Arquivo mensal julho 2020

porpjbarreto

Romero anuncia cancelamento do Maior São João do Mundo e a antecipação do início do Natal Iluminado 2020

Segundo o prefeito, a conjuntura ainda não permite a realização do evento nacional com segurança sanitária

O prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues, anunciou, através de transmissão nas redes sociais, na manhã desta sexta-feira, 31, que não mais será realizado o Maior São João do Mundo 2020. Em maio passado, Romero adiou o evento, por conta da pandemia do novo coronavírus e definiu o período de 9 de outubro a 10 de novembro como período excepcional para o evento.
Em sua exposição na live, realizada na empresa Medow, no bairro Itataré, Romero observou que, embora venha se registrando a queda da curva de incidência de casos de Covid-19 na cidade, o evento não poderá ser realizado, pois congrega não apenas pessoas de Campina Grande, mas visitantes oriundos de todas as regiões do Brasil.
Romero disse, ainda, que segue o exemplo de outros centros do país, que têm cancelado grandes eventos este ano e até mesmo os já previstos para o 2021. A meta, então continua sendo em Campina Grande evitar a propagação da doença.
Devolução de taxas – O prefeito ainda destacou que, a partir de 6 de agosto, a empresa parceira Medow Entretenimento estará convocando os comerciantes que atuam no São João e que já haviam efetuado o pagamento, total ou parcial, da taxa de ocupação de espaços no Parque do Povo para que recebam o ressarcimento do valor pago. O atendimento será realizado no escritório da Medow, na rua Sebastão Donato, 133, centro.
Antecipação do Natal Iluminado – Mas se Campina Grande não contará com os festejos juninos este ano, o prefeito Romero Rodrigues informou que será antecipada a realização do Natal Iluminado na cidade este ano.
Conforme garantiu, a iluminação de 2020 será mais arrojada e vai ser antecipada como forma de fortalecer o comércio e o trade turístico da cidade. Espera inaugurar a iluminação já no dia 11 de outubro, data de aniversário da cidade.
Companhias na live – Na companhia do prefeito, estiveram o empresário Jomário Souto (Medow Entretenimento); os secretários Rosália Lucas (Desenvolvimento Econômico) e Asfora Neto (Juventude, Esporte e Lazer); o presidente do SindCampina, Divaildo Júnior; Tupac Dantas (Vila Sitio São João), Márcio Holanda (Spazzio e Vila Forró), o vereador Teles Albuquerque e outras autoridades.
Assessoria de Comunicação – PMCG
porpjbarreto

Juiz de Itaporanga reúne instituições e monta força-tarefa para realizar limpeza de rodovia

O trecho da Rodovia Federal BR-361 que liga a cidade de Itaporanga a Piancó estava, até essa quarta-feira (29), com as mais de 40 placas que sinalizam o percurso completamente cobertas pela vegetação do acostamento. A dificuldade de visibilidade da sinalização e a possibilidade de acidentes preocuparam o titular da 2ª Vara da Comarca de Itaporanga, juiz Antônio Eugênio Leite Ferreira Neto, que reuniu os representantes da Polícia Militar, do Corpo de Bombeiros e da Secretaria de Infraestrutura do Município e organizou uma força-tarefa para efetuar a limpeza das placas da via.

Inicialmente, conforme contou o magistrado, ele tentou contatar o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) para solucionar o problema, mas não obteve êxito. Dessa forma, acionou o Ministério Público local. “O MP, por meio do promotor Leonardo Clementino, prontamente oficiou ao DNIT e ao Ministério Público Federal em Sousa, para que fossem tomadas as providências para a manutenção e desobstrução da vegetação nas placas de sinalização e, dessa forma, evitar que condutores se envolvessem em acidentes”, relatou.

No entanto, embora o pedido de limpeza do acostamento tenha sido atendido, as placas de sinalização continuaram cobertas de vegetação, e o risco de acidentes persistia. Dessa forma, o juiz Antônio Eugênio se reuniu com o major Jocélio, do 13º Batalhão da Polícia Militar da região de Itaporanga, o capitão Gleidson, do Corpo de Bombeiros, e o secretário de Infraestrutura de Itaporanga, Hermes Rodrigues, para, juntos, chegarem a uma solução para o problema. A ação voluntária de limpeza das placas foi realizada nessa quarta-feira (29) em um trecho de 30,6 quilômetros de extensão.

“Todos foram bastante solícitos e se dispuseram a ajudar a resolver a situação. Cada instituição disponibilizou pessoal para auxiliar na retirada da vegetação das placas e o trabalho foi feito de Itaporanga a Piancó em todas as placas que estavam com visibilidade comprometida”, afirmou o magistrado, acrescentando que placas importantes estavam na mesma situação. “Não foram apenas as distantes que estavam sem visibilidade alguma, mas as que indicam caminhos conhecidos da região, como a Agrovila e o Cristo Redentor também estavam em situação crítica. Era muito preocupante por causa da quantidade de acidentes que poderia acontecer”, frisou o juiz Antônio Eugênio.

 

Assessoria de Imprensa – TJPB

porpjbarreto

Bolsonaro visita Serra da Capivara e anuncia recursos para o turismo

Serão investidos R$ 6,5 milhões para incentivar o turismo na região

No Parque Nacional da Serra da Capivara, no Piauí, o presidente da República Jair Bolsonaro conheceu os maiores e mais antigos sítios arqueológicos das Américas. No local exitem cerca de 35 mil desenhos rupestres espalhados por mais de 1.300 sítios que registram a presença do homem pré-histórico no continente americano há cerca de 48 mil anos. O parque é considerado patrimônio cultural da humanidade.

“É um país maravilhoso. Ninguém tem o que nós temos. O nosso foco é descobrir para muitos brasileiros uma região tão linda como essa”, disse Bolsonaro ao visitar pela primeira vez a Serra da Capivara.

O presidente também visitou o Museu da Natureza, que faz parte do complexo do Parque Nacional da Serra da Capivara e conta a história do território desde a época dos dinossauros até os dias atuais.

Durante a visita foi anunciado um investimento do governo federal de cerca de R$ 6,5 milhões para incentivar o turismo na região. Os recursos vão ser aplicados principalmente na pavimentação de rodovias e na reforma do centro de visitantes do parque.

Para o presidente Bolsonaro é preciso mostrar para o mundo as belezas do Brasil.

“Nenhum país do mundo tem o potencial para o turismo que nós temos. Estávamos indo muito bem ano passado, lamentavelmente veio a epidemia. Nós preparamos agora, com o ministro Marcelo Álvaro Antonio, do Turismo, voltar ao que éramos ano passado, para que, se Deus quiser, final do ano que vem, a gente consiga colocar o turismo, no Brasil, no lugar que ele merece, no tocante ao seu potencial turístico”, afirmou o presidente.

O Ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antonio, que também visitou o parque, disse que os investimentos do governo são necessários para atrair mais visitantes para o nordeste. Para facilitar o acesso a região, o governo federal ajudou a desenvolver o projeto para a instalação de um aeroporto internacional na cidade de São Raimundo Nonato, onde fica a sede do Parque Nacional da Serra da Capivara.

Veja na TV Brasil:

 

Agência Brasil

 

porpjbarreto

Ex-presidente do (PTC) de Cajazeiras declara apoio ao Vereador Moacir Filho

Pablo D. Gouveia, primo do ex-vice-governador da Paraíba e ex-deputado federal Rômulo Gouveia, é um jovem atuante e presente na política paraibana, natural de Cajazeiras – com destaque em seu trabalho na política, foi presidente do (PTC) na Terra do Padre Rolim.

Segundo Pablo D. Gouveia, dialogou com o vereador Moacir Menezes (Cidadania) e declarou apoio ao mesmo. De acordo com Pablo decidiu declarar apoio ao vereador Moacir Menezes pelo trabalho desenvolvido em seu pleito.

Ainda de acordo com o jovem Pablo D. Gouveia, seu apoio à reeleição de Moacir Menezes é uma decisão de análise, pois observou o candidato durante sua atuação.

Assessoria

porpjbarreto

Formado por aliados do prefeito José Aldemir, (PSL) deve apoiar a pré-candidatura de Denise Albuquerque em Cajazeiras

Noticiado pela imprensa da Capital, João Pessoa, que o (PSL) deve apoiar a pré-candidatura da ex-prefeita Dra. Denise Albuquerque (Cidadania) à Prefeitura de Cajazeiras, mesmo formado por grande parte de aliados e alguns detentores de cargos de confiança na gestão do prefeito José Aldemir (PP), a legenda corre grande risco de racha “ideológico” na Terra do Padre Rolim.

Ainda de acordo com informações extraoficiais, que o presidente estadual, o deputado federal Julian Lemos estaria articulando o apoio do (PSL) à pré-candidata Denise Albuquerque, resta saber se a maioria dos dirigentes municipais também estariam alinhados do mesmo objetivo.

Estiveram em João Pessoa na última semana, para uma conversa, um grupo de filiados representando os (vinte e três) pré-candidatos a vereadores, que possivelmente sairão candidatos em (15) de novembro, para disputar cadeiras na Câmara Municipal de Cajazeiras.

O deputado Julian Lemos chegou a insinuar que o (PSL) poderá indicar o vice, na chapa de Denise.

 

Folha VIP de Cajazeiras

porpjbarreto

Projeto de Renan Maracajá é aprovado e pessoas do grupo de risco poderão receber medicamentos em casa

Pessoas consideradas do grupo de risco pela infecção do Coronavírus e que recebem medicamentos através da Secretaria Municipal de Saúde de Campina Grande, têm a possibilidade de agora receber seus medicamentos em suas residências, graças ao Projeto de Lei Nº 108/2020 de autoria do vereador Renan Maracajá, que foi aprovado em sessão remota da Câmara Municipal na tarde desta quarta-feira, dia 29 de julho.

A proposta é para que o poder executivo elabore um plano de ação temporário para a entrega domiciliar regular de remédios para pessoas portadoras de doenças crônicas que recebem medicamentos através da Secretaria Municipal de Saúde, evitando assim, o deslocamento dessas pessoas à secretaria e consequentemente diminuindo a possibilidade de infecção delas no trajeto e possíveis contatos com outras pessoas.

O projeto de lei tem como objetivo principal evitar a contaminação dos mais suscetíveis a desenvolver a forma mais grave da COVID-19, a exemplo dos Idosos, diabéticos, hipertensos, quem tem insuficiência renal crônica, quem tem doença respiratória crônica e quem tem doença cardiovascular.

Para o vereador Renan Maracajá, esta propositura se trata de mais uma medida necessária, uma vez que ao estabelecer a entrega domiciliar de medicamentos a pacientes do grupo de risco, assegurando o acesso ao direito fundamental à saúde da parcela mais vulnerável da população, através da oferta de medicamentos em suas residências, de forma a contribuir para o não agravamento dos casos da doença em nossa cidade.

 

Assessoria de Imprensa

porpjbarreto

Banco Central anuncia lançamento da nota de R$ 200

Nova cédula terá como personagem o lobo-guará

A partir do fim de agosto, os brasileiros poderão circular com um novo tipo de cédula. O Conselho Monetário Nacional (CMN) aprovou hoje (29) a criação da nota de R$ 200.

A cédula terá como personagem o lobo-guará, espécie que ficou em terceiro lugar em uma pesquisa realizada pelo BC sobre quais animais em extinção deveriam ser representadas em novas cédulas. O anúncio foi feito pelo Banco Central (BC), que convocou uma entrevista coletiva para apresentar a nova nota.

A diretora de administração do Banco Central, Carolina de Assis Barros, disse que o lançamento da nova nota é uma forma de a instituição agir preventivamente para a possibilidade de aumento da demanda da população por papel moeda.

Segundo o BC, entre março e julho deste ano, um dos efeitos econômicos da pandemia de covid-19 foi o aumento de R$ 61 bilhões no entesouramento de moeda, ou seja, notas que deixaram de circular porque a população deixou o dinheiro em casa.

De acordo com a diretora, não há falta de numerário no mercado, mas o BC entende que o momento é oportuno para o lançamento da nova cédula diante da possibilidade de aumento na demanda.

“Estamos vivendo neste momento um período de entesouramento, efeito derivado da pandemia. O Banco Central nesse momento não consegue precisar por quanto tempo os efeitos do entesouramento devem perdurar”, disse a diretora.

Em entrevista coletiva, Carolina também afirmou que a imagem da nota de R$ 200 ainda não está disponível porque está na fase final de testes de impressão. O lançamento está previsto para o final de agosto deste ano.

Segundo o BC, a tiragem em 2020 será de 450 milhões de unidades, equivalentes a R$ 90 bilhões.

 

Agência Brasil

porpjbarreto

Especialista destaca principais mudanças no atendimento hospitalar e na vida dos pacientes pós-covid

Petrúcio Sarmento explica novos protocolos para o retorno das atividades habituais; tema será abordado no “Simpósio Unimed João Pessoa – O Enfrentamento da Covid-19: do Desafio às Conquistas” no próximo sábado (1).

O mundo pós-covid precisará adaptar seus protocolos de acolhimento e segurança hospitalar. O aprendizado adquirido nas situações de emergência, como a epidemia de covid-19, exigiu mudanças, especialmente no atendimento nas unidades de saúde. Na prática, aos poucos, as cirurgias eletivas estão retornando e é preciso estar atento aos novos protocolos que devem ser adotados.

O médico cirurgião Petrucio Sarmento, coordenador estratégico de Enfrentamento à Covid-19 da Unimed João Pessoa, explica que desde o início da pandemia, o Hospital Alberto Urquiza Wanderley, unidade própria da Cooperativa, se preparou dividindo os fluxos de atendimento para pacientes não covid e outro para os casos suspeitos ou confirmados.

“Os protocolos vão continuar para trazer mais segurança aos pacientes eletivos. Quem teve covid-19 deve apresentar uma documentação com o resultado do exame que comprova que a contaminação aconteceu há mais de 30 dias e está apto a ser operado normalmente. Para os assintomáticos,  será feita a coleta até 72 horas antes do procedimento. Em casos positivos, a cirurgia é reagendada. E para os casos negativos, o processo dá sequência normalmente”, explica.

Para quem foi acometido de forma mais grave, também são necessárias adaptações. De acordo com o cirurgião, uma parcela considerável de pacientes desenvolve fibrose pulmonar, causada pelo tempo em UTI, além disso o paciente pode apresentar fraqueza muscular, déficit cognitivo, alterações psicológicas ou globais na parte cardíaca, hepática ou neurológica. “Em casos de comprometimento pulmonar onde houve fibrose, a área não funciona mais, é irreversível. Mas apesar disso, muitas das sequelas são temporárias, como por exemplo, há a perda da sensação de olfato e paladar, do ponto de vista neurológico”, pontua  o especialista.

Inscrições – As inscrições para participar do Simpósio Unimed João Pessoa são gratuitas e podem ser realizadas até o dia 31 de julho, exclusivamente, na página do evento (www.even3.com.br/simposiounimedjp), onde também pode ser consultada a programação completa. As vagas são abertas para médicos, residentes, estudantes de medicina e demais profissionais de saúde.

Durante o evento, os internautas poderão conferir os bons resultados obtidos e as técnicas pioneiras no combate à covid-19 utilizadas pela Unimed JP em seus clientes. A programação abordará as estratégias que deram certo no enfrentamento à covid, fatores de risco, manejo do paciente e o que esperar do mundo pós-covid. Os interessados podem conferir mais informações no Instagram @simposiocovidjoaopessoa.

Serviço:

Simpósio Unimed João Pessoa – O Enfrentamento da Covid-19: do Desafio às Conquistas

Data: 01/08/2020 (sábado)

Horário: 8h às 17h

Inscrições gratuitas: https://www.even3.com.br/simposiounimedjp/ (até 31 de julho)

Transmissão online: YouTube Unimed João Pessoa.

 

Assessoria

porpjbarreto

Cejusc da JFPB passa por fase de entrevistas do 17º Prêmio Innovare

Centro de Conciliação concorre à premiação com o projeto “Concilia Net”, que realiza audiências por videochamada de WhatsApp

Foi realizada, nesta semana, a entrevista do 17º Prêmio Innovare com os representantes da Justiça Federal na Paraíba (JFPB) que estão concorrendo à premiação, destinada a reconhecer as práticas que aprimoram o sistema judiciário em todo o País. A juíza federal Adriana Nóbrega, coordenadora do Centro Judiciário de Solução Consensual de Conflitos e Cidadania (Cejusc) da JFPB, foi entrevistada pelo consultor Rafael Cavalcanti. A Seção Judiciária paraibana concorre ao Prêmio com o projeto “Concilia Net”, que realiza audiências de conciliação por videochamada de WhatsApp, iniciativa fundamental para este período de pandemia.

“Acreditamos que o nosso projeto pode contribuir com o sistema de justiça, tornando-o menos burocrático e mais acessível à população. Independentemente do resultado do Innovare, o próprio reconhecimento da dedicação de todos os servidores e conciliadores envolvidos nos motiva a seguir com o propósito de oferecer as melhores ferramentas à conciliação”, declarou a magistrada. Segundo ela, o “Concilia Net” já realizou mais de 330 audiências por meio de videochamada no aplicativo WhatsApp, com percentual de êxito superior a 70%, já tendo ultrapassado mais de R$ 2 milhões em acordos realizados. “Neste momento de pandemia, a solução encontrada pelos integrantes do Cejusc tem sido muito importante para as partes e tem servido de modelo para outras Seções judiciárias”, disse.

Para o supervisor do Cejusc, Marconi Araújo, também indicado para conceder entrevista sobre a iniciativa, o “Concilia Net” surgiu em momento apropriado e vem proporcionando enorme satisfação do público envolvido. “A Justiça Federal na Paraíba, por meio do Centro de Conciliação e Cidadania, reinventa-se de modo prático e eficaz ao fazer uso de um aplicativo de fácil manuseio e bastante utilizado pela população, como o WhatsApp, favorecendo o êxito do projeto”, acentuou.

Normalmente, os concorrentes do Prêmio Innovare recebem visitas presenciais dos consultores, em cada localidade onde funcionam, para verificação de informações adicionais e de seus efeitos práticos sobre o público atendido. No entanto, este ano, por conta das recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS) para o distanciamento social, diante da pandemia da COVID-19, a visita presencial do consultor será substituída por entrevistas on-line. Os encontros virtuais terminarão nesta sexta-feira (31).

Depois da entrevista on-line, são indicados nomes e contatos de pessoas diretamente impactadas pela prática. Dessa forma, elas podem contar suas experiências positivas com o serviço recebido, validando a iniciativa. A previsão é de que o resultado do Innovare seja divulgado até dezembro, quando deve ocorrer a entrega da premiação.

 

Assessoria de Comunicação 
Justiça Federal na Paraíba – JFPB

porpjbarreto

Secretaria de Saúde realiza chamamento público para contratar pediatras em Campina Grande

Os médicos vão receber entre R$ 1.300,00 e R$ 1.500,00 por plantão de 12 horas

A Secretaria de Saúde de Campina Grande abriu um chamamento público, para contratar médicos especialistas nas áreas de pediatria e neonatologia. O objetivo é fortalecer a escala de profissionais do Instituto de Saúde Elpídio de Almeida. Os médicos vão receber entre R$ 1.300,00 e R$ 1.500,00 por plantão de 12 horas.

Atualmente, a maternidade conta com cerca de 20 médicos pediatras e neonatologistas na escala de profissionais. Contudo, a demanda de atendimentos tem aumentado com o número de partos realizados na unidade, já que muitos outros municípios não estão realizando partos em seus hospitais por causa da pandemia da Covid-19 e as gestantes são encaminhadas para Campina Grande.

Além disso, diversos trabalhadores foram afastados preventivamente das suas atividades por pertencerem ao grupo de risco do novo coronavírus. “Estamos realizando essa contratação imediata para atender à demanda crescente da maternidade. Desde o início da pandemia a Secretaria de Saúde tem realizado o chamamento de médicos de todas as especialidades, mas enfrentamos dificuldade para contratar pediatras e neonatologistas”, disse o secretário Filipe Reul.

Justamente para sanar essa dificuldade, desde 2016 a Secretaria Municipal de Saúde implantou, em parceria com outras instituições, o Programa de Residência Médica de Campina Grande, para formar estes profissionais escassos no mercado e dentre as especialidades da residência estão pediatria e neonatologia.

Com a pandemia da Covid-19, o Isea precisou passar por reformulações e 34 dos 140 leitos do hospital foram isolados para pacientes com suspeita da doença. A direção da maternidade vai ampliar os leitos da ala semi-intensiva de oito para quinze. O Isea é hoje a maior maternidade da Paraíba. Em 2019, foram realizados mais de sete mil partos.

 

Assessoria