Categoria Internacional

porpjbarreto

Hoje é aniversário do nascimento de Ayrton Senna da Silva

Ayrton Senna foi melhor que Schumacher? Sem querer jogar água no chopp, cada vez mais há quem diga que não. Mas essa é uma pergunta parecida como querer comparar Pelé a Maradona, ou Garrincha a Pelé. Ayrton Senna e Schumacher disputaram poucas provas juntas.

A má temporada do três vezes campeão (1988, 1990, 1991) Ayrton Senna em 1994 foi interrompida por sua morte, na curva Tamborello, que se tornou a curva mais famosa do mundo.

A Música do Dia é o “Tema da Vitória”, de Eduardo Souto Neto, com Roupa Nova.

Produção e apresentação – Luiz Cláudio Canuto
Agência Rádio Câmara
porpjbarreto

Bolsonaro viaja ao Chile nesta quinta-feira para tratar de economia e reforma da Previdência

É aguardado o anúncio do Prosul, projeto que tem como objetivo substituir a União de Nações Sul-Americanas, a Unasul, paralisada há mais de dois anos

O presidente Jair Bolsonaro está de volta ao Brasil após visita aos Estados Unidos. Ele desembarcou no início da manhã desta quarta-feira (20) em Brasília, mas passará pouco tempo no país.

Bolsonaro irá para Santiago, no Chile, nesta quinta-feira (21), para participar de uma cúpula com outros chefes de Estado de países da América do Sul. O encontro tem como objetivo retomar as negociações para uma maior integração entre as nações da região.

Na ocasião, é esperado o anúncio do Prosul, projeto que tem como objetivo substituir a União de Nações Sul-Americanas, a Unasul, paralisada há mais de dois anos. O Prosul não deve ter um tratado e não será um organismo, como a Unasul. A ideia é agrupar os participantes no formato de um fórum. Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Equador, Paraguai, Peru, Uruguai, Costa Rica, Nicarágua, Panamá e República Dominicana irão integrar o grupo.

As nações que compõem o Prosul entenderam que a Unasul, da forma como funcionou desde seu lançamento em 2008, perdeu efeitos práticos, mantendo custos, e passou a disputar decisões sobre temas que já são tratados em outras instâncias, como o Mercosul.

Bolsonaro também deverá tratar assuntos ligados à reforma da Previdência, que é baseada no modelo chileno e questões comerciais. Bolsonaro também deve receber apoio do Chile para integrar a OCDE, grupo de países com boas práticas econômicas do qual o Chile participa como membro permanente desde 2010.

 

Repórter Paulo Henrique

Agência do Rádio

porpjbarreto

João Azevêdo lança Programa Paraíba Rural Sustentável e beneficia 45 mil famílias

O governador João Azevêdo lançou, nesta terça-feira (19), na Sala de Concertos Maestro José Siqueira, no Espaço Cultural José Lins do Rêgo, em João Pessoa, o Programa Paraíba Rural Sustentável. Executado pelo Projeto Cooperar, o programa voltado para a agricultura familiar visa melhorar o acesso à água, reduzir a vulnerabilidade agroclimática e aumentar o acesso a mercados da população rural da Paraíba. No total, serão investidos US$ 80 milhões, sendo US$ 50 milhões provenientes do contrato de empréstimo com o Banco Mundial e US$ 30 milhões de contrapartida do Estado, beneficiando 45 mil famílias paraibanas.

Prestigiaram a solenidade o ex-governador Ricardo Coutinho; o senador Veneziano Vital do Rêgo; deputados estaduais; prefeitos; vereadores; e auxiliares do Governo do Estado.

Na oportunidade, o chefe do Executivo estadual ressaltou que 100 municípios passarão a receber, ao longo dos próximos seis anos, um grande investimento na base da agricultura familiar. “Dentro do nosso cronograma, já iremos destinar US$ 4 milhões no programa em 2019. Esta ação mexe com a nossa economia e faz com que o Estado chegue junto das comunidades, seja pelo Cooperar, Procase, Água para Todos e Água Doce, dando suporte às famílias, ampliando, cada vez mais, os editais para aquisição de produtos da base da agricultura familiar”, explicou.

De acordo com João Azevêdo, os recursos serão destinados para a segurança hídrica, perfuração de poços e implantação de dessalinizadores e sistemas de abastecimento d’água. “Esses investimentos serão realizados onde se precisa ter um olhar diferenciado do Estado, seja na agricultura familiar, em arranjos produtivos locais e, acima de tudo, na infraestrutura hídrica, onde temos um investimento forte dentro desse empréstimo junto ao Banco Mundial; isso faz uma diferença muito grande para as famílias”, destacou.

O ex-governador Ricardo Coutinho reforçou que o Governo do Estado tem dado provas concretas de que continua atuando em favor da população. “Esse programa irá investir R$ 300 milhões na agricultura familiar; na subsistência de homens e mulheres. Esse é um projeto de curto, médio e longo prazo para restaurar a dignidade do nosso povo”, completou.

O secretário da Agricultura Familiar e Desenvolvimento do Semiárido, Luiz Couto, afirmou que o Programa Paraíba Rural Sustentável garantirá qualidade de vida ao trabalhador do campo. “Os agricultores terão acesso à água e poderão produzir e comercializar os seus produtos; beneficiando toda a região do Semiárido”, frisou.

Já o coordenador do Projeto Cooperar, Omar Gama, endossou que 222 municípios da Paraíba serão contemplados nos projetos de alianças produtivas, por meio de 170 subprojetos e planos de investimentos. Além disso, serão investidos recursos na diversificação da produção agropecuária e na melhoria nutricional e segurança alimentar. “O programa vai resgatar toda a produção dos pequenos agricultores, tendo como componentes principais o abastecimento d’ água e a área produtiva. Serão 280 abastecimentos de água singelos; 150 abastecimentos de água completos; 7.560 cisternas de alambrado; e 100 dessalinizadores com aproveitamento de rejeitos para garantir o acesso à água”, ressaltou.

O especialista sênior em Água e Saneamento do Banco Mundial, Marcos Thadeu Abicalil, lembrou que a operação de crédito, que irá reduzir a pobreza e garantir o crescimento inclusivo na Paraíba, só foi possível graças às gestões fiscal e social e à capacidade técnica do Estado. “A assinatura do empréstimo demonstra que o Estado está fazendo um esforço importante para ter uma gestão fiscal responsável, criando um espaço financeiro possível para contratar operações de crédito como essa que objetivam a redução da pobreza rural e o crescimento inclusivo e sustentável”, falou.

O presidente da Associação dos Agricultores Familiares de Santa Rita, Gilvan Castro, disse que o projeto chegou num momento em que o setor enfrenta dificuldades para conseguir recursos. “O Governo do Estado, por meio dessa celebração, nos dará a oportunidade de retomar algumas atividades, não só na questão de infraestrutura para a produção, mas na abertura para comercialização de nossos produtos; o agricultor terá a segurança para produzir”, frisou.

Luciana Balbino, que trabalha numa fábrica de polpa de frutas no município de Areia, lembrou que já foi beneficiada na primeira etapa do Projeto Cooperar, que permitiu a aquisição de câmaras frias e caminhonetes, e a expectativa agora é de geração de novos empregos com o retorno do programa. “Esperamos com muita ansiedade e sem perder a esperança de que isso poderia vir a dar certo novamente. Nós queremos aumentar a nossa produtividade e, mais uma vez, aumentar a nossa capacidade de produção, beneficiando toda a região do Brejo”, relatou.

 

Secom-PB

porpjbarreto

Trump e Bolsonaro trocam camisas das seleções de futebol

O norte-americano citou o Brasil como potência no esporte

Os presidentes do Brasil, Jair Bolsonaro, e dos Estados Unidos, Donald Trump, trocaram hoje (19) presentes. Um entregou ao outro camisas oficiais das seleções de futebol. Segundo o norte-americano, o presente era uma homenagem ao Brasil, que é uma potência no futebol.

Trump presenteou Bolsonaro com a camisa de número 19 – em alusão ao ano de 2019. “O Brasil é um grande país. A grande potência do futebol. Tem grandes jogadores, posso lembrar de Pelé e tantos outros” , disse.

De presente, Trump ganhou uma camisa de número 10 – igual à que Pelé usou quando estava na ativa. Bolsonaro disse que a escolha do número 10 foi por causa das muitas alegrias que Pelé deu ao Brasil. “A camisa que simboliza o maior jogador de todos os tempos”, disse.

Após a reunião reservada de cerca de 20 minutos na Casa Branca, Bolsonaro e Trump e as comitivas do Brasil e dos Estados Unidos terão um encontro ampliado.

A viagem aos Estados Unidos é a primeira em caráter bilateral do presidente Bolsonaro.

O presidente dos EUA, Donald Trump, se reúne com o presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, no Salão Oval da Casa Branca, em Washington (EUA).
O presidente dos EUA, Donald Trump, se reúne com o presidente Jair Bolsonaro, no Salão Oval da Casa Branca, em Washington (EUA). – Reuters/Kevin Lamarque/Direitos Reservados

Por Agência Brasil

porpjbarreto

Brasil dispensa visto para cidadãos dos EUA, Canadá, Japão e Austrália

Decisão do presidente Jair Bolsonaro é unilateral, ou seja, brasileiros que visitem um desses países ainda precisam de visto para a entrada

O presidente Jair Bolsonaro assinou um decreto que dispensa a necessidade de visto para cidadãos dos Estados Unidos, Japão, Canadá e Austrália. A medida foi publicada na edição desta segunda-feira (18) do Diário Oficial da União e passa a valer a partir do dia 17 de julho.

A isenção de visto para esses países se aplica a viajantes que venham ao Brasil para fins de turismo, negócios, trânsito e para quem realize atividades artísticas e esportivas. A decisão do presidente Jair Bolsonaro é unilateral, ou seja, brasileiros que visitem um desses países ainda precisam de visto para a entrada.

A justificativa do governo é de que o turismo brasileiro deve ser beneficiado, já que norte-americanos, canadenses, japoneses e australianos têm alto poder aquisitivo e baixo risco migratório.

A dispensa de visto para cidadãos dos quatro países já esteve em vigor no Brasil durante as Olimpíadas de 2016, no Rio de Janeiro. Em 2018, o Ministério do Turismo chegou a propor a isenção definitiva de documentos, mas o Ministério das Relações Exteriores foi contra por entender que deveria haver o princípio da reciprocidade, em que brasileiros deveriam ter os mesmos benefícios.

 

Repórter Thiago Marcolini

Agência do Rádio

porpjbarreto

“O Parque dos Sonhos” passa imagem forte de garota que constrói mundo de diversão

Animação estreou na última quinta (14) e é recomendada para toda a família

June é uma criança sonhadora, que, junto da mãe, criou um paraíso de brincadeiras dentro de casa. Por isso, ela é muito querida pelos vizinhos e amigos da escola, que sempre vão até a casa dela para brincar no famoso “Parque dos Sonhos”.

O parque é uma invenção na cabeça de June, em que ela cria animais que falam, contam histórias e exibem magia. Ela só não imaginava que tudo isso poderia ser realmente verdade e estar escondido em uma floresta perto de sua cidade. Após algumas decepções, June resolve fugir e encontra o verdadeiro parque dos sonhos em apuros, e decide se unir aos personagens de sua mente para salvá-los.

É claramente uma história cheia de fantasias e com tom emocional muito forte. June, mesmo sendo criança, passa por situações que a fazem amadurecer, e acho que esse é um ponto positivo para um filme infantil, para mostrar que às vezes a vida será difícil, mas é fácil ser forte.

Ao mesmo tempo, aplaudo a direção por trazer uma personagem criança feminina tão forte. June não tem os clichês da menina que sonha em ser princesa. Ela é uma garota que mostra grandes habilidades em construir, consertar erros e é expert na matemática. Uma estrelinha para a representatividade.

O gráfico é bem colorido, fofo e os personagens são muito carismáticos. A construção de cada um deles traz uma história única, e cada um tem a sua função, o que ajuda a trabalhar na mente, principalmente do público infantil, uma ideia de trabalho em equipe e a importância em se valorizar as amizades.

“O Parque dos Sonhos” é um filme para se assistir com a família toda. Assista a partir do dia 14 de março nos cinemas brasileiros.

Outra estreia para esta semana é “Vingança a Sangue Frio”. O típico filme onde Liam Neeson, por vingança, começa a matar todos os envolvidos na morte de um parente. Ele se envolve com traficantes, policiais e empresários de grande importância no seu estado. O longa de ação policial não é recomendado para menores de 16 anos.

Já na Netflix, a novidade é inspirado em uma história real. A bailarina Lara, de 15 anos, passa por situações difíceis emocionais e físicas quando se prepara para uma cirurgia de confirmação de gênero. O longa é considerado um drama LGBT.

 

Repórter Sara Rodrigues

Agência do Rádio

porpjbarreto

Páscoa 2019: Kopenhagen lança linha Exagero com novos sabores e muito mais recheio

Com 16 lançamentos, marca aposta em portfólio sofisticado e inovador para celebrar a data mais gostosa do ano

A Páscoa está chegando e a Kopenhagen está cheia de novidades para tornar a data ainda mais especial. Buscando sempre inovar e surpreender o paladar dos consumidores, a marca apresenta um portfólio de 51 produtos, sendo 16 lançamentos, com grande variedade de preço e combinações deliciosas de sabor.

O grande destaque deste ano é a linha Exagero. Com quatro novos sabores, a categoria apresenta produtos únicos, com 140 gramas de recheio na casca – o dobro se comparado aos outros produtos de linha -, e que proporcionam uma deliciosa experiência sensorial ao consumidor.

Dentre as novidades, a nova linha apresenta as opções: Ovo Exagero Palha ItalianaOvo Exagero Nhá Benta AvelãOvo Exagero Pão de Mel e Ovo Exagero Frutas Vermelhas com Amêndoas. “Depois de entender as necessidades dos nossos consumidores, que buscam por mais recheio e mais experiência de sabor, resolvemos criar esta linha e estamos muito felizes com o resultado. No Ovo Exagero Frutas Vermelhas com Amêndoas, por exemplo, é possível encontrar pedacinhos de frutas e de amêndoas. Um verdadeiro exagero de sensações” revela Maricy Porto, diretora de Marketing do Grupo CRM.

Atenta às novas tendências de mercado, a Kopenhagen também traz de maneira inovadora e com a cara da marca um ovo que promete arrancar suspiros: o Ovo Essence Ruby. Novidade que surpreendeu o mundo todo e que acaba de chegar ao Brasil, o Ruby é um novo tipo de chocolate, assim como o amargo, ao leite e o branco, mas com uma experiência de sabor diferente. Sua cor e sabor são naturais, sem qualquer adição de frutas ou corantes e o sabor não é amargo, nem doce, mas uma mistura de frescor e aroma frutado com a cremosidade do chocolate. O Ovo Essence Ruby traz combinação inusitada do novo chocolate ruby com chocolate amargo, nibs de cacau e amêndoas. Acompanha pérolas Ruby: gotas de chocolate amargo cobertas por chocolate Ruby.

Já a linha Clássicos, que representa cerca de 40% do faturamento da marca, apresenta dois novos sabores para celebrar a data. O Língua de Gato – queridinho do público – agora, ganha as versões Ovo Língua de Gato Avelã, ovo Língua de Gato com recheio cremoso sabor avelã acompanhado de Língua de Gato recheada sabor avelã e OvoLíngua de Gato Extra Cremoso, chocolate ao leite com um percentual maior de leite, que proporcionam mais sabor e cremosidade. Opções certeiras para quem não pretende errar no presente.

KEEP KOP VIROU OVO!

Sucesso de vendas da Kopenhagen, o Keep Kop também ganhou a sua versão de ovo de Páscoa. Com embalagem similar ao produto original, os fãs da marca poderão degustar até dois sabores da linha em um único ovo: ½ ovo cookie rum e ½ ovo caramelo flor de sal. Acompanha krispy kop (flocos de arroz cobertos com chocolate). Ótima opção para presentear o amigo-chocolate.

FIGURAS E INFANTIL

Para quem deseja fugir dos ovos tradicionais, a linha Figuras pode ser uma ótima opção de presente. Com preços mais acessíveis, os produtos trazem uma proposta diferente e têm a cara da Páscoa. O destaque deste ano são os Tabletes Artesanais, que trazem quatro tipos de sabor: chocolate ao leite com macadâmia caramelizada, chocolate ao leite com pistache, chocolate amargo com caramelo e flor de sal e chocolate ao leite com coco caramelizado.

Para os pequenos, a Linha Infantil apresenta lançamentos mais do que especiais. Quem é fã do Lingato, mascote infantil da marca, vai adorar o Ovo Lingato, que acompanha uma lancheira exclusiva do gatinho. Agora, ele poderá acompanhar os pequenos na escola e deixar a hora do recreio muito mais gostosa e divertida.

Já para aqueles adoram as animações da Disney, a novidade deste ano é o Ovo Disney Aladdin e o Ovo Disney Ducktales.  Além do delicioso chocolate ao leite Kopenhagen, os produtos acompanham uma caixinha de som personalizada com os personagens do desenho, ideal para curtir uma playlist divertida em qualquer lugar.

E, para traduzir toda a sofisticação da marca, a Kopenhagen também reformulou todas as suas embalagens e apostou em ondas douradas metalizadas para dar mais movimento e destaque aos produtos.

Conheça o portfólio completo no site www.kopenhagen.com.br .

SOBRE A KOPENHAGEN

Marca de luxo com 91 anos de história que se mostra ousada e inovadora. Esta é aKopenhagen, líder e precursora no segmento de chocolates finos no Brasil que, desde 1928, está presente nos mais doces momentos dos fãs e apreciadores dos sabores únicos de seus produtos. A Kopenhagen demonstra ser a escolha certa na hora de presentear ou degustar clássicos como: Nhá Benta, Língua de Gato, Chumbinho, Lajotinha, Bala Leite ou Cherry Brandy. Hoje, a marca possui mais de 360 lojas, duas delas lojas-conceito, uma na cidade de São Paulo, na Rua Oscar Freire, e a outra no Rio de Janeiro, no Village Mall.

 

Assessoria de Imprensa

porpjbarreto

Leilão de 12 aeroportos incluindo os de JP e CG deve arrecadar mínimo de R$ 2,1 bilhões. Veja!

O governo federal tem a meta mínima de arrecadar R$ 2,1 bilhões (valor de outorga) com a concessão de 12 aeroportos, em três blocos regionais, no leilão de hoje (15), a partir das 10h, na B3, antiga Bolsa de Valores, Mercadorias e Futuros de São Paulo. A estimativa é que até 12 empresas participem do leilão. Os prováveis participantes, mapeados pelo governo, têm capital nacional e estrangeiro, e poderão apresentar suas propostas consorciados.

A informação é do secretário de Aviação Civil, Roney Glanzmann, em entrevista à NBR (EBC). “Estamos esperando um leilão bastante competitivo, muitos operadores estrangeiros e brasileiros, todos de primeira linha que já operam grandes aeroportos pelo mundo devem participar”, disse o secretário.

O secretário Nacional de Aviação Civil (SAC), Ronei Saggioro Glanzmann, durante reunião sobre estratégias da aviação.
O secretário Nacional de Aviação Civil (SAC), Ronei Saggioro Glanzmann, analisa a realização do leilão  – Tânia Rêgo/Agência Brasil

Em seguida, Glanzmann afirmou que: “Já tem mais de um ano que estamos falando semanalmente com esses operadores estrangeiros e todos estão animados com essa modelagem de concessão do governo federal. Acreditamos que vamos atrair grandes operadores mundiais de aeroportos”.

Conforme o secretário, a projeção oficial é de que os futuros concessionários invistam R$ 3,5 bilhões em melhorias e na capacidade de atendimento dos aeroportos durante 30 anos.

Blocos

No bloco Nordeste, serão leiloados os aeroportos de vocação turística Recife (PE), Maceió (AL), Aracaju (SE), Juazeiro do Norte (CE), João Pessoa e Campina Grande (ambos na Paraíba).

No bloco Sudeste, serão concedidos aeroportos que atendem especialmente a indústria de petróleo e gás: Vitória (ES) e Macaé (RJ).

No bloco Centro-Oeste, estarão em negociação os aeroportos que atendem o agronegócio no Mato Grosso: Cuiabá, Sinop, Rondonópolis e Alta Floresta.

Juntos os aeroportos que formam os três blocos respondem por 9,5% do mercado doméstico (20 milhões de passageiros por ano).

De acordo com Roney Glasmann, é a primeira vez que o governo federal faz concessão de aeroportos em blocos. “Nos unimos aeroportos mais atrativos, de maior volume de passageiro e carga, com aeroportos menores da aviação regional”, disse.

Custos

Segundo informação da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), “os lances iniciais mínimos serão de R$ 171 milhões para o bloco Nordeste; R$ 46,9 milhões para o bloco Sudeste; e R$ 800 mil para o bloco Centro-Oeste”.

Essa é a quinta rodada de concessões de aeroportos, iniciadas em 2011 (com o leilão do aeroporto de São Gonçalo do Amarante – RN). “Não há envolvimento de recurso público nessa rodada. Todos recursos a serem investidos serão captados pela iniciativa privada, trazendo expertise, know how e boas práticas internacionais de gestão para os nossos aeroportos”, disse o secretário.

“Na experiência que nós temos com a concessão de aeroportos, melhora bastante a qualidade de serviço para a população. Melhora porque recebe investimento, são atraídos novos parceiros comerciais, grandes marcas de alimentação e varejo. O nível de conforto e a experiência de viagens dos passageiros têm melhorias significativas”, disse.

Glanzmann salientou que a concessão “não prevê em hipótese alguma qualquer aumento de tarifa ou onera de qualquer jeito o passageiro”. Como disse na entrevista, “o passageiro vai continuar pagando a mesma taxa de embarque de que ele já paga hoje nos aeroportos operados pela Infraero”

O governo deve anunciar também nesta sexta-feira, concessões de mais 22 aeroportos na sexta rodada de leilões – a ser realizada em agosto de 2020. Conforme cronograma oficial, a sétima e última rodada de concessões, com 21 aeroportos, ocorrerá até o primeiro trimestre de 2022.

 

Agência Brasil

porpjbarreto

Eduardo Bolsonaro vai presidir Comissão de Relações Exteriores na Câmara

Deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP).

Outro apoiador do governo, Luiz Phillipe de Orleans e Bragança, também do PSL, será o vice

O deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) foi eleito por 28 votos como presidente da Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional da Câmara. Luiz Phillipe de Orleans e Bragança (PSL-SP) foi escolhido como vice-presidente.

Eduardo tem assumido, desde a eleição do pai, Jair Bolsonaro, um papel importante nas agendas internacionais do país. Durante o discurso de posse, Eduardo Bolsonaro disse que seu trabalho será focado na reaproximação de governos estratégicos, citando os Estados Unidos. Eleito o deputado com mais na história, ele ressaltou também que trabalhará de maneira democrática, mesmo quando houver opiniões contrárias a dele.

Além de Eduardo Bolsonaro, o PSL também garantiu a presidência de outra comissão. Deputado eleito pelo Paraná, Felipe Francischini foi escolhido com 47 votos para presidir a Comissão de Constituição de Justiça, a CCJ. A deputada Bia Kicis, do PSL do Distrito Federal, ficará com a vice-presidência. Ficará a cargo dessa comissão analisar, primeiramente, a Reforma da Previdência, uma das principais propostas do governo federal.

 

Repórter Raphael Costa

Agência do Rádio

porpjbarreto

Hoje é aniversário de 80 anos de nascimento de Glauber Rocha

Grande agitador cultural, escritor, cineasta, Glauber Rocha foi o maior nome do Cinema Novo

Grande agitador cultural, escritor, cineasta, Glauber Rocha foi o maior nome do Cinema Novo. O filme Barravento foi a estréia de Glauber Rocha em longas metragens, mas ele já havia realizado vários curtas. Autor do conceito “câmera na mão e ideia na cabeça”, usou esse princípio com Terra em Transe de 1967, Deus e o Diabo na Terra do Sol, de 1963 e O Dragão da Maldade Contra o Santo Guerreiro, de 1969. Terra em Transe venceu o prêmio da crítica em Cannes. Outro vencedor em Cannes foi O Dragão da Maldade Contra o Santo Guerreiro, que recebeu o prêmio de melhor direção. Glauber Rocha morreu de septicemia em agosto de 1981. Ele teve broncopneumonia em Sintra, Portugal, ficou internado em Lisboa por 18 dias e depois foi para o Rio de Janeiro, onde faleceu.

A Música do Dia é “Perseguição / O Sertão Vai Virar Mar” de Glauber Rocha e Sérgio Ricardo

 

Produção e apresentação – Luiz Cláudio Canuto
Agência Rádio Câmara