Visivelmente insatisfeita por não ter nomes do PP na equipe de transição Romero-Bruno, Daniella manda recado: “Ninguém ganha sozinho”

porpjbarreto

Visivelmente insatisfeita por não ter nomes do PP na equipe de transição Romero-Bruno, Daniella manda recado: “Ninguém ganha sozinho”

Em entrevista a uma emissora de rádio de Campina Grande nesta quarta-feira, 02, a senadora Daniella Ribeiro (PP) falou sobre o resultado das eleições 2020 para sua sigla na Paraíba. Ela destacou que o PP saiu fortalecido, com a eleição 22 prefeitos. “Essa vitória teve uma definição muito grande”. A senadora também foi questionada como avaliou a não indicação de nenhum nome do PP para compor a equipe de transição do governo Romero Rodrigues (PSD) para a gestão de Bruno Cunha Lima (PSD), em Campina Grande.

Sobre o resultado das eleições 2020, ela destacou que a sigla fez 22 gestores municipais, 242 vereadores, além de 17 vice-prefeitos. “É um significado forte para o partido”, disse, destacando a grande articulação que seu irmão, o deputado federal Aguinaldo Ribeiro, teve neste processo.

Ainda sobre o irmão, ela destacou que grande parte das obras que Romero Rodrigues inaugurou em Campina Grande, como o complexo Aluízio Campos, se deve a verbas federais conquistadas pelo irmão, em Brasília. “A parceria com Aguinaldo deu frutos. O prefeito leva o projeto e depende de quem está lá”, comentou.

Sobre a força do PP em Campina e como avalia a não indicação de nomes do PP para compor a equipe de transição do governo Romero Rodrigues (PSD) para a gestão de Bruno Cunha Lima (PSD) na cidade, ela afirmou que o PP teve um papel importante na eleição de Bruno Cunha Lima. “Nossa participação foi importante, pois tínhamos mais tempo de guia que o próprio PSD de Romero. Ninguém ganha sozinho. Eu vou responder sobre mim.”

Daniella lembrou, como exemplo, da época em que sua família apoiou, em 2014, o então candidato a governador Cássio Cunha Lima (PSDB), mas que em Campina ainda fazia oposição ao governo do então prefeito Romero Rodrigues. “Toda cidade tem sua realidade”, afirmou, destacando que sua sigla em Campina Grande, além do vice-prefeito, fez dois vereadores.

Veja os nomes da equipe de transição em Campina de Romero e Bruno:

Da atual equipe de auxiliares diretos de Romero:

– Diogo Flávio Lyra Batista (Secretário de Administração)

– Raimundo Asfora Neto (Secretário de Esporte, Juventude e Lazer)

– Antônio Hermano (Presidente do Ipsem)

– Ricardo Wagner (Controlador Geral do Município)

Indicados por Bruno:

Ex-secretários municipais de Campina Grande e do Governo do Estado:

– Gustavo Nogueira (Advogado)

– Harrison Targino (Administrador)

Advogadas:

– Mariana Teles

– Larissa Almeida

Empresário:

– Gustavo Braga

 

Redação

Sobre o Autor

pjbarreto editor

Deixe uma resposta