Arquivo mensal novembro 2018

porpjbarreto

Sinfumc publica edital de convocação para debater assuntos de interesse dos servidores efetivos de Cajazeiras

O Sindicato dos Funcionários Municipais de Cajazeiras (SINFUMC), publicou nesta quinta-feira (29), o Edital de Convocação, para deliberar sobre assuntos de interesse dos servidores públicos efetivos de Cajazeiras.

Pauta: Atraso no pagamento dos salários dos servidores; Piso Salarial do Magistério; Data-Base da Saúde; PCCR dos Servidores; Deliberação e Encaminhamentos.

Assessoria

porpjbarreto

Vereador Olimpio visita o Hospital Universitário e se compromete lutar pela ampliação do espaço físico e dos serviços médicos

O vereador Olimpio Oliveira realizou nesta semana uma visita institucional ao Dr. Homero Rodrigues, superintendente do Hospital Universitário Alcides Carneiro. Na oportunidade, Olimpio ouviu atentamente o relato das dificuldades enfrentadas pelo HU para atender toda a demanda de pacientes que buscam atenção médica, especialmente, no tocante a falta de espaço físico para a ampliação dos serviços médicos oferecidos. Segundo o Dr. Homero, são comuns os adiamentos de cirurgias por falta de leitos.

O Hospital Universitário foi inaugurado em 1950 e conserva, praticamente, a mesma estrutura física, enquanto que a demanda não para de aumentar. O HU hoje conta com 160 leitos, mais de 1000 profissionais, mas não há como ampliar a área física por falta de terreno. A solução apresentada por Dr. Homero Rodrigues seria anexar ao Hospital Universitário a área em que funcionava a Faculdade de Comunicação, pertencente à UEPB, que hoje funciona como depósito para armazenar os processos judiciais julgados na Comarca de Campina Grande.

Diante das informações, o vereador Olimpio Oliveira protocolou o requerimento nº 2.515, onde requer que a vereadora Ivonete Ludgério, presidente da Câmara Municipal, faça a designação de uma COMISSÃO para visitar o Presidente do Tribunal de Justiça da Paraíba, com o objetivo de apresentar o pleito da Direção do Hospital Universitário Alcides Carneiro, a respeito da ampliação dos serviços daquele nosocômio e a necessidade de incorporar aos domínios do HU a área física, onde funcionava a Faculdade de Comunicação Social, no bairro de São José.

Assessoria de comunicação

porpjbarreto

INDICADORES: Arroba do boi gordo tem alta no preço nesta sexta-feira (30)

O preço da carcaça suína especial começou a sexta-feira (30) sem alteração no preço e o produto ainda é negociado a R$ 6,26

Indicadores

A cotação da arroba do boi gordo começou o dia com alta de 0,82% no preço e o produto é negociado a R$ 147,50 no mercado financeiro. O valor da arroba da vaca gorda chega a R$ 130 na região Sul de Goiás. Nas cidades paulistas de Barretos e Araçatuba, o preço do produto é R$ 138

O preço da carcaça suína especial começou a sexta-feira (30) sem alteração no preço e o produto ainda é negociado a R$ 6,26. O valor do suíno vivo também se manteve em alguns estados. No Paraná, por exemplo, a mercadoria ainda é vendida a R$ 3,79. Em São Paulo, o produto permanece comercializado a R$ 3,95 Já no Rio Grande do Sul, o valor é R$ 3,18.

O preço do quilo do frango congelado também não sofreu variação e o produto ainda é vendido a R$ 4,63 no estado de São Paulo. O preço do frango resfriado permanece R$ 4,69. Os valores são do Canal Rural e Cepea.

 

Reportagem – Marquezan Araújo

Fonte: Agência do Rádio

porpjbarreto

Júnior Araújo ressalta qualidades de Galdino para presidir ALPB e avalia: “Tem posição bem definida”

O deputado estadual eleito Júnior Araújo (Avante) confirmou na última quarta-feira (28) em entrevista, que quando o assunto é a eleição da Mesa Diretora da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), o seu posicionamento já está definido.

Apesar de declarar que tem acompanhado de uma forma mais distante as articulações em torno da eleição, Júnior que já havia revelado apoio a candidatura da Adriano Galdino, ressaltou as qualidades que o fizeram tomar a decisão.

Segundo ele, uma das principais características do futuro colega de ALPB é a posição bem definida.

“Tenho acompanhado meio que distante pois acredito que isso cabe mais pra quem já tem o conhecimento dos trâmites da Casa.

Mas do ponto de vista da eleição futura já tenho minha opinião que é apoiar Adriano Galdino, que acredito ser unanimidade na base de sustentação.

Adriano é habilidoso, conseguiu viabilizar seu nome junto aos colegas, sua posição é bem definida quando é sim, é sim e quando é não, não e isso é decisivo pra quem faz uma política séria” declarou.

 

Com Blog do Ninga

porpjbarreto

Campinense e Treze inauguram gramado padrão Fifa do estádio ‘Amigão’

O novo gramado padrão Fifa do Estádio Amigão, em Campina Grande, será inaugurado no dia 19 de dezembro com o sejel gramado do amigao CG pronto para jogos1clássico entre Campinense e Treze. Os dois times farão um jogo amistoso comemorativo. Com investimento de aproximadamente R$ 1,4 milhão pelo Governo do Estado, o novo gramado, além de contar com a qualidade dos padrões internacionais, também possui moderno sistema de irrigação e drenagem.

“Será uma noite marcante para o futebol de Campina Grande e da Paraíba, pois o novo gramado possui qualidades internacionais para a prática do futebol e nada melhor do que um clássico para sua inauguração. Depois de 43 anos, a principal praça de esportes da Rainha da Borborema ganha um novo local para as disputas futebolísticas”, frisou o secretário Executivo de Esporte e Lazer, José Marco.

A implantação do gramado padrão FIFA é a segunda grande intervenção que o Governo do Estado realiza em Campina Grande já que, em 2014, toda sua estrutura física foi revitalizada, com a recuperação de vestiários, cabines de imprensa e bares reformados. Também é destaque a impermeabilização da arquibancada e da marquise, que possuía um grave problema de infiltração. Na área externa, o estádio ganhou pista de cooper e área de lazer, pavimentação do estacionamento para os torcedores, além de um elevador para a crônica esportiva.

“Sem dúvida, essa implantação do novo gramado já é a segunda grande intervenção que o Governo do Estado realiza no Amigão pois, há quatro anos, houve um investimento de cerca de R$ 30 milhões, onde tanto a parte interna, quanto a externa do estádio foram contempladas. Agora, em 2019, a cidade terá dois clubes no Campeonato Brasileiro, pois o Treze ascendeu à série C e o Campinense disputará a D e o Amigão pronto para os grandes eventos esportivos”, lembrou o secretário.

Economia – O novo gramado do Estádio Amigão, em Campina Grande (PB), implantado pelo Governo da Paraíba, por meio da Superintendência de Obras do Plano de Desenvolvimento do Estado (Suplan), proporcionará uma economia mensal para o estádio de cerca de 40% de água. Além da nova grama e dos novos sistemas de drenagem e irrigação do campo, está sendo concluída uma adequação do sistema de drenagem de todo o estádio, corrigindo falhas de infiltração em vestiários, banheiros e túneis, e aproveitando essa água para uso na irrigação do campo. Na obra de execução do gramado esportivo com sistema de drenagem e irrigação do Estádio Governador Ernani Sátiro “O Amigão”, estão sendo investidos R$ 1.372.330,46, com recursos próprios do Tesouro Estadual.

Segundo a engenheira Simone Guimarães, os antigos problemas de infiltrações foram resolvidos. “O projeto foi desenvolvido para captação automatizada da água, por meio de quatro bombas de sucção. Quando a água atinge determinado nível, as bombas são automaticamente acionadas e direcionam a água para um reservatório de 30 mil litros, localizado atrás do gol e antes abastecido pela Companhia de Água e Esgoto da Paraíba (Cagepa). Também foi instalado outro sistema de bombeamento para direcionar parte dessa água aos reservatórios do sistema de irrigação do gramado. No total, a água reaproveitada chega a 850 mil litros por mês”, explicou a diretora-superintendente da Suplan.

De acordo com a empresa Campanelli, o gramado do Amigão está na reta final para sua conclusão. “Hoje, nossas equipes estão atuando basicamente nos cuidados com a grama e na sua adaptação ao local, fazendo adubação, irrigação e cortes. Porém, já é possível perceber os benefícios do nosso trabalho, que ultrapassam o gramado em si e repercutem em todo o estádio, como a obra de adequação do sistema de drenagem e aproveitamento de água”, ressaltou Miguel Campanelli, diretor da empresa que está executando a obra.

Outras informações – Além de resolver os problemas de infiltração dos túneis e vestiários, a água foi direcionada para o consumo do estádio e irrigação do gramado. Com isso, já é possível perceber uma economia de água em torno de 40%, o que é uma grande conquista para o meio ambiente, já que está se preservando um bem natural e escasso.

Das intervenções no estádio, estão a retirada da grama antiga, a construção de todo o sistema de drenagem e irrigação automatizada, top soil de 25 centímetros (camada de material arenoso de alta qualidade, que vai entre as tubulações da drenagem e a grama), adubação mineral, até chegar no plantio da grama Bermudas Celebration em sistema de big roll (rolos).

No total, foram utilizados mais de 14 mil metros quadrados de grama, incluindo as áreas fora da linha de jogo. De areia, foram mais de 250 caminhões. O tipo de grama usada no estádio é o mesmo aplicado em grandes arenas de futebol do País e garantem o “Padrão Fifa”.

 

Secom-PB

porpjbarreto

Ricardo profere palestra sobre desigualdade social no Brasil e ressalta ações de combate à pobreza na PB

O governador Ricardo Coutinho, acompanhado do governador eleito João Azevêdo, proferiu palestra de abertura da Jornada Internacional Desigualdad Social y Políticas Públicas en Brasil e España, realizada no Centro de Estudos da Universidade de Salamanca, na última quarta-feira (28). Com o tema Las políticas de ciudadania en Brasil, o governador paraibano fez uma leitura dos índices nacionais tendo como base o relatório da organização não governamental Oxfam Brasil, divulgado no início desta semana, destacando como a partir de 2016 houve uma regressão no processo de combate à pobreza no Brasil. E aproveitou para comentar algumas das ações realizadas pelo Governo do Estado para combater a pobreza.

Entre os pontos que comentou do relatório da Oxfam Brasil, Ricardo Coutinho palestra usal1destacou que hoje o Brasil é 9º país mais desigual do mundo, com a estagnação da redução da desigualdade da renda após 15 anos. E comentou que entre 2016 e 2017 o número de pobres cresceu 11% no Brasil, com cerca de 15 milhões de pessoas em situação de pobreza. “A crueldade é muito evidente. Em um ano crescer os mais ricos e cair os mais pobres!”, observou o governador paraibano, ressaltando, principalmente, a queda da renda média das mulheres e dos negros, bem como a regressão do volume de gastos ao mesmo patamar de 2001. E afirmou: “O crescimento do acúmulo de riquezas se confronta com a democracia”.

fachada do Centro de Estudos da UsalAinda na palestra, o governador Ricardo Coutinho condenou a PEC dos Gastos e criticou o processo de finalização e restrições a programas como o Bolsa Família, que, segundo ele, ajudaram não somente aos pobres, mas fizeram girar a economia no Brasil. “O Bolsa Família permitiu o consumo das famílias mais pobres fortalecendo a economia”, pontuou.

Ricardo aproveitou para discorrer sobre a quebra do modelo político e administrativo na Paraíba e comentar sobre algumas ações e projetos realizados pelo Governo do Estado para combater a pobreza e promover a inclusão dessas pessoas. “A Paraíba avançou mais que o Brasil nestes tempos de crise, especialmente”, reforçou o governador, citando alguns projetos na área da Educação, como o Gira Mundo, o Empreender Paraíba, a agricultura familiar, Rede de Cardiologia Pediátrica, Orçamento Democrático.

 

Secom – PB

porpjbarreto

Diploma Mulher-Cidadã homenageia vereadora assassinada Marielle Franco

A vereadora Marielle Franco foi a grande homenageada na entrega do Diploma Mulher-Cidadã Carlota Pereira de Queirós 2018 (na manhã da última quinta-feira, 29) pela Câmara dos Deputados. O prêmio reconhece mulheres que tenham contribuído para o pleno exercício da cidadania e para a defesa dos direitos da mulher e das questões de gênero no Brasil.

Assassinada em março deste ano, Marielle recebeu o diploma in memoriam. Socióloga, feminista e defensora dos direitos humanos, ela foi eleita vereadora na cidade do Rio de Janeiro em 2016, cargo que exerceu até ser morta.

Para a deputada Erika Kokay, do PT do Distrito Federal, homenagear Marielle Franco significa dizer que “as ideias são imunes às balas”.

“Ela está em cada ato de ousadia, em cada ato de liberdade, em cada ato que se inquieta com uma estrutura e uma ordem que nos quer caladas”.

Ao receber a homenagem em nome da filha, Marinete Silva, mãe de Marielle, declarou que a vereadora tornou-se símbolo de uma classe política que fez a diferença.

“Uma mulher de periferia, uma negra que veio da favela da Maré, toda a nossa história começa ali. Já desde muito cedo, ela conseguia liderar. Trabalhou cedo, foi estagiária muito cedo, casou cedo. Deu não uma atropelada, mas foi a história dela que começou assim. Foi mãe cedo demais. Liderou como uma defensora dos direitos humanos, como ativista”.

Alzira Soriano também recebeu o Diploma Mulher-Cidadã Carlota Pereira de Queirós 2018 in memoriam. Ela foi a primeira prefeita eleita no Brasil e na América Latina. Tomou posse na prefeitura de Lajes, no Rio Grande do Norte, em janeiro de 1929.

As outras homenageadas foram:

Ana Cristina Ferro Blasi, juíza do Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina e responsável pela campanha “Mulheres na política, elas podem, o Brasil precisa”.

Renata Gil de Alcântara Videira – Juíza no Rio de Janeiro responsável pela organização de um prêmio que já reconheceu diversas ações relativas aos direitos da mulher e questões de gênero.

E Mônica Spada e Sousa – diretora-executiva da Maurício de Sousa Produções, que lançou o projeto “Donas da Rua” em 2016, em parceria com a ONU Mulheres, para estimular o empoderamento e a igualdade de oportunidades. É filha do cartunista Maurício de Sousa e inspiração para uma de suas personagens mais famosas, a Mônica.

Aliás, Mônica – a personagem dos gibis – foi bastante lembrada durante a sessão solene como exemplo de menina forte desde a infância. Para Mônica Spada e Sousa, seu pai ousou ao colocar uma personagem feminina, nos anos 60, entre tantos personagens masculinos como Cebolinha e Cascão.

“A Mônica entrou numa tira do Cebolinha em 1963 e já mostrou que era poderosa. Deu uma coelhada, que hoje não usa mais, mas deu uma bela coelhada no Cebolinha e assumiu a liderança de meninas empoderadas”.

Carlota Pereira de Queirós, que dá nome ao prêmio, nasceu na cidade de São Paulo em 1892. Médica, escritora, e pedagoga, foi a primeira mulher brasileira a votar e ser eleita deputada federal em 1934. Ocupou o cargo até 1937, quando Getúlio Vargas fechou o Congresso. Morreu em 1982.

Para os parlamentares e convidados presentes à sessão solene de entrega do diploma, Carlota representa pioneirismo e deve ser lembrada hoje, quando as mulheres ainda lutam por direitos e igualdade em relação aos homens e também contra a violência de que são vítimas.

Em discurso enviado à sessão, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, chamou a atenção para a necessidade de as mulheres ocuparem mais espaço também na política.

Reportagem – Noéli Nobre
Fonte: Agência Rádio Câmara de Notícias
porpjbarreto

José Inácio e Wallace Guedes são homenageados em encontro anual de Engenheiros Agrônomos da PB, PE e RN

O presidente da Associação dos Plantadores de Cana da Paraíba (Asplan), José Inácio de Morais, e o também agrônomo Wallace Guedes, foram homenageados durante evento de confraternização dos engenheiros agrônomos da PB, PE e RN. O encontro, que acontece há mais de 20 anos, foi realizado nesta quinta-feira (29), na granja do Sr.  João Valões, localizada no município de Santa Rita.

Cada homenageado teve uma apresentação prévia de seu currículo e história de vida. Coube a Djalma Euzébio, da Stab, falar um pouco sobre a vida e trajetória do agrônomo Wallace Guedes, que aos 82 anos, apesar de aposentado, ainda dá consultoria na área agrícola e se mantém antenado com as questões ligadas ao campo, especialmente, no tocante a cana-de-açúcar. Já a apresentação de José Inácio, ficou sob a responsabilidade do produtor e diretor da Asplan, Raimundo Nonato Siqueira. Em ambos os discursos foi evidenciado o amor dos homenageados pela agricultura, um histórico de contribuições importantes para o desenvolvimento da cultura canavieira dada por cada um deles e também a importância de ambos, cada um na sua área, para o setor produtivo do Nordeste.

Com passagens pelo IPA, pelo Planalçúcar, pelo Prorural, pela UFRPE e pela Estação de Carpina e com importantes contribuições na área de mecanização agrícola, o agrônomo Wallace Guedes, ainda está na ativa e se diz um apaixonado por tudo ligado à terra. “Eu sou do tempo de mecanização de engenho em caldeira, da época em que o profissional não dispunha de tanta tecnologia e tinha que ir a campo colocar a mão na terra, mas a evolução tecnológica é sempre muito bem-vinda porque ela aprimora a atividade, assim como as pesquisas que, infelizmente, na área de cana-de-açúcar ainda são insuficientes”, destacou Wallace que agradeceu a homenagem dos colegas.

A apresentação feita por Raimundo Nonato, sobre José Inácio, incluiu um breve histórico de vida dele, desde menino, em Macaparana (PE), até as passagens por Areia, onde se formou em agronomia, em 1982, quando casou, em 1985, sobre os três filhos ( duas mulheres e um homem) do homenageado, um dos quais também segue a carreira do pai, passando pelo fato de José Inácio ser um dos maiores produtores de cana da Paraíba, com uma produção de quase 100 mil toneladas, gerando emprego e renda, além de ser um líder de classe que, já por duas vezes, assumiu a presidência da Associação paraibana.

“Para mim é uma honra ser filho de um agricultor e plantador de cana, sou engenheiro agrônomo com muito orgulho, meu irmão também é engenheiro agrônomo, assim como meu filho Inacinho, e quero deixar aqui meu testemunho de que com determinação, trabalho, honradez e com a proteção divina, nós vamos continuar plantando cana e fazendo história, afinal são mais de 400 anos de cultura”, disse José Inácio que, na ocasião, lembrou do exemplo de seu pai que foi o primeiro fornecedor de cana a comprar adubo na zona da mata norte de Pernambuco, nos idos de 1960, e que conseguiu, como agricultor, educar e criar todos os filhos com dignidade. Tanto José Inácio, como o professor Wallace, foram homenageados pelos colegas pelos relevantes serviços prestados ao setor canavieiro e por acreditarem na cultura da cana-de-açúcar.

 

Fotos: Walmar Pessoa e Washington Luiz

Assessoria

porpjbarreto

Governador interino Gervásio Maia inspeciona obras no Sertão paraibano

O governador em exercício, Gervásio Maia, realizou nesta quinta-feira (29), visita técnica as obras viárias na cidade de Catolé do Rocha, Sertão paraibano. 

A lado da equipe técnica do DER, Gervásio inspecionou as obras da Avenida Américo Maia; o acesso à Universidade Estadual da Paraíba e a Ponte do Rancho do Povo.

 

Com Assessoria

porpjbarreto

Comissão do Senado aprova descriminalização da maconha para uso medicinal

Agora, a matéria segue para a CCJ e também deverá ser apreciada pelo Plenário do Senado antes de seguir para a Câmara

Foto: Agência Senado

Na última quarta-feira (28), a Comissão de Assuntos Sociais (CAS) do Senado Federal aprovou a descriminalização do plantio da maconha para uso medicinal.

O Projeto de Lei teve o apoio da maioria dos senadores presentes na reunião e agora, a matéria segue para a Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) e também deverá ser apreciada pelo Plenário do Senado antes de seguir para a Câmara dos Deputados.

O relatório da senadora Marta Suplicy, presidente da comissão, defende que o tema não pode ser relegado a uma discussão ideológica ou política. No texto, a senadora cita pesquisas científicas relacionadas aos benefícios da cannabis no tratamento de enfermidades, como por exemplo, autismo, epilepsia, Alzheimer, doença de Parkinson, nas dores crônicas e nas neuropatias.

A Anny, que atualmente tem 10 anos, possui uma doença rara, que provoca muitas convulsões. Durante anos, todos os dias, a todo momento, Anne tinha convulsões. Eram de 60 a 80 convulsões por semana. Para ter como explicar a situação para os médicos nas consultas, os pais dela começaram a marcar as crises em tabelas.

Quando eles conheceram o CBD em óleo, um produto derivado da cannabis, e começaram a dar para a filha, os quadradinhos pintados que marcavam cada convulsão começaram a diminuir. É o que explica o pai da Anny, Norberto Fischer.

“A gente preparou a dose para dar para a Anny e a gente não conseguia falar nada. Eu olhava para a Katiele, a Katiele olhava para mim e a gente só chorava. Cada um se ajoelhou de um lado da Anny e nós colocamos na boquinha dela o medicamento. A gente deu o medicamento e esperava que um milagre acontecesse. Para a nossa felicidade, sistematicamente ela foi melhorando. Nove semanas após a primeira dose, a Anny conseguia ficar uma semana inteira sem nenhuma crise compulsiva.”

Para a família toda, o dia 11 de novembro de 2013 foi um marco, que acabou transformando toda a legislação que existe hoje no Brasil. Segundo Norberto Fischer, esta aprovação na Comissão de Assuntos Sociais é só um passo de uma longa caminhada a ser percorrida.

“Cada pequeno passo é uma vitória. Quando a gente fala de medicamentos ou tratamentos com base em maconha causa um certo desconforto ainda no Brasil. Existe um preconceito muito enraizado, quando a pessoa não conhece o quê que está acontecendo, a pessoa não tem a informação, normalmente ela é preconceituosa em relação ao assunto. Mas quando a pessoa estuda, a pessoa conhece, aprofunda, ela passa a ser favorável e passa a lutar a favor.. Então quando a gente vê que a comissão aprovou, foi favorável, isto nos deixa muito feliz.”

Após a aprovação na Comissão de Assuntos Socias, a matéria segue agora para a Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) e também deverá ser apreciada pelo Plenário do Senado antes de seguir para a Câmara dos Deputados.

 

Reportagem – Cintia Moreira

Fonte: Agência do Rádio