Categoria Cajazeiras

porpjbarreto

Ao lado de Carlos Filho, Jeová revive tempo que estudou no Colégio Crispim Coelho e reitera importância da educação na transformação da vida das pessoas

Sorridente, fotografando com amigos, e pessoas que acompanharam o governador João Azevêdo, na manhã desta sexta-feira (20), na solenidade de entrega das obras de reforma e construção do ginásio da Escola Cidadã Integral Professor Crispim Coelho, na cidade de Cajazeiras, Jeová Campos chamou o jovem médico e pré-candidato a prefeito pelas oposições – Dr. Calos Filho para uma foto.

Aquele momento era apenas mais uma ação de destaque do governo paraibano. Mas, para o deputado estadual Jeová Campos (PSB) a ação teve também um outro significado já que a escola em questão foi um divisor de águas em sua vida. “Essa escola foi fundamental para a construção da minha identidade como advogado e professor e também para eu ter conquistado esse espaço de hoje como deputado estadual. Ela faz parte de minhas melhores lembranças”, disse o parlamentar, lembrando a importância da Educação como elemento fundamental na transformação da vida das pessoas.

Na época em que cursou o Ensino Médio na Crispim Coelho, Jeová conciliava sua vida de estudante, à noite, com a de vendedor de alho na feira, durante o dia, daí a origem de seu apelido ‘Rei do Alho’. “Eram tempos difíceis, de muita dificuldade, mas também de muita confiança de que dias melhores viriam. Sempre acreditei que a Educação mudaria minha história e abriria portas para que eu ampliasse meus horizontes e sou a prova viva de que isso é possível”, disse o deputado, que é filho de agricultores, mas que conseguiu expandir seu universo e mudar sua realidade, formar-se em Direito e passar num concurso para professor da UFCG e já está em seu terceiro mandado de deputado estadual.

“Fico muito feliz quando participo da inauguração de uma escola porque vislumbro que da mesma forma que eu fui capaz de mudar meu futuro, graças a Educação, qualquer um pode, basta ter oportunidade de estudar”, afirmou Jeová, que se encantou com as novas instalações da sua antiga escola que agora tem 12 salas de aula, Sala de Educação Física, Sala de Vídeo, Grêmio Estudantil, Diretoria, Secretaria, Arquivo, Biblioteca, Sala de Professores, Palco, Camarins Feminino /Masculino, Laboratórios de Informática e Ciências, Despensa, Cozinha, Bateria de Banheiros Masculino/Feminino/Professores e para PNE  e ainda ganhou um ginásio poliesportivo, com vestiários e quadra de areia.

Desde o dia 25 de janeiro deste ano, o colégio estadual passou a ser denominado Escola Cidadã Integral Estadual de Ensino Fundamental e Médio. A nova denominação foi publicada no Diário Oficial do Estado nesta data. A obra de reforma e construção do ginásio poliesportivo é uma antiga reivindicação da comunidade estudantil de Cajazeiras. “Essa obra era um sonho acalentado por muitos anos que agora virou realidade”, disse Jeová. Na escola, que tem capacidade para 960 alunos, o Governo do Estado investiu, aproximadamente, R$ 3 milhões.

Com Assessoria

porpjbarreto

Prefeito de Cajazeiras entrega duas novas ambulâncias ao SAMU e Secretaria Municipal de Saúde

O prefeito de Cajazeiras, José Aldemir Meireles de Almeida, realizou a manhã desta sexta-feira (20) a entrega de mais duas novas ambulâncias para atender à população, sendo uma Unidade de Suporte Avançado (USA) para o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e outra para uso da Secretaria Municipal de Saúde.

Com a presença da deputada estadual Dra. Paula Franssinete, uma das responsáveis pela aquisição dos veículos junto ao Ministério da Saúde, quando da sua passagem pela Secretaria Municipal de Saúde, ao lado do deputado federal Aguinaldo Ribeiro, Zé Aldemir destacou o empenho dos dois para conquistas tão importantes para a saúde de Cajazeiras e da região polarizada por ela, como são as duas novas ambulâncias.

Estiveram também presentes à solenidade em frente à Prefeitura Municipal, além de pessoas da comunidade, várias autoridades, como o vice-prefeito Marcos Antônio Gomes (Marcos do Riacho do Meio), o secretário municipal de saúde Helano Segundo, demais secretários e auxiliares da administração, vereadores, imprensa, lideranças comunitárias e equipes da Secretaria Municipal de Saúde e do Samu.

Secom-Cz

porpjbarreto

Projeto de Lei de Jeová estadualiza estrada vicinal do Sítio Varzinha ao Distrito Bandarra em São João do Rio do Peixe

O Projeto de Lei 1.747/2018, de autoria do deputado estadual Jeová Campos (PSB), aprovado na sessão da última quarta-feira (18), por unanimidade, é um passo importante rumo a concretização de um antigo sonho das pessoas que moram no município de São João do Rio do Peixe ou nos sítios e distritos daquela região e utilizam a estrada vicinal, que inicia no entroncamento da BR-405, no Sitio Varzinha, e termina no Distrito de Bandarra. Isto porque, com a estadualização da estrada, a probabilidade que ela, em breve, seja pavimentada é muito grande.

“Essa estrada é uma via muito importante e quando for pavimentada vai beneficiar a população de muitas comunidades, haja vista que ela passa desde o entroncamento da BR-405, no Sitio Varzinha, em São João do Rio do Peixe, passando pelos Sítios Varzinha, Mundo Novo, Cachoeira da Moça, cruzando a Rodovia Estadual PB-391, em seguida passando pelos Sítios Água Branca, Engenho Velho, Açudinho e terminando no Distrito de Bandarra, ainda em São João do Rio do Peixe”, destaca o parlamentar.

O deputado autor do PL, que estadualiza a estrada em toda a sua extensão, lembra que com essa mudança, o governo estadual pode intervir nesta rodovia que cruza um conjunto significativo de sítios, que liga Cajazeiras a Uiraúna até o distrito de Bandarra, que é o maior de São João do Rio do Peixe que é, por sua vez, um dos maiores municípios em área territorial do estado da Paraíba. O PL segue agora para sanção do governador João Azevêdo.

Créditos (imagem/Google)

Assessoria de Imprensa

porpjbarreto

SCTRans dá continuidade à Semana Nacional de Trânsito com palestras nas escolas da rede municipal

A SCTrans deu continuidade na manhã da última quinta-feira (19) à programação da Semana Nacional do Trânsito, com mais uma palestra educativa na Escola Municipal Crispim Coelho, no setor sul da cidade.

logo após, foi realizada mais uma blitz educativa pelos agentes de trânsito do órgão.

Na sexta-feira (20), a programação continua com palestra na Escola Municipal Costa e Silva, em dois horários, às 09h00 e às 15h00, com a agente Rosiana.

No dia 24, a palestra será no Caic, às 09h30.

Encerrando o ciclo de palestras, no dia 27, a agente Rosiana recebe os alunos da Escola Tiburtino Veríssimo Dantas, do Distrito de Várzea da Ema, município de Santa Helena, na Sala de Educação para o Trânsito, na sede da SCTrans, no centro de Cajazeiras.

Secom-Cz

porpjbarreto

Nesta sexta-feira: João Azevêdo inaugura nova sede da Ciretran de Cajazeiras

O governador João Azevêdo, acompanhado do superintendente do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-PB), Agamenon Vieira, inaugura, nesta sexta-feira (20), a nova sede da 6ª Ciretran, em Cajazeiras, um investimento de R$ 3,7 milhões. A solenidade está programada para as 15h, no novo prédio localizado na rua Antônio de Souza Mangueira, 793, Cidade Universitária.

Com uma frota de mais de 52 mil veículos, Cajazeiras recebe o novo equipamento que vai atender a 140 mil habitantes, incluindo, além do município, a população das cidades de São João do Rio do Peixe, Santa Helena, São José de Piranhas, Triunfo, Bernardino Batista, Bom Jesus, Cachoeira dos Índios, Carrapateira, Monte Horebe e Poço de José de Moura.

Segundo o superintendente Agamenon Vieira, a nova sede vai oferecer todos os serviços aos usuários, a exemplo de legalização de veículos, emissão de carteiras de habilitação, vistorias, exames médicos e psicológicos, exames práticos, além das mais diversas consultas relativas à legalidade e validade de documentos, beneficiando toda a população da região. “Tudo isso em modernas instalações, em um ambiente climatizado e com excelente estrutura física”, afirmou.

Construída pela Superintendência de Obras do Plano de Desenvolvimento do Estado da Paraíba (Suplan), com acompanhamento do quadro de engenheiros e arquitetos do Detran-PB, a nova sede é composta de guarita, sala de espera, sala de pré-atendimento, ambiente para atendimento bancário, salas de exames, salas de registro de veículos e habilitação, duas pistas de provas (automóveis e motos), ampla área de estacionamento e pátio para guarda de veículos apreendidos.

A obra está erguida em um terreno de 15 mil metros quadrados, sendo mais de mil metros quadrados de área construída, mais de 2 mil metros quadrados de estacionamento e quase 4 mil metros quadrados de área para guarda de veículos.

Secom-PB

 

porpjbarreto

Depois de presidir audiência sobre a adoção da arbitragem na administração pública, Jeová vai enviar indicação de lei ao Governo

Já imaginou ter a solução para um problema de forma mais rápida, com menos formalismos, mais segurança e especialidade, sigilo, além de mais economia de custos processuais? Pois isso é possível com o método da chamada “arbitragem” no Direito. O conceito não é novo, mas muita gente ainda desconhece, e, agora, ele está sendo bastante comentado em função de sua prática nos conflitos da Administração Pública. Para entender mais sobre o assunto e encaminhar uma minuta de lei indicando a adoção da arbitragem na administração estadual, o deputado Jeová Campos (PSB) recebeu, na tarde da última quarta-feira (18), diversos experts no assunto durante Audiência Pública na Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB).

Cinco estados brasileiros já utilizam a arbitragem na administração pública: São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Espirito Santo e o vizinho aqui, Pernambuco. Durante a audiência realizada no plenário José Mariz, professores de Direito especializados no assunto, advogados com prática em Câmaras de Arbitragem e estudantes participaram e enriqueceram o debate. O deputado Jeová Campos ouviu a todos com bastante acuidade e depois tirou suas dúvidas sobre o funcionamento e instalação de Câmaras na Paraíba, a exemplo dos demais estados que já estão conseguindo “desafogar” o Judiciário levando alguns conflitos para a arbitragem.

Vale explicar que a arbitragem é um método de resolução de controvérsias por meio do qual as partes submetem um litígio envolvendo direitos patrimoniais disponíveis à apreciação não de um juiz de direito, mas de um ou mais “árbitros”, atribuindo-lhes a competência exclusiva para dirimir a controvérsia. É diferente de uma perícia. Numa arbitragem, as partes concordam com o método e uma câmara de árbitros – estes especialistas no tema em questão – avalia a situação e decidem a questão através de sentença arbitral. Não há recursos e a resolução sai em muito menos tempo que as decisões formalizadas por juízes. Em resumo: afasta-se a competência do Poder Judiciário para a resolução meritória do litígio que, alternativamente, pertencerá justamente aos árbitros eleitos pelas partes. No Brasil, o instituto é regulamentado pela Lei Federal 9.307/1996.

Segundo o advogado, professor, árbitro e representante do Comitê Brasileiro de Arbitragem, Napoleão Casado Filho, arbitragem é um método extremamente eficiente e já tem exemplos disso também na administração pública. “De uns tempos para cá ficou claro isso É eficiente em contraponto à morosidade e às custas jurídicas. Em 15 anos de direito na administração pública, numa vi uma ação ser resolvida em um ano. Com a arbitragem sim. Essa é a média de tempo. Um a um ano e meio”, comentou Napoleão.

A representante da Câmara de Mediação e Arbitragem Empresarial – Camarb, Soraya Nunes, destacou sua experiência à frente de algumas ações de arbitragem na administração pública e ressaltou que isso já é uma realidade. “Há uma preocupação sempre com a validação da decisão para que ela gere seus efeitos. Mas não há diferença alguma. Os estados, suas administrações, têm aceitado as decisões das Câmaras de Arbitragem. Na Camarb, tivemos até agora 17 ações de arbitragem na administração pública, um deles foi a respeito da construção do presídio em Itaquitinga, em Pernambuco”, comentou ela, frisando que, no geral, 38% das ações de arbitragem envolvem infraestrutura e construção civil. “Na Camarb temos mais de 200 profissionais cadastrados como árbitros”, disse.

Na oportunidade, também contribuíram para o debate os Deputados Walber Virgolino e Júnior Araújo, que parabenizaram Jeová pela iniciativa do debate e também para levar a prática até o governo do estado. “A Assembleia não se acovarda de trazer para o debate temas dos quais desconhece. Aqui é feito o debate justamente para compreender. A arbitragem é algo que desafoga o judiciário. Jeová está de parabéns pelo projeto de indicação de lei”, comentou Virgolino.

Outra pessoa a falar da tribuna foi o advogado Henrique Leon. De lá, ele disse que a palavra-chave que define a arbitragem é a “confiança” e que a prática é um “amadurecimento do direito”. Além dele, falou a representante do Instituto de Pesquisa e Extensão de Perspectivas e Desafios de Humanização do Direito Civil e Constitucional – IOCC, Roseli Costa; a Dra. Evelyne Ramnalho, presidente da Comissão de Mediação e Arbitragem da OAB-PB; Dra. Janaína Loureiro, advogada; e o representante da OAB de Cajazeiras, Hugo Moreira, dentre outros que se fizeram presentes no plenário, como a advogada Andrea Rabelo, presidente da Conciliare, e o advogado, especialista em mediação e arbitragem, Arthur Gadelha.

“Na administração pública nos deparamos sempre com o travamento dos processos. A arbitragem é um caminho sem volta. Um caminho do bem. Assim como tudo na vida, o direito também avança e a administração pública deve acompanhar essas inovações. Não que seja um tema novo, mas é nova a sua aplicação”, salientou Arthur Gadelha.

Ao final da sessão, Jeová agradeceu as explicações dos especialistas, a presença de todos, inclusive dos estudantes que deram valorosa contribuição, principalmente, de acordo com Jeová, por mostrar interesse pelo tema, e afirmou que vai encaminhar uma indicação de lei para aplicação da arbitragem na administração pública da Paraíba. “É como dizia meu pai: é preciso amarrar o burro no lugar certo. Então, quando a advogada Janaína Loureiro chegou a meu gabinete com esse tema, pensei logo nisso. Confesso a vocês que ganhei a tarde. Discutimos aqui coisas que acontecem alhures, mas poderia ser aqui”, disse Jeová, frisando, portanto, que essa é uma questão que não pode ficar “circunscrita a Pernambuco”.

Assessoria de Imprensa 

porpjbarreto

João Azevedo dá ‘guinada’ à direita e (PP) de Aguinaldo vai ‘atracar’ no governo da PB, diz prefeito de Cajazeiras em entrevista

O Prefeito de Cajazeiras, José Aldemir (PP), revelou na última quarta-feira (18) durante entrevista a Rádio Difusora, que recebeu o deputado estadual Jeová Campos (PSB) em sua residência como emissário do governador para fazer um convite para a sua esposa a deputada Dra. Paula passe a integrar a base do governo.

Recebemos o deputado Jeová Vieira Campos e o deputado Branco Mendes na nossa casa, com… fazendo cumprir [os dois] uma missão delegada pelo governador para que pudéssemos conversar para fazermos parte da base do governo, nós naturalmente temos um caráter partidário.”, disse o edil cajazeirense.

Aldemir também disse que o deputado de São Bento, que é do PP foi abordado por Adriano Galdino para aderir o governo: “Galego de Sousa [também do PP] foi abordado pelo presidente da Assembleia Legislativa, Adriano Galdino para que fosse para a base do governo, são os dois deputados da base do PP na Assembléia Legislativa…”.

A se confirmar a conjuntura desenhada pelo prefeito de Cajazeiras, definitivamente o Governador João Azevedo deve refazer a rota política do governo e caminhar para uma quinada a direita.

Com informações de Expresso PB

porpjbarreto

Comunicado: Presidente da Câmara Municipal de Cajazeiras informa que Sessão Especial será realizada na Escola Técnica ás margens da BR-230

Comunicado

O presidente da Câmara Municipal de Cajazeiras, o Vereador José Gonçalves de Albuquerque “Deozinho da Arara”, comunica a todos que a Sessão Especial em homenagem aos estudantes da ECIT – Cajazeiras, classificados no Programa de Intercâmbio “Gira-Mundo”, que seria realizada na referida Casa Legislativa, foi transferida para a Escola Técnica Estadual – Professora Nicéia Claudino Pinheiro, localizada às margens da BR-230, Capoeira Sul, Cajazeiras.

Data: (terça-feira 24 de setembro)

Horário: 18 horas.

Assessoria de Imprensa – Câmara Municipal de Cajazeiras

porpjbarreto

Ministério Público investiga suposta fraude em licitação do lixo da Prefeitura de Cajazeiras

De acordo com denúncia anônima, acolhida pelo MPPB, proposta vencedora pode não ter sido a mais vantajosa para o município

O processo licitatório do lixo do município de Cajazeiras, no Sertão paraibano, será alvo de inquérito civil público instaurado pelo Ministério Público da Paraíba (MPPB). Com o valor de R$ 295,1 mil, a proposta da empresa vencedora está sob suspeita de não ser a mais vantajosa para o erário. O extrato de promotoria que autoriza a investigação foi publicado na edição da última quarta-feira (18) do Diário Oficial do órgão.

A notícia de fato, que deu origem ao inquérito, surgiu a partir de uma denúncia anônima junto ao Portal Ouvidoria do MPPB. No texto, havia o relato de supostas irregularidades no procedimento licitatório de número 36/2018.

A licitação teve como objeto a contratação de empresa para prestação de serviços de limpeza urbana, varrição e capinação de ruas e avenidas, coleta e transporte de resíduos sólidos, lavagem de feira livre do município em 2018.

A proposta vencedora foi a da empresa Nogueira Construções e Serviços Ltda, no valor de R$ 295.155.

“A denúncia anônima consiste em apontar que no Pregão Presencial nº. 36/2018, foi declarada vencedora empresa com proposta que, supostamente, não seria a mais vantajosa para a Administração Pública de Cajazeiras, além da Comissão de licitação do Município de Cajazeiras ter negado o fornecimento de cópias do respectivo processo licitatório”, diz trecho da portaria.

A promotora Sarah Araújo Viana de Lucena, responsável pelo inquérito, autorizou notificações, tomada de depoimentos e declarações, requisição de documentos outros, de perícias e informações.

Além disso, a promotora determinou que a Secretaria de Finanças de Cajazeiras encaminhe, no prazo de 15 dias, os documentos referentes ao procedimento licitatório sob suspeita. Por fim, ela indicou ainda que o presidente da Comissão de Licitação do Município compareça em audiência.

Confira documento

Com ParaíbaJá e Assessoria de Imprensa – MPPB

porpjbarreto

Segunda etapa do Paraíba Encena realizado na cidade de Cajazeiras bate recorde de publico e supera primeira etapa em 12%

A segunda etapa do projeto Paraíba Encena, que tem por objetivo fazer circular produções das artes cênicas pelo estado e promovido pelo SESC, realizado na cidade de Cajazeiras terminou nesta quarta-feira (18) com recorde de público superando em 12% a primeira etapa que aconteceu em maio desse ano. Na realização do evento cinco espetáculos de teatro foram apresentados, um espetáculo circense, seis oficinas e seis conversações com o público que prestigiaram a Mostra.

O evento teve inicio na ultima quinta feira (12) no SESC Ler no Bairro São Francisco (Asa Sul) com o espetáculo circense ‘De volta ao picadeiro’ do Grupo Loz Iranzi de João Pessoa. Os espetáculos ‘Terreiro Envergado’ do Grupo Coletivo Tanz de João Pessoa e ‘Torturas de um coração’ do Grupo de Teatro Oficina da cidade de Sousa se apresentaram na Praça do Leblon no centro da cidade. No palco do Teatro Íracles Pires – ICA foram apresentados os espetáculos ‘Razão para ficar’ do Grupo de Teatro Osfodidário, ‘Helenas’ do Coletivo de Teatro Alfenin e ‘Violetas’ da Companhia Violetas de Teatro, todos de João Pessoa.

Veja os números abaixo:

DIA HORARIO                            ESPETÁCULO PÚBLICO
12/09/2019 08 as 12

18 as 20

Oficina: Brincando de ser brincante – Teatro ICA.

Espetáculo: De volta ao picadeiro – SESC  LER.

84

349

13/09/2019 18 as 20 Espetáculo: Terreiro Invergado – Praça Leblon. 186
14/09/2019 08 as 12 Oficina: Santuário: O brinquedo pessoal – Teatro ICA. 14
14/09/2019 20 as 21 Espetáculo: Razão para ficar – Teatro ICA. 120
15/09/2019 08 as 12 Oficina: Santuário: Do texto à cena  – Teatro ICA. 06
15/09/2019 20 as 21 Espetáculo: Helenas – Teatro ICA. 205
16/09/2019 13 as 17 Oficina: Jogos de cena – Teatro ICA. 27
16/09/2019 18 as 20 Espetáculo: Torturas de um coração – Praça  Leblon. 300
17/09/2019 08 as 12 Oficina: Descobrindo o teatro – Teatro ICA. 09
17/09/2019 20 as 21 Espetáculo: Violetas – Teatro ICA. 278
18/09/2019 08 as 12 Oficina: A voz, o feminino e a cena – Teatro ICA. 09
TOTAL PÚBLICO ESPETÁCULOS 1.438
TOTAL PÚBLICO OFICINAS 149
TOTAL GERAL 1.587

De acordo com o Coordenador de Cultura do SESC, Alvaro Fernandes, o sentimento é de GRATIDÃO a toda equipe que estavam por trás da produção do evento na cidade de Cajazeiras, sendo eles: Francisco Hernandes, presidente da ACATE, ao produtor cultural Wanderley Figueiredo, Helena Costa Gerente local do SESC Ler e ao Diretor do Teatro Ica, Osvaldo Moesia e toda equipe daquela casa de espetáculo. Alvaro também agradeceu aos grupos, artistas e ao público que se fez presidentes.

Assessoria de Imprensa – ACATE (Associação Cajazeirense de Teatro)