Cajazeiras: 22 dos 23 pré-candidatos a vereadores do (PSC) dizem sim, ao pré-candidato a prefeito Marquinhos Campos (PSB)

porpjbarreto

Cajazeiras: 22 dos 23 pré-candidatos a vereadores do (PSC) dizem sim, ao pré-candidato a prefeito Marquinhos Campos (PSB)

O Partido Social Cristão (PSC) de Cajazeiras, se reuniu na tarde desta quarta-feira (17), em uma chácara na zona rural da cidade, para declarar apoio ao projeto político do pré-candidato a prefeito pelo (PSB), Marquinhos Campos (PSB).

Com a presença de filiados da referida agremiação, do deputado estadual Jeová Campos (PSB) e demais presentes, (vinte e dois) dos (vinte três) pré-candidatos a vereadores do (PSC) decidiram apoiar o projeto político de Marquinhos Campos.

O ex-vereador e líder político Chico Bianor, presidente do (PSC) abriu a reunião e fez um breve relato de sua trajetória política, citando alguns pontos e, trouxe um assunto corriqueiro que acontece com bastante frequência, principalmente em tempos que antecedem campanhas eleitorais. “Eu sonho com um tempo em que para apoiar um grupo político, ou determinado candidato não exista perseguição”, desabafou. “Vamos unificar a caminhada política, seremos um só grupo, a partir de agora”, ressaltou.

Jeová relembrou um tempo em que a vida era bem mais tranquila distante da política. O deputado trouxe os bons exemplos da administração de Chico Mendes em São José de Piranhas e, informou que seu irmão irá administrar Cajazeiras, com seriedade e zelo – tratando as questões políticas de maneira, política.

Chico Mendes não aceitou empresários da cidade que são concursados receberem seus salários sem trabalhar, ele foi pintado de ruim nos primeiros seis meses em São José de Piranhas. Trazendo a questão aqui para Cajazeiras, o nosso time não quer saber quantas amantes tem o prefeito A, ou B”, disse Jeová. “Agora, Cajazeiras precisa de um gestor com compromisso com o povo, isso é fato”, declarou.

Marquinhos Campos foi sucinto: “Cajazeiras clama por mudanças, por homens comprometidos com o povo, precisamos desenvolver um projeto que dê emprego e renda aos jovens dessa cidade, não podemos viver obedecendo os chefões políticos de Cajazeiras, iremos fazer uma campanha pé no chão – porque Cajazeiras não pode permanecer regredindo”, declarou.

Chico Bianor voltou mais uma vez a fazer forte discurso sobre o potencial de cada um dos pré-candidatos ali presentes.

Raimundinho Lira se pronunciou e exaltou que trabalhar ao lado do deputado Jeová é muito gratificante e, dessa vez a campanha do seu irmão, Marquinhos Campos como pré-candidato a prefeito de Cajazeiras, é motivo de muito orgulho. “São dois homens de bem com os quais, aprendi a conviver politicamente e de maneira harmoniosa, Cajazeiras vai ter o privilégio de ser governada por um homem de bem, de família”.

Elinoelza Lima fez uma breve explanação sobre o sonho de ser vereadora garantindo seu apoio incondicional ao pré-candidato Marquinhos Campos, mesmo que esse apoio lhe traga perseguições políticas no futuro próximo.

O pré-candidato a vereador Pastor Genildo perguntou sobre o nome do vice. Filiados do (PSC) presentes à reunião, citaram o nome de Chico Bianor, houve entusiasmo, mas o vice será colocado á mesa, juntamente com outros nomes que estão chegando, afirmou Jeová.

O presidente do Sindicato dos Moto-taxistas de Cajazeiras, “Totonho Moto-táxi” reafirmou seu compromisso com o projeto de Marquinhos Campos. “Estamos envolvidos nesse projeto e queremos mudar esse cenário político em Cajazeiras, chega de tantos administradores cheios de promessas, nós estamos com Marquinhos Campos”, declarou.

 

Assessoria de Imprensa 

Sobre o Autor

pjbarreto editor

Deixe uma resposta