Categoria ÚLTIMAS NOTÍCIAS

porAutor

Questionado a respeito de indulto a Lula, Haddad diz ver processo frágil

O candidato do PT à Presidência, Fernando Haddad, voltou a afirmar, ao ser questionado sobre a possibilidade de conceder indulto a Lula, que isso não é o que o ex-presidente deseja.

“Ele não pede. É engraçado vocês me pedirem para me posicionar sobre algo que o presidente não está pedindo. Ele está pedindo um julgamento justo”, disse Haddad, em entrevista publicada no último domingo (14) pelo jornal El País.

Ele acrescentou que “a maioria vê uma fragilidade enorme” no processo sobre o ex-presidente. Lula está preso desde abril, e a hipótese de indulto já chegou a ser discutida dentro do PT. A legislação prevê a possibilidade de o presidente dar esse benefício a condenados, mas a iniciativa de maneira individual é rara.

Também neste domingo, Haddad questionou a difusão de notícias falsas pela campanha de Jair Bolsonaro (PSL). “Aí eles dizem: ‘mas eu não posso me responsabilizar’. Mas quem está pagando por tudo isso? Será que custa barato fazer essa campanha por WhatsApp?”

Haddad listou mentiras das quais seria vítima. Ele questionou o comportamento de Carlos Bolsonaro, filho do adversário, que reproduziu uma notícia falsa dizendo que o petista defendera o incesto.

A publicação –um tuíte com um texto do escritor Olavo de Carvalho– dizia que o petista pregava a derrubada do tabu do incesto. Carvalho apagou o texto, explicando-se depois. Mas Carlos Bolsonaro o manteve com a pergunta: “É isso que você quer ver governando o país?”.

“Qual o limite da loucura do meu adversário? Acusar um oponente de defender o incesto?”, questionou Haddad.

Ele também reagiu a declarações de Bolsonaro de que, se eleito, transformará o Brasil na Venezuela: “É jogo de cena para desviar a atenção sobre o passado dele, que elogia torturador, que diz para uma colega de Parlamento que não a estupra porque ela não merece”.

O presidenciável afirmou ainda que Bolsonaro não o enfrenta em debate porque seria confrontado sobre a origem de mentiras difundidas nas redes sociais.

 

FOLHAPRESS

porAutor

Prefeituras da PB devem mais de R$ 6 milhões em contas de energia

Além do combate ao furto de energia, o famoso gato, a inadimplência tem sido umas das práticas mais combatidas pela Energisa desde o ano passado. Em levantamento recente, a concessionária identificou que quase 60 prefeituras da Paraíba estão com contas de energia em aberto e não pagam os faturamentos mensais em dia acumulando um débito superior a R$ 6 milhões.

Por conta desses atrasos, algumas prefeituras chegaram a pagar, somente em juros e multa, mais de R$ 24 mil no ano passado.

Em média, entre oito e 10 prefeituras municipais têm o fornecimento de energia interrompido todos os meses por falta de pagamento. É importante ressaltar que, antes da efetivação do corte, a Energisa envia notificação e comunicação sobre o débito e a possibilidade do corte do fornecimento em aviso formal, protocolado nas prefeituras.

“O combate a inadimplência garante a excelência das operações da empresa. O cliente precisa saber, que todos os serviços, inclusive a realização de novas ligações, estão condicionados ao fato da unidade consumidora não ter débitos com a empresa”, explica Nadja Trigueiro, coordenadora do Departamento Comercial da Energisa.

 

Assessoria

porAutor

Menina de 11 anos é raptada e estuprada por detento ao visitar irmão dentro de presídio no Ceará

Criança estava com a mãe para ajudar a entregar produtos pessoais para o irmão, quando ocorreu o crime. Preso foi transferido.

Uma criança de 11 anos foi raptada e estuprada por um preso durante o horário de visitas, no último sábado (13), dentro da Casa de Privação Provisória de Liberdade (CPPL V), no complexo prisional de Itaitinga, na Região Metropolitana de Fortaleza. De acordo com o Conselho Penitenciário do Estado do Ceará (Copen), a vítima é irmã de um preso e foi violentada por um outro detento da unidade.

De acordo com o presidente do Copen, Cláudio Justa, a criança estava com a mãe para ajudar a entregar produtos pessoais para o irmão, que está recolhido na unidade prisional. Durante a visita, porém, um dentento levou a menina para dentro de um compartimento do presídio e estuprou a criança.

G1 entrou em contato com a Secretaria da Justiça (Sejus), responsável pelos presídios do Ceará, e com a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), mas, até a publicação a tarde deste domingo não recebeu um posicionamento sobre o caso.

Sumiço

A mãe da criança notou o sumiço dela e acionou a segurança da unidade. Agentes penitenciários realizaram buscas, encontraram a criança e capturaram o suspeito em flagrante. Conforme a polícia, ele já estava preso por estupro de vulnerável.

Após o crime, a garota foi socorrida e levada para uma unidade hospitalar. A menina passou por exames médicos e periciais que comprovaram o abuso.

Já o presidiário foi encaminhado para uma área de isolamento para evitar que os outros detentos o agredissem em represália ao ocorrido. Ele ainda deve ser transferido no domingo (14) para evitar conflitos com outros detentos. O local, porém, não foi informado ao G1 para evitar represálias contra o presidiário.

Insegurança na unidade

Cláudio Justa afirmou que o crime demonstra a insegurança no interior da unidade prisional, que sofre com a superlotação. O presidente do Copen comentou que não é comum esse tipo de ações contra familiares, já que os presos têm a visita como “sagrada”.

“O que é preocupante é que hoje, em razão da superlotação, estamos presenciando problemas de acesso de agentes dentro de onde os presos ficam. Só conseguem ter o pleno acesso à segurança com o Batalhão de Choque. Mas nos dias de visitas, os próprios presos colaboram. É uma violência que viola as regras deles mesmos. Não é adotado um plano especial de segurança, já que é um horário sagrado pra eles. Fugiu da expectativa total”, afirmou.

G1 – CE

porAutor

IFPB publica editais de seleção com 3.565 vagas gratuitas. Campus Cajazeiras oferta os cursos de Edificações, Eletromecânica e Informática

A Comissão Permanente de Concursos Públicos (Compec) divulgou o edital do Processo Seletivo dos Cursos Técnicos (PSCT 2019.1) do Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia da Paraíba (IFPB). São quatro editais diferentes, mas para todos os cursos as inscrições são gratuitas. As inscrições serão realizadas online, no período de 17 de setembro a 19 de outubro.

No total, o IFPB está ofertando 3.565 vagas em 20 campi, do litoral ao sertão. São oportunidades para cursar o Ensino Médio Integrado ao Técnico (para quem já concluiu o nível fundamental) e o Ensino Técnico Subsequente (para quem já terminou o nível médio).

Os cursos ofertados são Meio Ambiente, Recursos Pesqueiros, Multimídia, Edificações, Serviços Jurídicos, Eletromecânica, Informática, Sistemas de Energia Renovável, Contabilidade, Automação Industrial, Controle Ambiental, Eletrônica, Eletrotécnica, Instrumento Musical, Mecânica, Manutenção e Suporte em Informática, Segurança do Trabalho, Geologia, Agroindústria, Agropecuária, Serviços de Restaurante e Bar, Transações Imobiliárias, Guia de Turismo, Transporte Aquaviário, Mineração, Equipamentos Biomédicos, Secretariado, Cuidados de Idosos, Petróleo e Gás, Química.

A seleção

Para os Cursos Técnicos Integrados ao Médio, a seleção será realizada por meio de análise do desempenho escolar em Língua Portuguesa ou Português, Matemática, História e Geografia ou disciplinas equivalentes no Ensino Fundamental II, no 6º, 7º e 8º ano, ou equivalente.

A seleção para os Cursos Técnicos Subsequentes é feita pela análise do desempenho em Língua Portuguesa e Matemática, cursadas no 1º e 2º ano do Ensino Médio ou equivalente. Além das notas do histórico escolar nessas disciplinas, a análise pode ser feita por meio do desempenho no Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja) ou do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Somente serão válidas as edições dos Exames Nacionais após 2009.

Cotas

No PSCT, metade das vagas é reservada para quem estudou o Ensino Fundamental na rede pública. Há ainda cotas para quem tem renda familiar per capita mensal de até 1,5 salário mínimo, para pessoas negras, pardas e indígenas, e pessoas com deficiência. Em Sousa, há cotas para assentados da reforma agrária.

Confira os editais

Edital Nº 71/2018 para os cursos integrados ao Ensino Médio nos campi Cabedelo, Cabedelo Centro, Cajazeiras, Catolé do Rocha, Esperança, Guarabira, Itabaiana, Itaporanga, João Pessoa, Monteiro, Patos, Picuí, Princesa Isabel, Santa Luzia, Santa Rita e Sousa. São 1875 vagas no total.

Edital Nº 73/2018 dos cursos técnicos subsequentes. São 1235 vagas distribuídas entre os campi Areia, Cabedelo, Cabedelo Centro, Cajazeiras, Campina Grande, Esperança, João Pessoa, João Pessoa/Mangabeira, Patos, Picuí, Princesa Isabel, Santa Luzia, Soledade e Sousa.

Edital Nº 72/2018 do integrado de CampinaSão 405 vagas.

Edital Nº 74/2018 do curso Instrumento MusicalSão 50 vagas nos campi João Pessoa e Monteiro.

Cronograma

A lista preliminar de candidatos inscritos deve ser publicada em 29 de outubro, com interposição de recursos para os dois dias seguintes. Após a análise dos recursos, a lista oficial de inscritos deve ser publicada em 01 de novembro.

O resultado preliminar da seleção deve ser divulgado em 30 de novembro. O prazo para interpor recursos é de 03 a 04 de dezembro. Em 07 de dezembro, a Compec prevê divulgar o resultado final.

 

Ana Carolina Abiahy 

Imagem: Pablo França – programador visual do IFPB

porAutor

Homem tira a vida por meio de enforcamento na zona rural de Cajazeiras na manhã deste domingo (14)

O popular José Bezerra de Oliveira, conhecido por “Dedé” de 49 anos, residente no Sítio Pé de Serra – Zona Rural de Cajazeiras, cometeu suicídio na manhã deste domingo (14), por meio de enforcamento.

Segundo informações de vizinhos, Dedé estava depressivo e bebia em demasia. Ainda de acordo com amigos do mesmo, ele foi casado e tinha três filhos.

A Polícia Militar foi informada do trágico ocorrido, encaminhou uma guarnição para o local, tomou as medidas cabíveis e o corpo foi encaminhado para o IML de Patos.

 

Redação – fmrural.com.br

porAutor

Ricardo confirma conversa com Haddad e reafirma apoio

Há oito anos no maior cargo do Estado, Ricardo Coutinho (PSB), confirma a sua postura na linha de frente da campanha petista Fernando Haddad no confronto com Jair Bolsonaro (PSL) no segundo turno da disputa presidencial. “A gente priva de uma mesma preocupação, que não é a preocupação de eleger o presidente, mas a preocupação com a Nação, que nunca esteve tão em risco como agora”, enfatizou o socialista. O governador não comenta as especulações de que possa vir a ocupar um ministério na hipótese da vitória de Haddad.

Na semana passada, o governador integrou comitiva de gestores nordestinos que tiveram um encontro com o presidenciável petista. Ricardo tem cobrado, através de redes sociais, que o candidato adversário, Jair Bolsonaro, não fuja de debates, salientando que isto seria um desrespeito à sociedade, impedindo-a de conhecer as ideias concretas que ele tem com relação aos problemas do país. Em reunião com militantes do PSB, PT e partidos aliados, Coutinho recomendou muita conversa com os eleitores para conseguir votos para Fernando Haddad. Por sua vez, o governador eleito João Azevêdo (PSB) diz que está afinado com o pensamento de Ricardo e, pessoalmente, acredita que Haddad é o melhor nome para o Nordeste por ter sensibilidade para com as demandas da região.

Já a campanha de Bolsonaro na Paraíba, que contava com a liderança de Julian Lemos, vice-presidente nacional do PSL, eleito deputado federal, também conta com o reforço ostensivo do prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues, do PSDB, que chegou a participar de um encontro com o presidenciável, dele obtendo garantias de apoio financeiro aos pleitos da cidade caso seja eleito. Ainda no primeiro turno, Romero seguiu a tendência de lideranças tucanas que abandonaram o barco do candidato Geraldo Alckmin (PSDB) antes do resultado das urnas. O deputado estadual João Henrique e sua mulher Edna, eleita deputada federal, também se dizem integrados à campanha de Bolsonaro. Romero Rodrigues é enfático: “Não dá para continuar do jeito que está. Acho que tivemos uma crise que é profunda, uma crise econômica, uma crise ética, uma crise de conceito. Portanto, a minha posição já está tomada independente da posição do partido”. Não há previsão, até agora, de data para vinda de Bolsonaro e de Haddad à Paraíba neste segundo turno.

 

Os Guedes

porAutor

Explosão em comício deixa 14 mortos e 32 feridos no Afeganistão

Entre as vítimas encontram-se civis e membros das forças de segurança

Pelo menos 14 pessoas morreram neste sábado (13) após uma “moto-bomba” explodir durante um comício de uma candidata à Assembleia Legislativa, pleito que ocorre no dia 20 de outubro no Afeganistão. Um porta-voz da polícia da província de Takhar, Khalil Assir, atualizou o balanço anterior, que era de 12 mortos, mantendo o número de feridos, 32, e adiantou que vários se encontram “em estado crítico”.

Entre as vítimas encontram-se civis e membros das forças de segurança, disse. O atentado aconteceu antes da candidata Nazefa YoussefiBek ter chegado ao local, no distrito de Rustaq, na província de Takhar, no nordeste do país. O ataque não foi reivindicado até o momento, mas a região registra uma forte presença dos talibãs.

 

Com informações da Lusa

porAutor

Feira Espaço Noivas & Festas realiza sua 11ª edição na cidade de João Pessoa

Feira Espaço Noivas & Festas realiza sua 11ª edição na cidade de João Pessoa oferecendo uma visão completa das vitrines de negócios da área de casamentos&festas em um único espaço, no Maison Blu’nelle, de 14 a 16 de outubro.

O mercado paraibano possui um leque de segmentos voltados para a área de casamentos & festas, uma variedade imensa de produtos, serviços que atendem a diferentes gostos e escolhas pessoais voltados para este tipo de evento.

No Espaço Noivas & Festas os visitantes poderão conhecer, comprar e desfrutar de produtos e/ou serviços estritamente necessários para o planejamento de um casamento ou uma festa moderna, bonita e criativa.

É a maior experiência do segmento de casamento da Paraíba com Apresentações musicais, Desfiles e Palestras.

A entrada do evento custa um quilo de alimento não perecível em benefício à Casa de Apoio de Crianças com Câncer.

Sobre:

ESTIMATIVA DE PÚBLICO E A QUEM SE DESTINA

A estimativa é de que cerca de 5.000 pessoas visitem a feira Espaço Noivas & Festas, incluindo noivos e noivas, profissionais da área de casamento e festas, pessoas que buscam novidades neste ramo, profissionais da imprensa e visitantes em geral do Estado da Paraíba e estados vizinhos.

OBJETIVO

Divulgar, Expor, Lançar e vender produtos e/ou serviços das empresas que trabalham no ramo de casamento através de estandes.

Serviço

Feira Espaço Noivas & Festas edição 2018

Data: Dias de 14 a 16 de Outubro de 2018.

Horários: das 16h ás 22h – Domingo, segunda e terça-feira.

Local: Maison Blu’nelle – Rua: Adália Suassuna Barreto, 65 – Pedro Gondim, João Pessoa – PB.

Entrada: Um quilo de alimento não perecível

Contato e outras informações: (83) 3042-0889

Acesse:

http://www.espaconoivasefestas.com.br

https://www.facebook.com/EspacoNoivasPB/

Fonte/Fotos-Reprodução/divulgação: Assessoria de Imprensa

 

1. APRESENTAÇÃO DO EVENTO

A Feira Espaço Noivas & Festas em sua 11ª edição chegará na cidade de João Pessoa para oferecer uma visão completa das vitrines de negócios da área de casamentos & festas em um único espaço. O mercado paraibano possui um leque de segmentos voltados para a área de casamentos & festas, uma variedade imensa de produtos, serviços que atendem a diferentes gostos e escolhas pessoais voltados para este tipo de evento.

No Espaço Noivas & Festas os visitantes poderão conhecer, comprar e desfrutar de produtos e/ou serviços estritamente necessários para o planejamento de um casamento ou uma festa moderna, bonita e criativa.

É a maior experiência do segmento de casamento da Paraíba com Apresentações musicais, Desfiles e Palestras.

2. ESTIMATIVA DE PÚBLICO E A QUEM SE DESTINA

A estimativa é de que cerca de 5.000 pessoas visitem a feira Espaço Noivas & Festas, incluindo noivos e noivas, profissionais da área de casamento e festas, pessoas que buscam novidades neste ramo, profissionais da imprensa e visitantes em geral do Estado da Paraiba e estados vizinhos.

3. OBJETIVO

Divulgar, Expor, Lançar e vender produtos e/ou serviços das empresas que trabalham no ramo de casamento através de estandes.

4. PERÍODO

Dias  de 14 a 16  de Outubro de  2018.

Assessoria

porAutor

Insatisfeito no PSDB, Romero pode trocar o ninho tucano pelo PSL de Bolsonaro

Não é de hoje que o prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues (PSDB) demonstra insatisfação com a legenda. Há um tempo, Romero vem defendendo uma reoxigenação do partido e avaliando a possibilidade de deixar a sigla.

Passado o período eleitoral, a saída do prefeito do ninho tucano é dada como certa. Romero é amigo pessoal do vice-presidente nacional do PSL e deputado federal eleito, Julian Lemos. Através do deputado eleito, o prefeito se aproximou bastante de Bolsonaro nos últimos meses.

A migração ainda não é certa, mas nos bastidores, comentam-se sobre a hipótese de Rodrigues se filiar ao partido de Jair Bolsonaro. A troca de afagos entre o presidenciável e Romero tem sido uma forte sinalização da mudança.

 

Anderson Soares

porAutor

SAÚDE NÃO SE PESA: No dia da luta contra a obesidade, médica explica doenças causadas pelo excesso de peso

Segundo ministério da Saúde, 74% das mortes do país estão ligadas a problemas decorrentes da obesidade

Apesar de ser considerada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) como uma epidemia global, a obesidade ainda não é encarada pela maior parte da população desta forma. Acontece que, segundo dados do Ministério da Saúde, as doenças ligadas à obesidade são responsáveis por 74% das mortes em todo o país. Em todo o mundo, o excesso de peso está em segundo lugar entre as principais causas de morte.

Diante desse cenário, a Associação Brasileira para o Estudo da Obesidade e da Síndrome Metabólica (ABESO) e a empresa de saúde Novo Nordisk há três anos promovem a campanha “Saúde Não Se Pesa”, que quer justamente debater as consequências da obesidade na vida das pessoas e promover mais conscientização sobre a doença.

Maria Edna de Melo é endocrinologista e presidente da ABESO. Ela explica que, por conta das doenças ligadas a obesidade, muitas pessoas podem ter a expectativa de vida diminuída em até 12 anos. Segundo a especialista, esse número pode variar dependendo da intensidade da doença e do momento de vida em que surgiu a obesidade na trajetória do paciente. Apesar de variar de uma pessoa para outra, Maria Edna explica que a obesidade pode trazer diversas consequências:

“A obesidade pode levar a doenças em todos os nossos sistemas. Seja respiratório, urinário e interferir, também, na reprodução. Então é importante que as pessoas com excesso de peso cortem o mal pela raiz. Se você tem uma doença que está sendo causada pela obesidade, vai ser muito mais difícil de controlar essa doença, sem controlar a obesidade.”

De acordo com Maria Edna, é preciso reforçar que a obesidade é uma doença que pode, sim, ser controlada. Na avaliação da endocrinologista, muito mais do que questões estéticas, a perda de peso pode trazer mais saúde e mais tempo de vida para uma pessoa.

Tendo sido criado o dia da conscientização pela primeira vez em 2008, o dia 11 de outubro tornou-se o Dia Nacional de Prevenção à Obesidade. Por conta do agravamento da doença em todo o mundo, a data tornou-se mundial e continua, neste ano, proporcionando discussões sobre o tratamento crônico da obesidade baseada na reeducação alimentar, exercício físico, além de tratamento medicamentoso e cirúrgico.

A jornalista Thaís Evangelista, de 31 anos, foi uma das pessoas que teve que encarar de frente o problema. Em 2014, ela chegou a pesar quase 150 quilos e viu sua qualidade de vida comprometida pela doença. Simples tarefas do cotidiano se tornavam um desafio. Para ir para o trabalho, por exemplo, Thaís precisava pegar o ônibus em um lugar bem mais distante de casa, só para conseguir entrar no veículo vazio.

“Quando eu não conseguia pegar esse ônibus, já entrava nele cheio, eu chegava no serviço com os pés inchados, as articulações e os joelhos doendo, a coluna doendo. Eu não conseguia cruzar a perna, nem me higienizar direito.”

Thaís passou por uma cirurgia bariátrica e perdeu cerca de 70 quilos no processo. Ela tem mais qualidade de vida e segue uma rotina de boa alimentação, acompanhada de exercícios físicos. Além disso, ela conta que mantém uma rotina de exames para a avaliação do estado de saúde.

A medida adotada por Thaís é apenas uma das opções para o tratamento da obesidade. Segundo estudos, não é necessário uma perda brusca de peso. Com uma redução de 5 a 10% do peso, o paciente já diminui o acúmulo de gordura no fígado, apresenta melhora nos sintomas da incontinência urinária, melhora na função articular. A perda progressiva de peso pode reduzir ainda os riscos de depressão e de doenças cardiovasculares.

 

Reportagem: Raphael Costa