Categoria Música

porAutor

Aniversário de 77 anos de Benito di Paula

O pianista, cantor e compositor, que fez muito sucesso nos anos 70 e 80, mistura arranjos românticos e jazzísticos

Hoje é aniversário de Benito di Paula. O pianista, cantor e compositor, que mistura arranjos românticos e jazzísticos, fez muito sucesso nos anos 70 e 80. Chegou a apresentar na TV o programa Benito di Paula e seus convidados, na extinta TV Tupi. Ele tem mais de 35 discos gravados.

A Música do Dia é “Se Não For Amor“.

Produção e apresentação – Luiz Cláudio Canuto
Fonte: Agência Câmara de Notícias
porAutor

Dia Nacional de Luta contra o Câncer de Mama

O câncer de mama é a forma mais comum da doença entre as mulheres. A Música do Dia é da cantora Fabiana Passoni, que tem uma história bastante interessante de recuperação.

O câncer de mama é a forma de câncer mais comum entre mulheres. Uma em cada dez mulheres tem, teve ou terá esse tipo de câncer. O câncer de mama vem crescendo significativamente desde os anos 70 e há suspeitas de que o mundo moderno tenha “culpa” nisso.

 

A Música do Dia é “Baiamor“, de Fabiana Passoni.

Produção e apresentação – Luiz Cláudio Canuto
Fonte: Agência Câmara de Notícias 
porAutor

Dia Nacional da Consciência Negra

A Música do Dia é do Olodum e se chama “Zumbi Rei” em homenagem a morte de Zumbi dos Palmares

Zumbi nasceu em Palmares em 1655 e era sobrinho de Ganga Zumba, primeiro líder do quilombo, que foi derrubado por ter aceito uma proposta de paz do governador da capitania de Pernambuco.
Quinze anos depois de ter assumido o quilombo, o bandeirante Domingos Jorge Velho organizou a invasão do quilombo e o destruiu. Zumbi morreu em 20 de novembro de 1695, daí a data da Consciência Negra.
 
A Música do Dia é “Zumbi Rei“, de Germano Meneghel, do Olodum.
Produção e apresentação – Luiz Cláudio Canuto
Fonte: Rádio Câmara 
porAutor

Samba da Minha Terra – 40 anos sem Candeia

Samba da Minha Terra mata a saudade de Antônio Candeia Filho, que nos deixou em 16 de novembro de 1978

Antônio Candeia Filho

Portelense, boêmio e, às vezes, mal-humorado, Candeia tem dezenas de composições de sucesso e ajudou a difundir as rodas de samba, o partido alto e o samba de raiz.

O programa também relembra fatos marcantes na vida dele, como o acidente que o deixou com paralisia nas pernas, a superação da depressão por meio do samba e a idolatria que Candeia desperta hoje na nova geração do samba.

 

 

Apresentação e Pesquisa – José Carlos Oliveira
Fonte: Agência Câmara Noticias 
porAutor

Dia Internacional da Tolerância

Um dia dedicado a combater qualquer tipo de preconceito, seja racial, sexual ou religioso

Dia 16 de Novembro. Dia Internacional da Tolerância.

O Dia Internacional da Tolerância é uma data instituída pela ONU em reconhecimento à Declaração de Paris, assinada em 12 de novembro de 1995 por 185 países. A intenção da data é comemorar o bem estar e promover a tolerância, um dia dedicado a combater qualquer tipo de preconceito, seja racial, sexual ou religioso. O ano de 1995 foi o Ano das Nações Unidas para a Tolerância. A data também remete à Declaração Universal dos Direitos Humanos, que garante a liberdade de opinião e a amizade entre as nações.

A Música do Dia é “Intolerância“, de Lenine.

Produção e apresentação – Luiz Cláudio Canuto
Fonte: Agência Câmara Noticias
porAutor

Dia Mundial do Diabetes – “Sem Açúcar”

A Música do Dia é “Sem Açúcar”, de Chico Buarque

Chico Buarque e Maria Bethânia – Ao Vivo no Canecão (1975). Obra de Paulinho da Viola.

Diabetes mellitus é o nome do diabetes, um grupo de doenças em que os níveis elevados de glicose são verificados no sangue por um longo período de tempo. O diabetes é resultado da produção insuficiente de insulina no pâncreas.

O diabetes tipo 1 é resultado dessa produção insuficiente e o tipo 2 é ligado à resistência inadequada do corpo à insulina. O diabetes tipo 1 é tratado com injeções, o tipo 2 com medicamentos. Um dos sintomas de diabetes é a vontade constante de fazer xixi, muita sede e fome. Quando o diabetes não é tratado pode provocar doenças no coração, acidente vascular cerebral, doenças nos rins e úlceras no pé.

A Música do Dia é “Sem Açúcar“, de Chico Buarque, com Chico Buarque e Maria Bethânia

Produção e apresentação – Luiz Cláudio Canuto
Fonte: Agência Câmara Notícias
porAutor

Dia Mundial da Gentileza

A Música do Dia

José Datrino, o Profeta Gentileza

Dê bom dia, um abraço, sorria, agradeça, respeite as pessoas… A música de hoje é de Marisa Monte e fala de José Datrino, o Profeta Gentileza.

A ideia do Dia Mundial da Gentileza surgiu numa conferência em Tóquio realizada em 1996, que reuniu grupos que propagavam a ideia da gentileza.
O movimento foi criado oficialmente em 2000 com a intenção de inspirar pessoas a criar um mundo mais gentil.
 
A Música do Dia é “Gentileza“, de Marisa Monte.
Produção e apresentação – Luiz Cláudio Canuto
porAutor

Paulinho da Viola comemora 76 anos

A Música do Dia

Cantor, compositor, violonista e grande músico brasileiro.

Em 1942 nasceu Paulinho da Viola, cantor, compositor, violonista. Antes de completar 19 anos, ele conseguiu emprego como contador, até que Hermínio Belo de Carvalho foi atendido pelo caixa e sugeriu a ele que mudasse de carreira e se direcionasse à música. Paulinho foi até o apartamento de Hermínio, ensaiou composições. Em 1963, Hermínio levou ele ao Zicartola, bar de dona Zica e Cartola, e ali Paulinho da Viola decidiu pedir demissão e se dedicar ao que sabia fazer de melhor.

 

A Música do Dia é “Foi um Rio que Passou em Minha Vida“.

Produção e apresentação – Luiz Cláudio Canuto
porAutor

Homenagem: 7 de Novembro – Dia do Radialista

Dia do Radialista é comemorado oficialmente no Brasil em 7 de novembro.

Na verdade, em 21 de setembro também se comemora o Dia do Radialista.

Isso acontece porque o dia já era comemorado em setembro até que a lei nº 11.327, de 27 de julho de 2006, instituiu a nova data.

Esta data homenageia o profissional responsável em apresentar os programas e informativos radiofônicos, que entretêm os ouvintes com suas características vozes marcantes.

Mensagem para o Dia do Radialista

“Com sua bela e poderosa voz entras na minha casa todos os dias alegrando os meus momentos de solidão. Obrigado por ser uma agradável companhia em qualquer lugar que eu vá! Parabéns pelo seu dia!”

“Parabéns a todas as vozes que denunciam, divertem e informam! Obrigado por nos acompanharem todos os dias! Parabéns!”

“Informa, emociona e nos faz rir… O poder da sua voz é tão forte que consegue mexer profundamente com nossos sentimentos. Parabéns pela sua dedicação! Feliz Dia do Radialista!”

Origem do Dia do Radialista

A data oficial para a comemoração do Dia do Radialista é uma homenagem ao compositor, músico e radialista Ary Barroso, que nasceu em 7 de novembro de 1903.

No entanto, popularmente os radialistas ainda celebram o dia 21 de setembro, que se refere a data da criação da lei que fixava o salário base para estes profissionais, em 1943, durante o governo de Getúlio Vargas.

Os radialistas ainda comemoram o Dia Mundial do Rádio, celebrado internacionalmente em 13 de fevereiro.

Homenagem

(7 de novembro) Aniversário de nascimento de Ary Barroso

Ary Barroso foi um grande compositor, apresentador, locutor esportivo e autor de músicas inesquecíveis como “Aquarela do Brasil”, “No Tabuleiro da Baiana” e “Na Baixa do Sapateiro”. Chegou a ser indicado ao Oscar com a música “Rio de Janeiro”, do filme “Brasil”, de 1944.

A Música do Dia é “Aquarela do Brasil“, de Ary Barroso.

 

Por Luiz Cláudio Canuto – Agência Câmara

porAutor

Apagão de 1997

Dez estados brasileiros foram obrigados a racionar energia elétrica

Apagão entrou no vocabulário definitivamente após uma sequência de blecautes, ou apagões no Brasil. Em março de 99 um raio atingiu uma subestação em Bauru e atingou 9 estados. Em dezembro 2000 foram 12 estados do Sudeste, Sul e Centro-Oeste após curto-circuito. Em janeiro de 2002, 76 milhões de brasileiros de dez estados ficaram sem luz. Em 97, um racionamento evitou mais apagões.

A Música do Dia é “Luzes“, de Arnaldo Antunes.

Produção e apresentação – Luiz Cláudio Canuto