos gols, um deles incrível com Godín. Praticamente debaixo das traves, o zagueiro uruguaio isolou a bola.

A arbitragem do brasileiro Wilton Sampaio e de seus auxiliares foi digna de nota. Anulou corretamente os gols e não esperou o VAR para tomar decisões importantes.

É possível dizer que o Peru melhorou seu futebol em comparação com a partida anterior, quando perdeu de 5 a 0 para o Brasil. O medo de sofrer uma nova goleada fez o time do treinador Ricardo Gareca se fechar mais no início do jogo e arriscar menos no ataque. À medida que o segundo tempo se desenrolava, ficou claro que o objetivo dos peruanos era levar o jogo para os pênaltis. Do outro lado, o Uruguai tentava evitá-los de qualquer maneira. Sem organização tática, o time de Óscar Tabárez apostava em bolas jogadas na área, numa tentativa quase desesperada de marcar. Não houve jeito.

Curiosamente, os dois times com melhor futebol demonstrado na primeira fase foram eliminados nas quartas de final. Enquanto a Colômbia caiu diante do Chile, o Uruguai foi eliminado hoje. Bom para os peruanos, que depois de se verem quase eliminados após goleada sofrida para os brasileiros na primeira fase, agora se veem nas semifinais. Resta saber se esse time pode surpreender ainda mais.

Ficha técnica:

URUGUAI 0 (4) X (5) 0 PERU

Competição: Copa América (quartas de final)

Local: Arena Fonte Nova, Salvador

Juiz: Wilton Sampaio (Brasil)

Uruguai: Muslera, Godin, Giménez, Cáceres, Gonzales; Bentancur, Valverde (Stuani), De Arrascaeta, Nández (Torreira); Suárez e Cavani. Técnico: Óscar Tabárez.

Peru: Gallese, Abram, Zambrano, Advíncula, Trauco; Yotún, Tapia, Carrillo (Christofer Gonzáles), Flores, Cueva (Ruidíaz); Guerrero. Técnico: Ricardo Gareca.

Gols (disputa de pênaltis): Guerrero, Ruidíaz, Yotún, Advíncula e Flores (Peru); Cavani, Stuani, Gallese, Torrera (Uruguai).

 

Saiba mais

 

Agência Brasil

porpjbarreto

‘Democracia, Estado de Direito e Soberania Nacional’

Ex- governador da Paraíba, Ricardo Coutinho, estreia como articulista do Brasil de Fato – PB

Para que se possa compreender a crise de longa duração que alcança o Brasil, e cujo epicentro está localizado na política, é preciso tomar uma certa distância da conjuntura para entender o contexto mais geral no qual ela se processa, muitas vezes a partir de iniciativas de agentes que não disputam o jogo devidamente caracterizados, ou mesmo de forma transparente. Nesse sentido, é preciso considerar inicialmente que existem instâncias de poder que são “invisíveis” no tabuleiro político, porque se camuflam como agentes extra-políticos, ao atuarem para incidir de forma direta nas agendas e prioridades dos Estados-Nação, em todo o planeta.

Inscrevem-se nessa categoria, as grandes companhias transnacionais e o sistema financeiro nacional e internacional que, fazendo pressão por uma vasta pauta liberalizante e globalizante, interferem de forma decisiva em todas as iniciativas que tenham por primado o desenvolvimento soberano. São instrumentos privilegiados para seus fins um enorme poder midiático, que atravessa os veículos tradicionais, mas que tem como lugar de destino privilegiado a comunicação digital. É particularmente aqui que os destinos de países e projetos políticos vêm sendo jogados, em total assimetria de meios e recursos.

Em todos os casos relevantes, são denominadores comuns: a possibilidade material, financeira, tecnológica, psicossocial, de incidir sobre o processo de formação da opinião pública, por meio da ação do poder econômico concentrado e da manipulação dos afetos. Os procedimentos são relativamente constantes, e envolvem o uso de bancos de dados imensos, propiciados pelas redes sociais, para entregar mensagens microssegmentadas, tendo por meta explorar os ressentimentos, as inseguranças; produzir vagas de descontentamento que, invariavelmente beneficiam justamente o projeto político dos que financiam essas iniciativas de “marketing”.

Golpe nas Democracias

É sobretudo a democracia representativa que se vê golpeada violentamente por essa tecnologia social e política, uma vez que preponderam os interesses dos que têm poder econômico e midiático para enviesar a opinião pública, rompendo-se desse com o que é essencial a esse regime político, ou seja, a ideia basilar de que a cada eleitor corresponde apenas um voto – note-se que com essas práticas regredimos a um regime de voto censitário. Os resultados desse modo abjeto de fazer política são evidentes na América Latina, continente que foi “reorientado” para a direita, desfazendo-se os governos de inclinação popular-democrática que foram hegemônicos até um passado recentemente.

Muitos argumentarão que foi a corrupção que varreu o continente da centro-esquerda, mas essa avaliação é frágil, especialmente porque abundam as evidências de que têm havido vários vícios ao longo dos processos, seja na produção de provas, na isenção das magistraturas, ou ainda por meio das pressões exercidas via redes sociais, com o objetivo de produzir resultado específicos no âmbito judiciário.

Há, contudo, um modo efetivo de visibilizar o que está implicado com o jacobinismo legal a que temos assistido no Brasil. Tomemos sua máquina processante, a partir dos principais resultados econômicos a que deu causa: destruição de empresas nacionais competitivas e privadas nas áreas de serviços complexos de engenharia, construção, exploração de petróleo e gás, química fina. Alijamento da Petrobrás da condição de player mundial, em um segmento absolutamente estratégico como energia. Ainda mais, dinamitado o centro dinâmico da economia nacional, o país se vê às portas da depressão, com desemprego galopante, perda da renda assalariada, empobrecimento que se dirige novamente à miserabilidade que havíamos superado.

A destruição da Soberania Nacional Brasileira

Pergunta que não quer calar: por que no Brasil, diferentemente da experiência mundial, as empresas foram punidas, preservando-se por meio do instituto da delação premiada, seus executivos e principais acionistas? Simplesmente porque o alvo do jacobinismo – assentado em uma parte do judiciário, e que toma também porção do parlamento nacional – sempre foi a transferência, em grande escala, da propriedade de ativos estratégicos nacionais, para os centros mundiais de poder. Fatos recentes, por sinal, desnudam esse caráter.

A grande lição política, portanto: não existe soberania onde fraquejam o estado de direito, o devido processo legal e as regras com as quais se participa do jogo democrático. Como é comum, o veneno aponta para o antídoto. A tarefa prioritária das forças progressistas consiste, exatamente, em recompor esses fundamentos, sem os quais o povo não tem qualquer chance contra os interesses da ordem internacional, em benefício da qual parte de nossa elite costuma prestar os serviços torpes da capatazia.

 

Ricardo Vieira Coutinho – * Ex- governador da Paraíba

Brasil de Fato | João Pessoa (PB)

porpjbarreto

Número de cadastrados para usar pílula que evita HIV cresce 38% no Brasil em cinco meses

De acordo com o Ministério da Saúde, entre janeiro e maio deste ano, 4.152 pessoas fizeram o cadastro

O número de pessoas que se cadastraram para receber a prevenção da infecção do vírus HIV por meio da Profilaxia Pré-Exposição (PrEP) cresceu 38% em cinco meses.

De acordo com o Ministério da Saúde, entre janeiro e maio deste ano, 4.152 pessoas fizeram o cadastro. Ao todo, 11.034 pessoas se cadastraram, desde a disponibilidade do tratamento no Sistema Único de Saúde (SUS), em janeiro de 2018.

Os grupos com maior risco de contrair o vírus, como homossexuais, profissionais do sexo, homens e mulheres trans e travestis passaram a ter acesso a esse tipo de prevenção na rede pública de saúde no Brasil.

Em 2017, o Ministério da Saúde disponibilizou a pílula inicialmente para 7 mil pessoas. A prioridade foi dada para cidades como Porto Alegre, Curitiba, São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Fortaleza, Recife, Manaus, Brasília, Florianópolis, Salvador e Ribeirão Preto.

Os locais foram escolhidos de acordo com o grau de incidência da doença no país. Posteriormente, a pasta liberou a medicação para outras partes do Brasil. A Profilaxia Pré-Exposição, no entanto, já era utilizada em outros países, como os Estados Unidos, por exemplo.

Apesar de prevenir a infecção do vírus HIV, a PrEP não impede o contágio de outras infecções sexualmente transmissíveis. Por isso, o Ministério da Saúde ressalta que o uso da camisinha é indispensável, já que é o método mais eficaz contra essas doenças. Além disso, o preservativo também evita uma gravidez não planejada.

 

Repórter – Marquezan Araújo

Agência do Rádio

porpjbarreto

Música: (29) de junho é comemorado o Dia do Pescador

A Música do Dia é “Mucuripe“, de Belchior e Fagner, com Djavan e Fagner.

Mucuripe

As velas do Mucuripe
Vão sair para pescar
Vou mandar as minhas mágoas
Pras águas fundas do mar

Hoje à noite namorar
Sem ter medo da saudade
Sem vontade de casar

As velas do Mucuripe
Vão sair para pescar
Vou mandar as minhas mágoas
Pras águas fundas do mar

Hoje à noite namorar
Sem ter medo da saudade
Sem vontade de casar

Calça nova de riscado
Paletó de linho branco
Que até o mês passado
Lá no campo inda era flor

Sob o meu chapéu quebrado
Um sorriso ingênuo e franco
De um rapaz novo encantado
Com vinte anos de amor

Aquela estrela é dela
Vida, vento, vela, leva-me daqui
Aquela estrela é dela
Vida, vento, vela, leva-me daqui

As velas do Mucuripe
Vão sair para pescar
Vou levar as minhas mágoas
Pras águas fundas do mar

Hoje à noite namorar
Sem ter medo da saudade
Sem vontade de casar

Calça nova de riscado
Paletó de linho branco
Que até o mês passado
Lá no campo inda era flor

Sob o meu chapéu quebrado
Um sorriso ingênuo e franco
De um rapaz moço encantado
Com vinte anos de amor

Aquela estrela é dela
Vida, vento, vela, leva-me daqui
Aquela estrela é dela
Vida, vento, vela, leva-me daqui

Composição: Belchior / Raimundo Fagner

Produção e apresentação – Luiz Cláudio Canuto
Agência Rádio Câmara
porpjbarreto

Meta 4: ex-prefeito é condenado a três anos de detenção por descumprir ordem judicial

Por deixar de cumprir ordem judicial, sem dar motivo da recusa ou da impossibilidade, por escrito, à autoridade competente, o ex-prefeito de Aroeiras, Gilseppe de Oliveira Sousa, foi condenado a uma pena de três anos de detenção, a ser cumprida em regime aberto. A sentença foi proferida nos autos da Ação Penal nº 0000200-56.2013.815.0681, pelo juiz Sivanildo Torres Ferreira, integrante do grupo de magistrados que atuam na Meta 4, do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), no âmbito do Judiciário estadual.

De acordo com a denúncia do Ministério Público Estadual, a ordem judicial era para que o então prefeito apresentasse informações acerca do número de uma conta bancária municipal para transferência de valores bloqueados que pertenciam ao município. Apesar de intimado pessoalmente por duas vezes (6 de dezembro de 2011 e 2 de abril de 2012), ele teria deixado de dar cumprimento à ordem, não apresentando qualquer justificativa.

Em sua defesa, o acusado disse que não houve descumprimento da ordem emanada pelo Poder Judiciário, pois despachou no rosto do mandado recebido e encaminhou para o secretário responsável pelo cumprimento da diligência. Disse ainda que a não comunicação do número da conta não trouxe ao Município qualquer prejuízo, posto que os valores devidos foram depositados.

Na sentença, o juiz Sivanildo Torres destacou que a conduta e a materialidade do crime estão amplamente demonstradas nos autos. “No caso em tela, extrai-se do caderno processual que o acusado descumpriu a ordem judicial, pois não informou o que fora solicitado, nem explicou o motivo de não ter cumprido”, ressaltou.

Sobre a culpabilidade, o juiz afirmou que também restou comprovada pelo descumprimento da ordem judicial. “Os motivos do crime são injustificáveis. As circunstâncias mostraram-se favoráveis à prática criminosa. As consequências foram as de negar informações para a investigação, desobedecendo ordem judicial”, afirmou o magistrado.

Cabe recurso da decisão.

Assessoria de Imprensa

porpjbarreto

649 vagas: PSE: Publicada 1ª chamada para matrículas

Pré-matrículas acontecem 01, 02 e 03 de julho

A Pró-Reitoria de Ensino do IFPB, divulgou o edital de convocação de pré-matrículas dos aprovados no Processo Seletivo Especial para o segundo semestre letivo de 2019.

A pré-matrícula acontece nos dias 01, 02 e 03 de julho. É necessário apresentar a seguinte documentação básica:

a)01 (uma) fotos 3×4 – colorida e recente, favor identificar nome no verso; b) Certidão de Nascimento ou de Casamento; c) Documento Oficial de Identificação¹ – com foto e data de expedição; d) Cadastro de Pessoa Física – CPF; e) Certificado de Conclusão do Ensino Médio², acompanhado de Histórico Escolar – exceto os que concorrem na modalidade Ingresso de Graduados³; f) Título Eleitoral e comprovante de quitação eleitoral – para candidatos maiores de 18 (dezoito) anos; g) Certificado de Alistamento Militar (CAM) ou Certificado de Dispensa de Incorporação (CDI) – somente para candidatos do sexo masculino maiores de 18 (dezoito) anos de idade.

Foram ofertadas vagas para os campi de Cabedelo, Cajazeiras, Campina Grande, Guarabira, João Pessoa, Monteiro, Patos, Picuí, Princesa Isabel e Sousa.

Confira o edital com o horário e endereço dos campi.

A previsão para a divulgação da confirmação de matrícula é dia 10 de julho.

Assessoria de Imprensa – IFPB