Arquivo mensal março 2019

porpjbarreto

Água invade casas e causa transtornos à moradores da cidade de Catingueira no Sertão paraibano

Uma forte chuva atingiu a cidade de Catingueira durante toda a noite do último sábado (30) e, parte da madrugada deste domingo (31). 

A chuva durou mais de 07 horas e fez com que o Rio dos Porcos tivesse a maior enchente dos últimos 09 anos. Com a cheia do rio, cerca de 13 casas foram totalmente alagadas pela água já nas primeiras horas da madrugada deste domingo, no Conjunto Tota Assis.

No total, 13 famílias tiveram suas casas invadidas pela água. Em algumas casas, a água atingiu cerca de um metro de altura, obrigando os moradores a tirar os móveis as pressas das residências. Por sorte não houve registro de nenhum incidente, e todos os danos causados pela chuva – foram materiais.

Segundo dados oficiais da EMPAER, choveu 120 mm em Catingueira na noite deste sábado e madrugada de domingo. O acumulado anual de chuvas na cidade chegou a 699,1 mm. Com catingueiraonline

porpjbarreto

Pedido de isenção da inscrição do Enem começa nesta segunda-feira

Solicitação pode ser feita até as 23h59 do dia 10 de abril

Estudantes que querem fazer o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) podem solicitar, a partir de amanhã (1º) a isenção da taxa de inscrição. Para não pagar a taxa, os candidatos devem atender os critérios de isenção. O pedido é feito pela Página do Participante, na internet. A taxa do exame este ano é R$ 85.

Podem solicitar a isenção da taxa os estudantes que estão cursando a última série do ensino médio, em 2019, em escola da rede pública; aqueles que cursaram todo o ensino médio em escola da rede pública ou como bolsista integral na rede privada, com renda, por pessoa, igual ou menor que um salário mínimo e meio, que em valores de 2019, equivale a R$ 1.497.

São também isentos os participantes em situação de vulnerabilidade socioeconômica, ou seja, membros de família de baixa renda com Número de Identificação Social (NIS), único e válido, com renda familiar por pessoa de até meio salário mínimo, ou R$ R$ 499, ou renda familiar mensal de até três salários mínimos, ou R$ 2.994.

Prazos

O pedido de isenção poderá ser feito, conforme o edital do exame, a partir das 10h, no horário de Brasília, do dia 1º de abril até as 23h59 do dia 10 de abril. No mesmo período, os estudantes isentos no ano ano passado que faltaram ao exame, podem apresentar justificativa e solicitar novamente a isenção.

No dia 17 de abril, o Inep vai divulgar a lista, também no portal do Enem, daqueles cujo pedido foi aprovado.

Os participantes que forem reprovados poderão entrar com recurso, no período de 22 a 26 de abril, na Página do Participante. O resultado do recurso será divulgado, no mesmo endereço, a partir do dia 2 de maio.

Enem 2019

As inscrições para o Enem deverão ser feitas no período de 6 a 17 de maio. Os participantes que tiveram ou não a isenção aprovada também devem fazer a inscrição para participar do exame.

O Enem será aplicado nos dias 3 e 10 de novembro. No primeiro dia de prova, os participantes responderão a questões de linguagens e ciências humanas e farão a prova de redação. Para isso, terão 5h30.

No segundo dia, os estudantes terão 5h para resolver as provas de ciências da natureza e matemática.

Os gabaritos das provas objetivas serão divulgados no Portal do Inep e no aplicativo oficial do Enem até o dia 13 de novembro. O resultado será divulgado, conforme o edital, em data a ser divulgada posteriormente.

As notas do Enem podem ser usadas para ingressar em instituição pública pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu), para obter bolsas de estudo em instituições particulares de ensino superio pelo Programa Universidade para Todos (ProUni) e para obter financiamento pelo Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

Agência Brasil

porpjbarreto

Sine-PB oferece 151 oportunidades de emprego em sete municípios paraibanos

O Sistema Nacional de Empregos da Paraíba (Sine-PB) oferece 156 oportunidades de emprego a partir desta segunda-feira (1º), distribuídas nas cidades de João Pessoa, Bayeux, Campina Grande, Cabedelo, Guarabira, Mamanguape e Santa Rita. O maior número de vagas se concentra no município de João Pessoa, com 115 postos de trabalho, sendo a maioria para os profissionais que realizam instalações em redes de telecomunicações.

Mais informações podem ser obtidas pelos telefones (83) 3218-6619, 3218-6618 ou 3218-6624, em João Pessoa e (83) 3310-9412 em Campina Grande.

Em João Pessoa, a sede do Sine-PB está localizada na rua Duque de Caxias, 305, no Centro de João Pessoa (próximo ao Shopping Terceirão).

Sine-PB-151-Vagas-de-emprego

porpjbarreto

Cidades do Sertão lideram chuvas no 1º trimestre do ano

Desde o início do ano, a Aesa tem registrado chuvas acompanhadas de fortes ventos em cidades do interior, principalmente no Sertão

Quatro cidades do Sertão estão entre as cinco onde mais choveu durante o primeiro trimestre do ano em toda a Paraíba. Os dados foram divulgados pela Agência Executiva de Gestão das Águas (Aesa) e levam em consideração as precipitações registradas no estado até a última sexta-feira (29).

De acordo com o levantamento da Aesa, é a cidade de Rio Tinto, no Litoral Norte paraibano quem lidera o ranking com 620,2 milímetros de chuvas. Em seguida aparecem quatro municípios do Sertão: Lagoa (614 milímetros), Jericó (559 milímetros), São Bentinho (550 milímetros) e Cachoeira dos Índios (545 milímetros).

Desde o início do ano, a Aesa tem registrado chuvas acompanhadas de fortes ventos em cidades do interior, principalmente no Sertão. Na cidade de Conceição, por exemplo, choveu quase 300 milímetros neste mês de março. Com Portal Correio

porpjbarreto

Duas pessoas morrem em acidente na BR-230, próximo à cidade de Sousa no Sertão da Paraíba

Os dois ocupantes da moto não resistiram aos ferimentos e morreram no local antes de receber atendimento médico

Um acidente grave deixou duas pessoas mortas na rodovia BR-230, entre a entrada para o distrito de São Gonçalo e o Núcleo II, na região da cidade de Sousa, no Sertão da Paraíba.

De acordo com informações da Polícia Militar, uma moto e um carro colidiram. Os dois ocupantes da moto não resistiram aos ferimentos e morreram no local antes de receber atendimento médico.

Equipes do Serviço de Atendimento Médico de Urgência compareceram ao local e constataram o óbito das vítimas.

Os corpos, que ainda não foram identificados, foram levados para o Núcleo de Medicina e Odontologia Legal (NUMOL) de Patos, para realização dos procedimentos e exames cadavéricos.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) foi acionada e coordenou o trânsito, além de dar início as investigações para identificar as causas do acidente. Com ClickPB

porpjbarreto

Bolsonaro anuncia abertura de escritório de negócios em Jerusalém

Netanyahu diz que aguarda a transferência da embaixada brasileira

No primeiro dia da visita a Israel, o presidente Jair Bolsonaro anunciou hoje (31) a criação de um escritório de representação comercial em Jerusalém. Ao lado do primeiro-ministro do país, Benjamin Netanyahu, Bolsonaro detalhou que o escritório será responsável pelas áreas de ciência, tecnologia e inovação e negócios.

Bolsonaro destacou a parceria entre as duas nações, que classificou como um “casamento”. “Eu disse antes de ser candidato: olha o que Israel não tem e o que é; e olha o que o Brasil tem e não é. Esse nosso casamento no dia de hoje vai trazer benefícios aos nossos povos”, ressaltou.

Netanyahu também assinalou a importância da iniciativa. Para ele, pode ser um primeiro passo para a transferência da Embaixada do Brasil de Tel Aviv para Jerusalém. “Eu espero, quem sabe, um dia chegue a Embaixada do Brasil a Jerusalém.”

Durante a entrevista coletiva Bolsonaro brincou que Netanyahu escolheu o nome do seu filho Yair em sua homenagem em alusão a Jair.

Parcerias

Entre os cinco acordos e um memorando de entendimento assinados, Bolsonaro ressaltou parcerias na área de aquicultura (atividade de criação de peixes).

“Queremos fazer com que o Brasil também se desenvolva nessa área da piscicultura. Muito obrigado por ter aceitado a proposta [apresentada pelo governo brasileiro]”, afirmou o presidente.

Bolsonaro agradeceu o apoio dado por uma brigada israelense nas buscas de vítimas em Brumadinho (MG), após o rompimento da barragem Córrego Mina do Feijão, no qual morreram 217 pessoas e 87 estão desaparecidas. A equipe de 136 militares de Israel passou dias na região e atuou conjuntamente com o Corpo de Bombeiros, a Defesa Civil e outros órgãos envolvidos nas buscas.

Agenda

Na segunda-feira (1º), o presidente visitará a Unidade de Contra-Terrorismo da Polícia israelense, e participará da cerimônia de condecoração da Insígnia da Ordem Nacional do Cruzeiro do Sul à Brigada de Busca e Salvamento do Comando da Frente Interna de Israel.

Na terça-feira (2), o presidente recebe CEOs de empresas israelenses e israelenses-brasileiras, participa de encontro empresarial Brasil-Israel e almoça com os empresários. A previsão é de que o presidente retorne ao Brasil na quarta-feira (3).

O presidente da República, Jair Bolsonaro, o primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, e ministros durante cerimônia de assinatura de acordos.
O presidente da República, Jair Bolsonaro, o primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, e ministros durante cerimônia de assinatura de acordos. – Alan Santos/PR

Agência Brasil

porpjbarreto

1 X 1: Atlético de Cajazeiras empata com o Campinense e traz ao Sertão expectativa para segundo jogo das semifinais

Campinense e Atlético de Cajazeiras fazem jogo equilibrado e ficam no empate no primeiro jogo das semifinais

Na tarde fria deste domingo (31), em Campina Grande, Campinense e Atlético de Cajazeiras fizeram a primeira partida das semifinais do Campeonato Paraibano de 2019. Em uma partida bastante equilibrada e na qual os goleiros fizeram grandes intervenções, o placar de 1 a 1 refletiu o que se viu em campo.

Com poucos torcedores no Amigão, o rubro-negro começou o jogo tentando se lançar ao ataque, mas não conseguia exercer uma pressão efetiva no Trovão, e chegava apenas esporadicamente ao campo ofensivo.

E por muito pouco o Campinense não abriu o placar aos 9 minutos. Neilson cobrou escanteio da esquerda, João Manoel saiu mal do gol e Cléber subiu sozinho, sem marcação, e mandou de cabeça raspando a trave esquerda.

O arqueiro atleticano salvou o time em duas oportunidades aos 21 minutos. Felipe errou a saída de jogo e a bola ficou com Lopeu, que invadiu a área e tentou driblar o camisa 1, que se esticou todo e fez a defesa. Na sobra, João Paulo ficou com a redonda e bateu da entrada da área, e mais uma vez João Manoel foi buscar no canto direito, rasteira, desviando e mandando para escanteio.

Perto dos 30 minutos o Atlético de Cajazeiras assustou pela primeira vez, em um cruzamento de Davi, que foi direto para o gol, e Wagner Coradin precisou de agilidade para buscar a bola que iria em seu canto esquerdo.

Quase no fim do primeiro tempo, aos 44 minutos, Ferreira chutou de muito longe, Wagner Coradin se atrapalhou na defesa e Bruno quase chegou para escorar para as redes, mas o camisa 1 rubro-negro se recuperou e conseguiu evitar o gol.

Segundo tempo

Perdeu João Paulo por lesão

E por falar em substituição, Romeu, que havia entrado no lugar de Vitor Maranhão no intervalo, pegou a bola no lado direito, na entrada da área, e a bateu cruzado, de pé direito,  mandando no canto de João Manoel, que nada pode fazer para evitar o gol raposeiro aos 10 minutos.

Em contra-ataque, aos 13, Lopeu recebeu em velocidade, invadiu a área e bateu no canto esquerdo, mas o goleiro do Atlético, vivendo grande jornada, foi buscar e fez mais uma grande defesa.

Em lance de bola parada, por muito pouco o Trovão não empatou. Aos 15, Mendes cobrou falta da entrada da área e a bola tirou tinta da trave direita de Wagner Coradin.

O Atlético de Cajazeiras tentava o gol e mais uma vez chegou perto. Aos 23, Marcinho cobrou falta ensaiada da direita e só rolou para Felipe, que apareceu sozinho na entrada da área, de frente para o gol, mas acabou chutando por cima do gol.

A recompensa pela insistência veio aos 29 minutos, quando Bruno, da direita, chutou para o meio da área e Yerien desviou para mandar a bola no fundo do gol e deixar o placar igual no Amigão.

Sofrendo com os ataques atleticanos, a situação se complicou um pouco mais para a Raposa aos 35 minutos, quando Dênis fez falta violenta em Ferreira e recebeu cartão vermelho direto.

Com o empate, quem vencer o jogo da volta, no próximo domingo (07), no Perpetão, fica com a vaga na final. Em caso de novo empate, a decisão será nos pênaltis.

Ficha técnica

Campinense 1 x 1 Atlético de Cajazeiras

Campeonato Paraibano de 2019 (primeiro jogo das semifinais)
Estádio: Amigão (Campina Grande)

Arbitragem: Wagner Reway (FIFA); Oberto Santos (PB) e Ruan Neres (PB)

Cartões amarelos: Jean, Neilson, Chaveirinho (C); Bruno, Egon, Ferreira, Yerien (A)
Cartão vermelho: Dênis (C)
Gols: Romeu (C); Yerien (A)

Campinense: Wagner Coradin, Neilson, Jean, Jefferson, João Victor; Cléber, Vitor Maranhão (Romeu), Gustavo (Dênis), João Paulo (Alex Mineiro); Chaveirinho e Lopeu. Técnico: Francisco Diá.

Atlético de Cajazeiras: João Manoel, Felipe (Hugo), Renan, Egon, Davi; Ferreira, Romerito, Mendes, Marcinho (Michel);  Jhonathas (Yerien) e Bruno. Técnico: Ederson Araújo. Com Voz da Torcida

porpjbarreto

Treino funcional solidário arrecada doações para ONG Milagre Sertão

Fazer parte de uma boa causa é uma iniciativa gratificante. Por isso, a ONG Milagre Sertão está sempre realizando ações, eventos e campanhas para arrecadar doações e beneficiar as famílias assistidas pelo projeto no interior da Paraíba. Desta vez, a ONG recebe o apoio do personal trainer Rafael Rocha, que promove um treino funcional solidário no próximo sábado (30), em prol das comunidades beneficiadas. A ação acontece às 6h, na Praia do Cabo Branco, em frente ao SESC.
Para participar, basta doar 1kg de alimento não perecível ou brinquedos conservados. Na oportunidade, além de contribuir com as famílias que sofrem com os efeitos da seca no interior do Estado, o público vai participar de atividades funcionais voltadas para o equilíbrio, flexibilidade, potência, coordenação motora, agilidade e força.
A ONG Milagre Sertão fica na Rua Antonio Rabelo Júnior, nº81 Sala 01 e 02 – Miramar. Mais informações, no site milagresertao.org/ ou no (83) 3021-9891.
Assessoria de Imprensa 
porpjbarreto

Reforma da Previdência: deputada diz que governo não pode penalizar idosos e trabalhadores

Em declaração feita na Assembleia Legislativa da Paraíba, na quinta-feira (28), a deputada Drª Paula se posicionou contra o projeto de Reforma da Presidência, da forma original apresentada pelo governo federal. A parlamentar informou que é contrária a alguns capítulos do projeto, principalmente, os que penalizam o trabalhador rural e os idosos. “O governo não pode sacrificar os mais pobres, principalmente os idosos carentes, para tirar a Previdência do Caos”, declarou.

A título de exemplo, a deputada citou o capítulo que trata do Benefício de Prestação Continuada (BPC). Atualmente, o BPC contempla o idoso carente, aquelas pessoas que não podiam contribuir porque viviam em extrema pobreza. “Hoje, esses idosos são aposentados aos 65 anos de idade. Com a reforma, passarão a ter o benefício, somente, a partir dos 70 anos, e com um salário reduzido, pasmem, para 400 reais”, informou.

“Estarei ao lado dos idosos, dizendo não à reforma da Previdência. Não posso apoiar um projeto que massacra os mais pobres. Repito, não é a pobreza que tem que contribuir para tirar a Previdência da situação crítica em que se encontra atualmente”, afirmou a deputada.

Drª Paulo falou, também, do caso específico do funcionário público. Ela lembrou que, hoje, o homem se aposenta com 60 anos de idade, e, a mulher, com 55 anos, após 20 anos de contribuição. Caso a reforma seja aprovada, o homem passará a se aposentar com 65 anos e, a mulher, com 62, e, ainda, 25 anos de contribuição.

“Sabemos que na pirâmide do funcionário público, são poucos os que atingem um teto digno de ter uma boa aposentaria, capaz de lhe garantir escolas para os filhos, lazer, cultura, etc. Estarei, também, contra essa reforma, que vem para esmagar o funcionário púbico”, assegurou.

De acordo com Drª Paula, o governo federal deveria cobrar a dívida que as grandes empresas e bancos têm junto a Previdência Social, como forma de sanear as contas do setor, em vez de retirar direitos dos mais necessitados. “Sabemos que bancos e grandes empresas devem muito à Previdência. Por que o governo não cobra essa dívida?”, indagou a parlamentar.

Assessoria de Imprensa

porpjbarreto

Frei Anastácio participa de Sessão Especial em Solânea, para debater reforma da Previdência

Uma Sessão Especial realizada nesta sexta-feira (29), na Câmara de Vereadores de Solânea, proposta pelo vereador Josenildo Costa (PT), que também é presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais do Município, lotou o plenário da casa, com pessoas preocupadas com o assunto.

A sessão teve participação do presidente da Câmara, Flávio Evaristo, representantes do Polo da Borborema, que reúne 14 Sindicatos, Fetag ( 214 sindicatos rurais), sindicatos de servidores públicos, professores, vereadores de várias cidades vizinhas, lideranças políticas, trabalhadores da cidade e assentados da Reforma Agrária.

O deputado federal Frei Anastácio disse que o momento é de resistência. “As pessoas preocupadas com a reforma, devem procurar os parlamentares nos quais votaram para pedir o voto contra essa medida que retira direitos da classe trabalhadora”, disse.

Todos os debatedores mostraram que a reforma só trará prejuízos para a classe trabalhadora. “Só em Solânea, a aposentadoria rural injeta quase R$ 77 milhões na economia local, por ano. Um valor muito superior ao Fundo de Participação do Município, que chega a um pouco mais de R$ 16 milhões. Se a reforma for aprovada, será muito difícil um agricultor se aposentar. Unir 20 anos de contribuição com 60 anos de idade é muito difícil no meio rural. Com isso, os municípios terão uma queda muito grande em sua economia”, disse.

O deputado também alertou sobre a Medida Provisória 871, que tramita na Câmara. “Essa MP 871 é para enterrar qualquer esperança do trabalhador rural conseguir benefício do INSS. É mais cruel do que a Reforma da Previdência. O governo Bolsonaro quer ferir de morte os direitos da classe trabalhadora, principalmente, os rurais e as mulheres são as mais atingidas”, destacou.

Assessoria de Imprensa