Arquivo mensal janeiro 2020

porpjbarreto

Homem é condenado a 1 ano e seis meses de detenção pelo crime de violência doméstica

O juiz Osenival dos Santos Costa, da Comarca de Solânea, condenou, nos autos da ação nº 0000163-34.2018.815.0461, o réu Adriano Silva de Lima a uma pena de 1 ano e seis meses de detenção pelo crime de violência doméstica. O magistrado determinou a suspensão condicional da execução da pena (sursis), pelo prazo de dois anos, mediante as seguintes condições: prestar serviço gratuito à comunidade durante o primeiro ano; comparecer mensal e obrigatoriamente em cartório para informar suas atividades laborativas; não se envolver em crimes de relações domésticas ou de qualquer outra natureza; não portar arma de espécie alguma, salvo as de utilização em uso exclusivo de serviço; e não se ausentar da Comarca por mais de 30 dias.

De acordo com a denúncia do Ministério Público estadual, no dia 17 de março de 2018, o acusado foi preso em flagrante por ofender dolosamente a integridade física da sua companheira. No dia do delito, a vítima estava na residência do denunciado, momento em que o mesmo, por motivos banais, iniciou uma discussão, atingindo-a com socos e pontapés, além de quebrar objetos do interior do imóvel.

Nas razões finais, o representante do Ministério Público pugnou pela condenação do réu nos termos da denúncia, salientando que as provas carreadas aos autos são satisfatórias, no sentido de provar a autoria e a materialidade do delito. Já a defesa do réu requereu a absolvição, nos termos do artigo 386, inciso VI, do Código de Processo Penal (CPP).

Analisando detidamente as provas carreadas aos autos, o juiz concluiu que restaram devidamente demonstradas a configuração, materialidade e autoria do crime de lesão corporal praticado no âmbito das relações domésticas. “O crime de lesão corporal no âmbito das relações domésticas neste caso, restou configurado, posto que a vítima foi golpeada de surpresa dentro do lar, sofrendo socos e mordidas”, destacou o magistrado. Da decisão cabe recurso.

 

Assessoria de Imprensa – TJPB

porpjbarreto

Direito de Resposta: Chico de Bianôr nega que Adriano da Vila Nova e Humberto Pessoa irão se filiar ao (PSC) de Cajazeiras

Após publicação de matéria (Humberto Pessoa e Adriano da Vila Nova devem ingressar ao (PSC) liderado pelo ex-vereador Chico de Bianôr) dando conta que o ex-vereador e atual suplente Humberto Pessoa, juntamente com o também suplente Adriano da Vila Nova estariam para ingressar ao (PSC) de Cajazeiras, líderes do referido partido – logo entraram em contato com a redação, para negar a possibilidade da filiação de ambos.

Segundo o presidente da Comissão Municipal Provisória do (PSC), Chico de Bianôr, discordou da notícia e afirmou que o grupo está formado com (vinte e três) pré-candidatos. “Quero dizer que essa informação não procede, o nosso grupo já está fechado, a gente não tem como abrir para novos candidatos, quero tranquilizar os nossos companheiros do (PSC), pois não existe essa possibilidade de filiação de Adriano e nem de Humberto”, Afirmou.

Vale ressaltar que a informação que nos foi passada dá conta que houve uma pré-negociação para a filiação de Humberto Pessoa e Adriano da Vila Nova, mas que a maioria dos filiados que vão concorrer a uma cadeira no legislativo cajazeirense pelo (PSC), não aceitou a vinda dos dois líderes comunitários.

 

Redação

porpjbarreto

Deputado Jeová passa mal é internado na UTI do HRC e será transferido para um hospital de Sousa

Após ser atendido na tarde deste domingo (26) na urgência do Hospital Regional de Cajazeiras e encaminhado para a UTI daquela unidade, o deputado estadual Jeová Campos (PSB), foi estabilizado e seu quadro de suspeita de hemorragia digestiva, será transferido para o hospital Santa Terezinha, em Sousa, para realização de endoscopia digestiva ainda neste domingo. A transferência se faz necessária em função de ser preciso fechar o diagnóstico que fez o parlamentar passar mal e ter uma crise de vômitos com presença de sangue.

Antes de ser transferido para o Santa Terezinha, Jeová poderá fazer bolsas de sangue como precaução, se necessário.  O HRC distribuiu Boletim Médico no início da noite deste domingo destacando que o parlamentar ‘está consciente e orientado e que já apresenta melhora no seu quadro clínico e que a hemorragia já foi controlada’.

O deputado estava na casa de sua mãe, em Cajazeiras, se preparando para retornar a João Pessoa, quando passou mal e começou a vomitar. Familiares o levaram para o hospital regional onde ele teve os primeiros atendimentos. A transferência para Sousa se deu a pedido da família e em função da necessidade da realização da endoscopia, exame que não é realizado no Hospital Regional de Cajazeiras.

 

Assessoria 

porpjbarreto

Operação Calvário: sogro de Tovar Correia é delatado por Daniel Gomes. Veja detalhes!

Em mais um capitulo, que envolve integrantes da ‘Operação Calvário’, foi trazido neste domingo (26), diálogos mantidos entre o ex-governador da Paraíba, Ricardo Coutinho(PSB), e o operador da Cruz Vermelha na Paraíba, Daniel Gomes. Os fatos apresentados pelos dois em seus diálogos trazem informações sobre outras personalidades do poder na Paraíba, a exemplo do conselheiro do Tribunal de Contas do Estado da Paraíba, Fernando Catão que é sogro do deputado estadual e pré-candidato a prefeito de Campina Grande pelo grupo Cunha Lima. Segundo os diálogos mantidos pelos dois, Catão teria buscado estabelecer sociedade com Ricardo e Daniel na empresa Troy, que ele não tinha conhecimento ser de posse dos dois.

A Operação Calvário investiga crimes de desvios de recursos públicos da saúde e da educação no estado através de contratos com Organizações Sociais, principalmente a sucursal do Rio Grande do Sul da Cruz Vermelha administrada por Daniel Gomes. A operação ganhou destaque na mídia nacional por envolver nomes do alto escalão na gestão do ex-governador Ricardo Coutinho.

No áudio com o tom de quem confidencia uma descoberta com um colega de trabalho, Daniel revela para o então governador Ricardo Coutinho quem seria o dono do Grupo Lavieri. “Governador, isso aqui muito me chamou atenção. Se o senhor já ouviu falar nesse Grupo LAVIERI… ele é dono dessas empresas aqui…dono disso aqui? [Fernando] CATÃO!”, afirma Daniel.

Segundo Daniel a descoberta teria sido feita após Catão procurar pelo então diretor do LIFESA José Góes em busca da criação de uma relação de negócios. No encontro Fernando teria apresentado a Góes o seu filho Bruno Catão e o seu sócio Eduardo Lavieri. Segundo Daniel, Catão buscava estabelecer uma relação de sociedade na empresa Troy sem saber que a mesma pertenceria a ele e ao governador. “Efetivamente era CATÃO que tava por trás disso tudo”, afirma Daniel ao citar o sogro de Tovar.

“Fico muito feliz, espero que dê tudo certo, mas nós queríamos fazer parte, queríamos realmente fazer parte e eu lhe garanto a minha blindagem”, teria sido a grande proposta feita pelo conselheiro em troca da sociedade. Segundo o diálogo, as negociações com Catão estariam paralisadas naquele momento esperando uma opinião do governador acerca da possibilidade de aceitar Catão como sócio em troca do apoio no TCE-PB. “A minha blindagem nesse projeto que a gente faça parte”. Ouça o trecho do diálogo entre o ex-governador e Daniel no áudio. Veja maishttps://www.polemicaparaiba.com.br/paraiba/arquivos-secretos-catao-se-ofereceu-para-ser-socio-de-ricardo-e-daniel-em-troca-de-blindagem-no-tce-pb-ouca/

Conheça mais sobre o passado de Tovar Correia – Visando relembrar o portal trouxe o passado policial do deputado estadual licenciado e atual secretário Municipal de Planejamento de Campina Grande Tovar Correia Lima (PSDB) e pré-candidato a prefeito da cidade, em 2020, apoiado pelo grupo Cunha Lima. Mais detalhes: http://conexaopb.com.br/single.php?code=24161

Redação com PBNews

porpjbarreto

Filme: Veredas d’Um Sertanejo

É um projeto independente de realização de um filme de longa-metragem a ser filmado no município de Monteiro-PB, no período de 15 a 30 de julho de 2020.

O filme conta a história de Zé, um sertanejo de vida sofrida e acompanha sua trajetória desde a infância até a velhice.  Mesmo na realidade dura e sofrida de levar uma vida muito humilde em meio ao sol castigante e trabalho árduo na roça, Zé encontra seus momentos de felicidade e conhece o amor. Dentre as tristezas e felicidades, o filme percorre a trajetória de vida de Zé que ainda é um retrato da realidade de muitas das famílias brasileiras.

O roteiro é do ator global Márcio Tadeu em parceria com Vaniele Oliveira.

Nascido em João Pessoa -PB, Márcio Tadeu tem 28 anos de carreira dedicado ao teatro, televisão, cinema e humor. Márcio participou de várias novelas e minissérie na REDE GLOBO , sendo elas, MORDE E ASSOPRA, AVENIDA BRASIL, ÊTA MUNDO BOM, A PEDRA DO REINO, VERÃO 90 e agora está gravando O ANJO DE HAMBURGO. Participou também do ZORRA TOTAL e na RECORD, SHOW DO TOM. No teatro, têm mais de 20 espetáculos encenados e 10 dirigidos. No cinema, atuações em: O Sonho de Inacim, A Pedra do Reino, A visita do Imperador, Ilha de santa fé , Plano Nacional e entre outros.

A direção fica a cargo do Campinense Silvio Toledo ( www.stairsfilms.com ) que já produziu e dirigiu 6 longa-metragens  independentes na Paraíba, além de vários curtas.

O Resgate do Pavão Misterioso ( Romance/Aventura 2014 )

Roni Estone o Detetive do Agreste ( Comédia 2017 )

Sob o Olhar das Estrelas ( Documentário 2018 )

Heróis do Lápis ( Documentário 2019 )

A Princesa de Elymia ( animação 2019 )

Incursão ( drama/mistério 2019 )

A direção de produção está por conta da atriz Raquel Rolim.
Raquel Rolim é Paraibana, nascida em Cajazeiras, atriz de teatro, TV e cinema, produtora, repórter,  jornalista , apresentadora de TV, idealizadora do primeiro festival de cinema em Cajazeiras em 2015 e  professora de teatro.

A direção de fotografia ficará a cargo do fotógrafo local Asley Ravel, conhecido por retratar bem a paleta de cores do sertão. Já a direção de arte, Magna Fontes, premiada no último festival Comunicurtas UEPB pelo trabalho de arte em INCURSÃO.

O apoio da jovem prefeita Anna Lorena foi decisivo na escolha de Monteiro como lugar de realização do projeto.

O elenco principal está formado, mas haverá teste de elenco em Monteiro PB.

Contato: Raquel Rolim / WhatsApp: (83) 9192-0717

porpjbarreto

Chapa Denise Albuquerque X Marquinhos Campos deve ser definida logo após o Carnaval, afirma aliado

As articulações em torno dos prováveis nomes que comporão a chapa das oposições em Cajazeiras, ganhou força após diversas junções, resultando em pesquisas aleatórias e até debates entre a comunidade local.

Não é segredo de ninguém, que o irmão do deputado estadual Jeová Campos, o ex-vice-prefeito Marquinhos Campos lidera um grupo com quase (trinta) pré-candidatos à vereança e – que este grupo, clama que o mesmo ponha seu nome à Prefeitura de Cajazeiras.

Na mesma margem do “rio”, “rema” o grupo liderado pelos ex-prefeitos de Cajazeiras, Dr. Carlos Antônio (DEM) e sua esposa Dra. Denise Albuquerque, ambos, amparados pela liderança política do deputado estadual Júnior Araújo (Avante), que almeja alçar voo mais alto e vitalício, na seara estadual – por esta razão, a desistência temporária da Prefeitura de Cajazeiras.

O deputado cajazeirense chegou a ser cogitado por inúmeras vezes como nome mais forte para o embate político com o atual prefeito José Aldemir, que tentará sua segunda vitória em cima dos “Araújos”, mas Júnior sempre reverberou seu compromisso com as lideranças políticas, que estiveram empenhadas em sua campanha à ALPB.

De acordo com aliados dos ex-prefeitos e, anuência de Júnior Araújo, são os nomes de Denise Albuquerque e Marquinhos Campos, para compor a chapa oposicionista de Cajazeiras – com maior aprovação, tanto popular, quanto interna. “As conversas estão acontecendo, mas só depois do Carnaval mesmo, a gente pode dizer publicamente”. Revelou um aliado oposicionista.

 

Redação

porpjbarreto

José Aldemir estuda nome de candidato como vice-prefeito para substituir Marcos do Riacho do Meio

Atual vice-prefeito de Cajazeiras, Marcos do Riacho do Meio não está nos planos de Zé

O prefeito de Cajazeiras, José Aldemir Meireles (PP) está analisando e fazendo minucioso estudo de vários nomes para compor sua chapa como pré-candidato a vice-prefeito, nas eleições municipais deste ano de 2020.

De acordo com pessoas próximas do gestor, José Aldemir alimenta o sonho de ser deputado federal, hipoteticamente, ele tenta encontrar um nome para ser vice-prefeito, que poderá assumir os destinos de Cajazeiras. Com a realização desse sonho, caso venha a tornar-se realidade, o prefeito irá entregar de bandeja a Prefeitura de Cajazeiras, na possibilidade de vitória em reeleição.

Segundo nos informou uma fonte, Marcos do Riacho do Meio não será o candidato a vice, na chapa de Aldemir em outubro próximo. “O prefeito tá estudando vários nomes, mas de uma coisa eu tenho certeza, Marcos do Riacho do Meio não consta nos planos de Zé, para ser o vice novamente”, revelou.

 

Redação

porpjbarreto

Humberto Pessoa e Adriano da Vila Nova devem ingressar ao (PSC) liderado pelo ex-vereador Chico de Bianôr

Os suplentes de vereadores Humberto Pessoa e Adriano da Vila deverão ingressar ao (PSC), agremiação comandada pelo líder político, ex-vereador e suplente de vereador Chico de Bianôr.

De acordo com informações chegadas a nossa redação, tanto Humberto, quanto Adriano tem mantido conversações com Bianôr, porém, ambos estão esbarrando na imposição de alguns pré-candidatos do grupo com baixa densidade eleitoral.

Resta aguardar os próximos episódios da novela política de Cajazeiras.

Chico Bianôr não declarou publicamente ainda, se mantém seu posicionamento neutro com intenção de caminhar com a oposição, ou se aceita os convites da situação para fortalecer o projeto de reeleição do prefeito José Aldemir (PP).

 

Direito de Resposta: Chico de Bianôr nega que Adriano da Vila Nova e Humberto Pessoa irão se filiar ao (PSC) de Cajazeiras

 

Redação

porpjbarreto

Deputado Júnior Araújo participa de reunião e lança nome de jovem à Prefeitura de Bom Jesus

O deputado estadual cajazeirense Júnior Araújo (Avante), esteve reunido no último sábado (25) com lideranças políticas na cidade de Bom Jesus, no Sertão paraibano – onde, na oportunidade lançou o nome do jovem Diego, para ser o candidato a prefeito nas eleições municipais deste ano de 2020.

De acordo com o parlamentar, a união das oposições em Bom Jesus é uma realidade. “Hoje, foi dado o primeiro passo de uma caminhada que será vitoriosa”, afirmou Júnior.

Ainda segundo Araújo as principais forças políticas e famílias tradicionais estão empenhadas em torno da pré-candidatura de Diego. “Reunimos as principais forças políticas, famílias tradicionais e históricas em torno de um jovem simples, humilde e muito talentoso”.

– “Vamos à vitória Diego, avante Bom Jesus”! Finalizou.

 

Redação

porpjbarreto

Parte do teto do Aeroporto de Fortaleza é arrancado com forte ventania deste domingo

Pessoas que estavam no aeroporto e arredores registraram imagens mostrando parte da estrutura superior do terminal sendo levantada pelos ventos

Parte do teto do Aeroporto de Fortaleza foi arrancado durante a forte chuva com rajadas de vento que atingiu Fortaleza e a Região Metropolitana na manhã deste domingo (26).

Pessoas que estavam no aeroporto e arredores registraram imagens mostrando parte da estrutura superior do terminal sendo levantada pelos ventos.

Em nota, a Fraport, responsável pela administração do aeroporto, confirmou que o dano foi causado pelas fortes rajadas, o que levou  algumas telhas a se soltarem da estrutura do terminal. “A equipe de Manutenção está tomando todas as ações necessárias para garantir a segurança”, informou.

A Fraport, contudo, não informou se alguém ficou ferido ou se algum voo foi afetado com a chuva e os ventos.

Conforme a Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme), as rajadas alcançaram uma velocidade de 47 km/h, o que causou transtornos como árvores caídas e queda de energia em alguns bairros da capital cearense.

Ainda segundo a Funceme, o aumento repentino da velocidade dos ventos, considerado como rajadas, vem junto a um sistema meteorológico denominado linhas de instabilidade. O processo traz chuvas mais fortes, pontuais e se forma próximo à costa, sobre o oceano.

 

Diário do Nordeste