Categoria Internacional

porpjbarreto

Nove jogadores do Brasileirão são convocados para Pré-Olímpico

Seleção sub-23 vai disputar amistosos contra Venezuela e Japão

Após o anúncio dos convocados para a seleção principal do Brasil e para a seleção sub-17, a CBF também divulgou nesta manhã a lista de jogadores da seleção pré-olímpica (sub-23), que vão participar de amistosos contra Venezuela e Japão, nos dias 10 e 14 de outubro. As partidas valem como preparação para o torneio Pré-Olímpico, em janeiro do ano que vem,na Colômbia.

Dos 23 convocados pelo técnico Andre Jardine, nove integram as equipes da Série A do Campeonato Brasileiro. É o caso do goleiro Cleiton (Atlético-MG); dos meias Bruno Guimarães (Athlético-PR), Allan (Fluminense) e Pedrinho (Corinthians); dos defensores Guga (Atlético-MG), Caio Henrique (Fluminense), Felipe Jonatan (Santos) e Bruno Fuchs (Internacional); e também do atacante Antony (São Paulo).

Confira a lista completa de selecionados:

GOLEIROS : Cleiton (Atlético-MG), Daniel Fuzato (Roma), e Ivan (Ponte Preta);

LATERAIS DIREITOS: Emerson (Betis), Guga (Atlético-MG);

LATERAIS ESQUERDOS: Caio Henrique (Fluminense), Felipe Jonatan ( Santos);

DEFENSORES: Bruno Fuchs (Internacional), Ibãnez (Atalanta), Luiz Felipe (Lazio), Lyanco (Torino);

MEIO-CAMPISTAS – Allan (Fluminense), Bruno Guimarães (Athletico-PR), Douglas Luiz (Aston Villa), Mauro Júnior (Heracles Almelo), Pedrinho (Corinthians), Wendel (Sporting);

ATACANTES: Antony (São Paulo), Malcom (Zenit), Matheus Cunha (Leipzig), Paulinho (Bayer Leverkusen), Pedro (Fiorentina), Rodrygo (Real Madrid).

Os dois amistosos da seleção pré-olímpica serão realizados em Recife, em Pernambuco. No dia 10 de outrubro, às 21h30 (horário de Brasília), o Brasil encara a Venezuela, no Estádio dos Aflitos. O segundo amistoso será no dia 14 de outubro, contra o Japão, na Arena Pernambuco.

Agência Brasil/EBC

porpjbarreto

Comunicado: Presidente da Câmara Municipal de Cajazeiras informa que Sessão Especial será realizada na Escola Técnica ás margens da BR-230

Comunicado

O presidente da Câmara Municipal de Cajazeiras, o Vereador José Gonçalves de Albuquerque “Deozinho da Arara”, comunica a todos que a Sessão Especial em homenagem aos estudantes da ECIT – Cajazeiras, classificados no Programa de Intercâmbio “Gira-Mundo”, que seria realizada na referida Casa Legislativa, foi transferida para a Escola Técnica Estadual – Professora Nicéia Claudino Pinheiro, localizada às margens da BR-230, Capoeira Sul, Cajazeiras.

Data: (terça-feira 24 de setembro)

Horário: 18 horas.

Assessoria de Imprensa – Câmara Municipal de Cajazeiras

porpjbarreto

FINCC 2019 recebe caravanas empresarias de todo o País

Evento acontece de 25 a 28 de setembro, no Espaço Cultural José Lins do Rego

Soluções criativas, valor artístico agregado, caminhos acessíveis – bem dosados, esses ingredientes podem fazer qualquer negócio crescer e ganhar mercado. Esse é o objetivo da Feira Internacional de Negócios Criativos e Colaborativos (Fincc), que reúne empresários e empreendedores de diversos segmentos, de 25 a 28 de setembro, no Espaço Cultural, em João Pessoa. Além da participação de 90 expositores de todos os estados do Nordeste, a feira conta ainda com caravanas empresariais de várias regiões do país. Para o evento, Sebrae Pernambuco, Uberlândia e Sergipe já confirmaram caravanas diárias. “O que motiva a participação de empreendedores e empresários é a proposta inovadora e as oportunidades que a feira oferece, além da programação de palestras com profissionais nacionais e internacionais, o que agrega valor ao evento”, conta Regina Amorim, gestora de Turismo do Sebrae Paraíba.

Segundo ela, as novas economias são o caminho para os negócios no século XXI, por serem uma forma de pensar e fazer negócios que começa por uma boa ideia, em vez de pelo capital financeiro. “Trabalhada de forma criativa, colaborativa e sustentável, essa ideia se transforma em ativo econômico e recurso para o surgimento de negócios duradouros e para estimular modelos inovadores, que desenvolvam a economia criativa”, detalha.

A evento é uma promoção do Sebrae Paraíba, em parceria com escritórios regionais do Sebrae no Nordeste, e com o apoio do Governo da Paraíba e da Prefeitura Municipal de João Pessoa.

Oportunidade – A Fincc também terá palestras, oficinas e espaços para exposição e venda de produtos relacionados a segmentos da economia criativa. O networking será promovido durante os Coquetéis de Networking, que deverão aproximar profissionais de áreas afins, e o Pitch com Café, no qual os empreendedores poderão apresentar, durante cinco minutos, seus produtos para investidores, patrocinadores e aceleradoras. Paralelamente, também serão realizadas palestras, oficinas, mentoria e rodadas de negócios.

Serviço:

Feira Internacional de Negócios Criativos e Colaborativos

Data: 25 a 28 de setembro de 2019

Horário: 14h às 21h

Local: Espaço Cultural José Lins do Rego, em João Pessoa.

 

Assessoria

porpjbarreto

Morre em SP o cantor português Roberto Leal, aos 67 anos

Ele estava internado havia 5 dias no Hospital Samaritano após reação alérgica a um medicamento e teve, nas últimas horas, insuficiência renal.

Morreu na madrugada deste domingo (15), em São Paulo, o cantor português Roberto Leal, aos 67 anos. A informação foi confirmada pela assessoria de imprensa do Hospital Samaritano, onde o cantor estava internado. Ele ficou conhecido pela música “Bate o Pé”.

Segundo a assessoria de imprensa do cantor, Leal estava internado no hospital desde terça-feira (10), após ter uma reação alérgica a um medicamento que tomou. O cantor vinha há dois anos tratando um câncer.

As causas da morte não foram divulgadas. A assessoria do cantor informou, porém, que, nas últimas horas, ele teve complicações em decorrência de uma insuficiência renal.

Roberto Leal morava na capital paulista havia alguns anos.

Carreira

Em 45 anos de carreira, vendeu mais de 17 milhões de discos e gravou mais de 400 músicas. Entre elas, também estão faixas como “Bate o pé” e “A festa ainda pode ser bonita”.

Nascido em Macedo de Cavaleiros, no norte de Portugal, o cantor se mudou para o Brasil aos 11 anos, com os pais e nove irmãos. Em São Paulo, trabalhou como sapateiro e vendedor em uma feira.

Em 1978, protagonizou o filme “O milagre – O poder da fé”, inspirado em sua própria história.

No final dos anos 80, voltou a morar em Portugal para se dedicar ao mercado musical europeu. Nesse período, comandou um programa na TV do país.

Mais de 20 anos depois do lançamento de “Arrebita”, a popularidade do cantor ganhou vida nova quando, em 1995, os Mamonas Assassinas lançaram “Vira-vira”, que satiriza músicas dele.

Em entrevistas, Leal costumava dizer que se sentia homenageado pelo grupo.

Retornou ao Brasil em 1998 e, dois anos depois, lançou o disco “Roberto Leal canta Roberto Carlos”. Seguiu produzindo discos e coletâneas. O último, “Arrebenta a festa”, saiu em 2016.

G1

porpjbarreto

De Cajazeiras para o Canadá: estudantes do IFPB são aprovados para intercâmbio

Estudar no exterior parece um sonho distante para muitos estudantes de cidades da Paraíba, mas para a estudante Ana Karla Alves o sonho virou realidade. Natural da pequena cidade de Santa Rita, região metropolitana de João Pessoa, Ana Karla, que está no segundo ano do curso Técnico em Informática no Campus daquela cidade, foi um dos nove estudantes contemplados no edital do Programa de Imersão do IFPB “English Trough Toronto”.

De origem humilde, Ana Karla conta que seu pai é porteiro e sua mãe, dona de casa. Ela vê nos estudos oferecidos pelo IFPB a esperança de ter um futuro melhor. “Eu tenho aprendido muito aqui. É uma preparação para o futuro, para a universidade. Os projetos que participo têm sido muito válidos. No Canadá espero aproveitar o máximo possível. Aprender inglês, conviver com uma nova cultura e levar essa experiência para a minha vida”, destacou a estudante, que ficou radiante ao receber o resultado da seleção.

O Diretor Geral do Campus Santa Rita, Sabiniano Araújo, elogiou o desempenho da aluna. “Ela cursa o segundo ano e já tem o melhor Coeficiente de Rendimento Escolar do Campus. Uma menina compenetrada e muito estudiosa. Mesmo estando em situação de vulnerabilidade ela consegue se desenvolver bem em todas as matérias, sendo uma de nossas melhores alunas”, disse o diretor.

Assim como Ana Karla, mais 08 estudantes de vários campi do IFPB foram contemplados com o intercâmbio no Canadá. Para a Assessora de Relações Internacionais e Institucionais, Mônica Montenegro, o programa de imersão no Canadá oferecido pelo IFPB mostra para os estudantes que é possível realizar um sonho, ter uma vivência diferente no tocante a língua, à cultura e enriquecer seus estudos. “Os estudantes, ao retornarem, serão convidados a compartilhar sua experiência seja através de palestras, oficinas, mini-cursos e trazer um ‘case’ adaptado a sua realidade”, disse Mônica ao lembrar que este é a primeira ação internacional do IFPB que contempla estudantes do ensino técnico para estudar no exterior. A meta é que em 2020, o edital seja ampliado e ofereça oportunidade para estudantes dos 21 campi e dos três níveis de ensino: Técnico Integrado, Técnico Subsequente e Superior presencial.

Os estudantes do ensino técnico integrado contemplados em 2019 foram:

Mariana E. A. dos santos (Cabedelo Centro)

Camilly B. Leite (Guarabira)

Jorge L. M. Maciel (Cajazeiras)

Beatriz de O. Quintas (Itabaiana)

Maria Alessandra Ferreira (Monteiro)

Ana Lígia Monteiro (Patos)

Deyvisson J. de Medeiros (Princesa Isabel)

Ana Karla Alves (Santa Rita)

Leonardo M. F. Coutinho (João Pessoa)

Os nove estudantes embarcam no dia 31 de Outubro para o Canadá. Acesse aqui mais informações sobre o edital ofertado.

Assessoria de Imprensa – IFPB

porpjbarreto

Educação criativa e dinâmica é destaque na Feira Internacional de Negócios Criativos e Colaborativos, em João Pessoa

Reconhecida pela sua proposta de aprendizagem rápida e antenada as inovações do mercado, Park Idiomas conta com espaço exclusivo no evento

Crescer profissionalmente, realizar cursos que não existem no país ou apenas conhecer uma cultura diferente são os principais motivos para que cresça o número de brasileiros que buscam adquirir fluência em uma língua estrangeira. Atenta a essa tendência, a Park Idiomas, rede de franquias reconhecida pela sua proposta de aprendizagem rápida, dinâmica e horários flexíveis, facilita o processo de ensino para os estudantes e profissionais que querem explorar outros territórios para praticar e aprimorar a língua em situações reais. A abordagem criativa de ensino é o passaporte para que a escola seja um dos destaques na Feira Internacional de Negócios Criativos e Colaborativos (Fincc), que acontece de 25 a 28 de setembro, no Espaço Cultural, em João Pessoa. “Fugimos dos modelos tradicionais de escolas de idiomas e criamos um modelo único no país para incentivar a prática do inglês de forma rápida e dinâmica”, conta Camilla Arantes, franqueada da escola em João Pessoa. O evento é realizado pelo Sebrae Paraíba, em parceria com escritórios regionais do Sebrae, Governo da Paraíba, Prefeitura Municipal de João Pessoa e Nord Hotéis.

Segundo Camilla, a Park oferece um ambiente real de imersão com o objetivo de desenvolver a autoconfiança para que o aluno possa se comunicar em outro idioma, onde quer que esteja. “Não trabalhamos com livros físicos, lousas e todo o conteúdo está em plataformas digitais. O estudante tem acesso exclusivo a toda programação por meio do nosso aplicativo, que permite ao aluno estudar de qualquer lugar de maneira simples e rápida”, explica. De acordo com a empresária, na Park Idiomas, o aprendizado acontece de forma natural e intuitiva, a partir do conceito de aquisição da língua materna, onde primeiro se aprende a fala e depois a leitura, a escrita e a gramática, que vão sendo incorporadas de forma natural. “Temos horários flexíveis, turmas com até três alunos, treinamentos personalizados em inglês e espanhol e uma experiência única de aprendizado, uma vez que o lounge permite que o aluno treine o idioma num ambiente real”, detalha Camilla.

Novas economias – Para a Feira Internacional de Negócios Criativos e Colaborativos (Fincc), a Park Idiomas preparou uma programação especial, com distribuição de brindes, aulas experimentais no local, sorteios e benefícios para quem fizer matrículas no local. “Queremos impactar o maior número de pessoas possível para que elas conheçam e comprovem que a Park Idiomas tem um método exclusivo de aprendizado”, antecipa Camilla.

O evento também conta com espaços para exposição e vendas de produtos relacionados a outros segmentos da economia criativa. Além disso, os participantes poderão contar com palestras de com profissionais de outras regiões do país e do exterior. A ideia é discutir o futuro dos negócios criativos e apresentar as principais tendências do setor.  O networking será promovido durante os Coquetéis de Networking e o Pitch com Café. Serão realizadas, ainda, palestras técnicas, oficinas criativas, mentoria de negócios, caravanas empresariais e rodadas de negócios.

Serviço:

Feira Internacional de Negócios Criativos e Colaborativos

Data: 25 a 28 de setembro de 2019

Horário: 14h às 21h

Local: Espaço Cultural José Lins do Rego, em João Pessoa.

 

Assessoria de Imprensa

porpjbarreto

Efraim Filho sai em defesa do setor sucroalcooleiro que irá ser prejudicado com decisão do governo de aumentar cota de importação do etanol dos EUA

Não são apenas os industriais do setor sucroalcooleiro do país e, especialmente, do Nordeste, que serão os mais prejudicados com a elevação do volume de etanol dentro de uma cota livre da cobrança de tarifa de importação dos EUA, que estão questionando o Governo Federal sobre essa decisão de não apenas manter a cota de importação, como ampliá-la de 600 milhões de litros anuais, para 750 milhões de litros por ano sem cobrança. Alguns parlamentares também estão se contrapondo a essa decisão. É o caso do deputado federal pela Paraíba, Efraim Filho (DEM). “Com essa decisão, a indústria brasileira sofrerá um duro golpe e, principalmente, o Nordeste para onde a maior parte desse álcool será destinada”, argumenta o parlamentar.

Nesta quarta-feira (04), o parlamentar se reuniu com a ministra da Agricultura, Tereza Cristina, para solicitar dela uma intermediação junto ao governo para buscar uma alternativa que minimizasse os prejuízos que a indústria nacional terá com essa medida. Segundo Efraim Filho, a expectativa do setor era de que o governo federal acabasse em definitivo com a cota ou mantivesse o acordo nos níveis atuais, fortalecendo, assim, a indústria nacional. “Conversei com vários representantes do setor, que estão convocando suas bancadas em Brasília, e eles disseram que ficaram surpresos com a decisão do governo em ampliar a cota e como conheço a importância deste setor para o equilíbrio econômico da região Nordeste, tomei a iniciativa de me reunir com a ministra e ser um dos interlocutores do setor para buscar uma saída que amenize os impactos negativos desta decisão”, justifica o parlamentar.

Para o presidente da Associação de Plantadores de Cana da Paraíba (Asplan), o aumento da cota para importação de etanol sem tarifa é uma forma do governo brasileiro fortalecer a parceria Brasil-Estados Unidos aos olhos do presidente Donald Trump, mas, foi uma medida desastrosa para a indústria nacional e que afetará muito o setor no Nordeste. “Ao ampliar essa cota, o presidente, automaticamente, fragilizou a indústria nacional, geradora de emprego e renda no país, especialmente, no Nordeste, onde o setor sucroenergético ocupa destacado papel econômico. É preciso que o governo pense em alguma alternativa que minimize os estragos causados não apena com a manutenção, mas, com a ampliação da cota”, afirma José Inácio.

O dirigente da Asplan lembra que a cota para importação de etanol livre de tarifa foi criada pelo governo brasileiro, em 2017, como uma forma de atender a um pleito das usinas da região Norte-Nordeste. “Nosso biocombustível perdia espaço de mercado frente ao grande volume importado dos Estados Unidos. O que vai voltar a ocorrer com esse aumento do volume de importação com subsidio”, reitera José Inácio. Para ele, o livre mercado proposto pelos americanos tem que ser uma via de mão dupla. “Eles pedem para zerar as cotas da alíquota de importação de etanol e que tal se eles fizessem o mesmo com o açúcar brasileiro?”, sugere José Inácio.

Segundo divulgou a Imprensa, a ministra da Agricultura, Tereza Cristina, tinha se manifestado favorável a renovação da cota, por até um ano, mas queria discutir contrapartidas com os americanos. Em conversa com o secretário do Departamento de Agricultura dos EUA, Sonny Perdue, a ministra pediu que Washington aceite comprar mais açúcar do Brasil, dobrando a atual cota de 150 mil toneladas anuais de açúcar destinada ao Brasil. Até agora, somente os americanos lucraram com essa decisão.

 

Assessoria de Imprensa – Deputado Federal Efraim Filho (DEM)

porpjbarreto

IFPB: Sai o resultado final da seleção para intercâmbio no Canadá

Resultado refere-se à seleção dos estudantes dos Cursos de Graduação do IFPB, modalidade EaD

O IFPB divulgou o resultado final dos estudantes de graduação EAD selecionados para o intercâmbio do projeto de imersão “English Through Toronto”.

Confira aqui o resultado final. 

O objetivo do programa de intercâmbio é oferecer aos estudantes a oportunidade de estudar uma língua estrangeira no exterior com fins de complementar a formação para o mundo globalizado, tanto no âmbito profissional quanto pessoal, trazendo essas experiências para que toda a comunidade acadêmica seja beneficiada.

Os candidatos selecionados devem observar as orientações do EDITAL PRE Nº 56/2019.

Assessoria de Imprensa 

porpjbarreto

Sessão de teatro exclusiva para pais e filhos estimula reflexão sobre a importância do amor, respeito e afeto nas relações humanas

Como as pessoas deixam de dar valor as pequenas coisas da vida conforme vão crescendo e abandonando a infância e perdendo a inocência. Essa é a maior reflexão que fica ao se ler o livro “O pequeno príncipe”, do escritor francês Antoine de Saint-Exupéry ou se ver uma peça teatral que retrate essa parábola que nos leva a refletir, entre outras questões filosóficas, sobre a perda da inocência e fantasia ao longo dos anos e sobre a importância do respeito, afeto e do amor fraterno entre os seres humanos. E foi justamente isso que os pais de alunos do colégio GEO Sul foram levados a fazer na noite desta quinta-feira (29), durante uma apresentação artística exclusiva, realizada no teatro Paulo Pontes em comemoração ao Dia dos Pais. Na noite desta sexta-feira (30), será a vez dos pais dos alunos do GEO Tambaú vivenciarem essa experiência.

O policial militar, Elson Janes, pai da aluna Maria Helena de seis anos, do 1º ano, tinha uma expectativa especial com a apresentação, pois era a primeira peça que ele assistia em sua vida. “Nunca assisti uma peça em um teatro. É a primeira vez e estou na expectativa de junto com minha filha vivenciarmos esse momento que acho que foi uma boa iniciativa do colégio, afinal, qualquer manifestação cultural é sempre um grande aprendizado”, disse ele que também é pai de outros dois alunos da escola, a Maria Alice, do 1º ano do Ensino Médio e o João Pedro, da 8ª Série. Depois da peça, ele disse que gostou muito do espetáculo.

O pai das gêmeas, Luiza e Luana, alunas do 1º ano do Fundamental I, Danilo Costa, e também pai do Cássio, do 7º ano, elogiou a iniciativa da escola em promover uma comemoração diferenciada para o Dia dos Pais. “O estímulo à cultura, como essa ação de realizar uma apresentação teatral, será sempre bem-vinda e o colégio está de parabéns por ter essa iniciativa”, disse ele. O engenheiro civil, Artur Torres, pai da aluna Brenda Pires, do 3º ano do Fundamental I, foi ao teatro com a filha, a esposa, Janaina e o filho menor e também elogiou a iniciativa do Geo. “Esse é o tipo de atividade que precisa ser estimulada, pois, nos passa grandes lições de uma forma divertida e lúdica”, afirmou ele.

A peça, apresentada pelo grupo Vem Art, de Fortaleza (CE), também encantou o pai do Artur, de oito anos, aluno do 3º ano D. O Sr. Alberto Gomes disse não ter hesitado em participar desse momento. “Foi muito legal essa ação, porque ao mesmo tempo em que estamos aqui, com nossos filhos, comemorando o Dia dos Pais, de uma maneira diferente, também estamos nos divertindo e aprendendo”, disse ele.

Antes da peça ser iniciada, o professor Roberto Oliveira, diretor do GEO Sul, falou sobre a importância de pais e filhos partilharem momentos de amor no dia a dia e lembrou que o Dia dos Pais é todo dia. “Vale muito a pena cada um de nós acreditar que o Dia dos Papais e o dia da Mamãe não é um dia em agosto ou maio, são todos os dias e que apesar da correria do dia a dia, não devemos abrir mão de qualidade de tempo com os nossos filhos e também os filhos devem aproveitar esses momentos juntos, como esse aqui”, disse Roberto. Em seguida, os colaboradores do Geo Sul, postados no palco, junto com os alunos, na plateia ao lado dos pais, cantaram a música ‘Dois Corações’, do Grupo Melin. A sessão exclusiva de teatro faz parte do projeto “Dia da Família II” do colégio que seguiu o mesmo formato da comemoração do Dia das Mães deste ano, só que para elas, ao invés do teatro, a programação foi uma sessão exclusiva de cinema. A atividade do Dia dos Pais foi direcionada aos alunos do Geozinho (Ensino Infantil e Fundamental I). “A proposta foi trabalhar lições relativas aos valores humanos”, disse o professor Roberto, destacando duas frases celebres do autor do ‘Pequeno Príncipe’: “O essencial é invisível aos olhos e só se pode ver com o coração.” e “Tu te tornas eternamente responsável pelo que cativas”.

O enredo

O autor do livro é o personagem principal da história, que assume também o papel de narrador, contando sobre o fatídico dia em que o seu avião teria caído no meio do deserto do Saara. Lá, o personagem principal adormece e, ao acordar, se depara com o Pequeno Príncipe, que pede para que ele desenhe um cordeiro numa folha de papel.O protagonista é frustrado em relação aos seus desenhos, pois nunca ninguém conseguia interpretar as suas artes da forma correta. Ao longo da história, o Pequeno Príncipe vai narrando as suas aventuras para o protagonista. O jovem estaria a procura de um carneiro para comer as árvores que estariam crescendo em excesso em sua terra, um asteroide conhecido por B 612, que teria apenas uma rosa vermelha e três vulcões, sendo um deles inativo. Ao ouvir as aventuras do Pequeno Príncipe, o protagonista vai percebendo como as pessoas deixam de dar valor as pequenas coisas da vida conforme vão crescendo e no final fica a lição de que as pessoas precisam amar umas às outras, respeitando-as em suas limitações, exigindo de cada uma apenas o que cada um pode dar e encontrando assim o verdadeiro sentido da vida.

Assessoria de Imprensa

porpjbarreto

29 de agosto é aniversário de nascimento de Michael Jackson

Música do dia: “Billie Jean

Produção e apresentação – Luiz Cláudio Canuto

Agência Rádio Câmara