Arquivo mensal janeiro 2020

porpjbarreto

Shopping de JP é condenado e terá que indenizar pais e namorada de vítima fatal em assalto no estacionamento

O Manaíra Shopping, localizado na cidade de João Pessoa, foi condenado a pagar, a título de danos morais, um valor de R$ 260 mil (R$ 130 mil para cada um), aos pais de Suênio Rocha de Melo – Solon Sales de Melo e Maria Anunciada Rocha Melo – morto no dia 9 de outubro de 2010, vítima de um tiro, na saída do estacionamento do estabelecimento. A sentença (0003822-87.2011.815.0011) foi proferida pela juíza Andréa Dantas Ximenes, titular da 9ª Vara Cível de Campina Grande. Em outro processo (0024625.57.2012.815.0011), a magistrada também condenou o Shopping ao pagamento de R$ 25 mil, também por danos morais, a Patrícia Silveira Amorim, então namorada da vítima, que estava presente no momento do fato.

Conforme os autos, a vítima se encontrava em João Pessoa e, na noite em questão, foi à Casa de Shows Domus Hall, instalada dentro do Manaíra Shopping. Na saída, na hora de apresentar o ticket de pagamento para liberação do veículo, teve o carro cercado por bandidos armados, havendo, então um tiroteio entre estes e os seguranças do shopping, que se encontravam suspensos no edifício da garagem. Ele foi atingido de forma fatal por um projétil que, segundo o laudo cadavérico, teria sido disparado à longa distância.

A magistrada afirmou que não resta dúvida de que o evento ocorreu dentro do estacionamento, antes da vítima conseguir sair com o veículo, e que a responsabilidade pela segurança interna era do estabelecimento, tendo havido, portanto, falha grave na prestação do serviço. A juíza também expôs que o Superior Tribunal de Justiça (STJ) decidiu sobre o dever de shopping reparar cliente por danos morais decorrentes de tentativa de roubo ocorrida nas proximidades da cancela de saída de estacionamento, mas ainda em seu interior.

“O nexo de causalidade está evidenciado, justamente, pela falta de segurança necessária a garantir a incolumidade do filho dos autores, enquanto consumidor direto do serviço de estacionamento do estabelecimento; enquanto que os danos são evidentes e decorrem da morte daquele”, enfatizou a juíza.

No caso da namorada, a magistrada também afirmou que os danos decorrem dos traumas deixados pelo assalto, assim como da morte de seu namorado. “Relatório psicológico revela que a autora demonstrou ansiedade generalizada, excessiva tensão, agitação e autoestima negativa, segundo a psicóloga, por ter sido vítima e vivenciado um evento violento traumático, que lhe causou, ainda, desordem comportamental e uma intensa reação de estresse”.

Andréa Ximenes julgou, ainda, improcedente o pedido formulado pelo Shopping Manaíra contra a Seguradora Swiss Re Corporate Solutions Brasil Seguros S/A, por falta de prova de que houve efetiva comunicação do sinistro, conforme obrigação do segurado prevista no Código Civil, sob pena de perda do direito à indenização. Da decisão cabe recurso.

 

Por Gabriela Parente / Assessoria de Imprensa – TJPB

porpjbarreto

João Azevêdo pleiteia conclusão de obras hídricas para o Sertão e adutora de São Gonçalo a São J. do R. do Peixe

O governador João Azevêdo manteve audiência, nesta terça-feira (28), em Brasília, com o ministro do Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto, oportunidade em que pleiteou a conclusão de obras de segurança hídrica na Paraíba, como o canal Acauã-Araçagi, a barragem de Retiro e a adutora que ligará a barragem de São Gonçalo até São João do Rio do Peixe.

Na ocasião, o gestor paraibano também discutiu com o ministro a liberação de recursos para as comunidades que vivem nas proximidades dos dois eixos (Norte e Leste) da transposição do Rio São Francisco.

“Nós queremos a garantia e continuidade das obras do canal Acauã-Araçagi e de toda sua etapa útil para colocá-lo em operação. Já a barragem de Retiro vai resolver boa parte dos problemas hídricos da região do Curimataú”, explicou.

João Azevêdo afirmou também que os recursos para a conclusão da adutora que ligará a barragem de São Gonçalo até São João do Rio do Peixe já estão assegurados. “Essa obra permitirá levar água até Capivara, atendendo a doze cidades que são interligadas a esse sistema. O ministro ficou de nos dar um posicionamento sobre essa adutora, mas os recursos já estão garantidos e vamos licitar essa obra imediatamente para que esse trecho tenha sua execução agilizada”, sustentou.

 

Secom

porpjbarreto

Quase 60% dos municípios da Paraíba estão em alerta para surto de arboviroses, Cajazeiras é um deles

Outras 32 cidades estão em situação de risco para surto ou epidemia por arboviroses e 57 estão em situação satisfatória

A Paraíba tem cerca 133 municípios em alerta de surto de doenças causadas pelo mosquito Aedes aegypti, transmissor de dengue, chikungunya e zika. O número corresponde a 59,9% das 223 cidades paraibanas. Os dados são do primeiro Levantamento Rápido de Índices para o mosquito Aedes Aegypti (LIRAa/LIA), de 2020.

O estudo foi realizado em 222 cidades entre os dias 6 e 10 de janeiro e divulgado pela Secretaria de Estado da Saúde (SES), nesta terça-feira (28). Apenas o município de Riachão não participou do estudo.

Outras 32 cidades, que equivalem a 14,4%, estão em situação de risco para surto ou epidemia por arboviroses e 57, que correspondem a 25,7%, estão em situação satisfatória.

Entre as recomendações da SES para o combate do mosquito estão a intensificação das ações por parte das secretarias municipais de saúde; sensibilizar a população para eliminação de criadouros do mosquito; integrar os agentes de combate à saúde e de endemias, no combate aos criadouros e na identificação dos casos suspeitos.

Municípios em situação de alto risco para surto

  • Soledade
  • Pedra Branca
  • Serra Branca
  • Salgadinho
  • Imaculada
  • Assunção
  • Sousa
  • Serra Grande
  • Araruna
  • Mulungu
  • Patos
  • Juripiranga
  • Seridó
  • Juru
  • Brejo do Cruz
  • Cajazeiras
  • Nova Floresta
  • Massaranduba
  • Picuí
  • Conceição

Municípios em situação de alerta ou médio risco

  • São José de Caiana
  • Ingá
  • Passagem
  • Cacimbas
  • Teixeira
  • Belém
  • Campina Grande
  • São José do Brejo do Cruz
  • Nazarezinho
  • Cacimba de Dentro
  • Remígio
  • Piancó
  • Parari
  • Olivedos
  • Santa Cruz
  • Paulista
  • Aroeiras
  • Tenório
  • Salgado de São Félix
  • Catolé do Rocha
  • São José da Lagoa Tapada
  • Santa Inês
  • Catingueira
  • Aguiar
  • Caldas Brandão
  • Belém do Brejo do Cruz
  • Livramento
  • Santa Luzia
  • Brejo dos Santos
  • Barra de Santa Rosa
  • Pedras de Fogo
  • Areia de Baraúnas
  • São José dos Cordeiros
  • Cacimba de Areia
  • Coremas
  • Alagoa Grande
  • Riachão do Bacamarte
  • Umbuzeiro
  • Gurinhém
  • Pocinhos
  • Queimadas
  • Riacho de Santo Antônio
  • Cajazeirinhas
  • Junco do Seridó
  • Barra de Santana
  • São João do Rio do Peixe
  • Bayeux
  • Nova Olinda
  • Lagoa de Dentro
  • Tacima
  • Uiraúna
  • Lagoa Seca
  • São João do Tigre
  • Caaporã
  • Itaporanga
  • Vista Serrana
  • Lagoa
  • Curral de Cima
  • Frei Martinho
  • Bernardino Batista
  • São José do Sabugi
  • São José dos Ramos
  • Triunfo
  • Taperoá
  • Solânea
  • São João do Cariri
  • Sertãozinho
  • Borborema
  • Condado
  • Boqueirão
  • Caturité
  • Santana de Mangueira
  • Marizópolis
  • Boa Vista
  • Caiçara
  • Areia
  • Bom Sucesso
  • Cruz do Espírito Santo
  • Vieiropólis
  • Jacaraú
  • Sumé
  • Monteiro
  • São Sebastião do Umbuzeiro
  • Boa Ventura
  • Malta
  • Camalaú
  • Jericó
  • Água Branca
  • Itabaiana
  • Várzea
  • Mato Grosso
  • Caraúbas
  • Barra de São Miguel
  • Cubati
  • Marcação
  • Bananeiras
  • Lastro
  • Poço Dantas
  • Cabaceiras
  • Bonito de Santa Fé
  • São Bento
  • Damião
  • Santa Cecília
  • Casserengue
  • Emas
  • Riachão do Poço
  • Santa Terezinha
  • São Miguel de Taipú
  • São Mamede
  • Mataraca
  • Itapororoca
  • Esperança
  • Santa Rita
  • Zabelê
  • Prata
  • Congo
  • Montadas
  • Ibiara
  • Cuité de Mamanguape
  • Alagoinha
  • Ouro Velho
  • São Domingos
  • São José de Princesa
  • Logradouro
  • Areial
  • Serra da Raiz
  • Monte Horebe
  • Nova Palmeira
  • Pilõezinhos
  • Santana dos Garrotes
  • Natuba
  • Tavares
  • Alhandra

Municípios em situação satisfatória ou baixo risco

  • Quixaba
  • Duas Estradas
  • Pilões
  • Riacho dos Cavalos
  • Dona Inês
  • Algodão de Jandaíra
  • Mãe D’água
  • Matinhas
  • Capim
  • Manaíra
  • Fagundes
  • São Sebastião de Lagoa de Roça
  • Conde
  • Amparo
  • Santo André
  • Gurjão
  • São José de Espinharas
  • Puxinanã
  • Rio Tinto
  • Sapé
  • Cabedelo
  • Igaracy
  • Sobrado
  • Gado Bravo
  • Cachoeira dos Índios
  • Bom Jesus
  • Serraria
  • Diamante
  • Cuitegi
  • Serra Redonda
  • Aparecida
  • Araçagi
  • Mamanguape
  • João Pessoa
  • São Domingos do Cariri
  • São José do Bonfim
  • São Bentinho
  • Alcantil
  • Santa Helena
  • Lucena
  • Pombal
  • Coxixola
  • Curral Velho
  • Carrapateira
  • Joca Claudino/Santarém
  • São Francisco
  • Sossego
  • Poço de José de Moura
  • Baraúna
  • Pedro Régis
  • Olho D’agua
  • Baia da Traição
  • Arara
  • Pitimbú
  • São José de Piranhas
  • Mari

 

Com informações de G1 PB 

porpjbarreto

Janeiro Roxo: Santa Rita promove mutirão médico em combate a hanseníase nesta quinta-feira (30)

O Janeiro Roxo é o mês de conscientização e combate à hanseníase, uma doença transmissível, mas que tem cura e não deixa sequelas quando detectada e tratada a partir dos primeiros sintomas. Em Santa Rita, a Secretaria de Saúde vem promovendo uma busca ativa para identificar casos e promover o diagnóstico precoce.

Neste dia 30, uma grande ação acontecerá em três das principais unidades de saúde do município. Médicos estarão das 8h às 12h atendendo usuários e realizando exames no Barão do Abiay, em Várzea Nova, no Flávio Maroja, no Alto das Populares, e no Centro Integrado, em Marcos Moura.

A orientação é que quem apresentar sintomas como manchas brancas ou avermelhadas no corpo, diminuição da sensibilidade na pele ou tenha casos de pessoas próximas que têm a doença deve procurar a assistência médica.

“Convidamos a população para comparecer a uma destas unidades de saúde para passar por uma consulta médica que poderá identificar a hanseníase nos pacientes. A prevenção e o diagnóstico precoce é o melhor meio de se combater a doença”, explica Mauricélia de Melo, que coordena a ação.

 

Secretaria de Comunicação Institucional
porpjbarreto

Empresas investigadas na ‘Orcrim da Merenda’ de Romero em CG são suspeitas de cartelização em outras cidades

O grupo de empresas investigado pelo Ministério Público Federal (MPF), por suspeitas de fraudes em licitações para o fornecimento de merenda escolar em várias prefeituras da Paraíba, participou de licitações com empresas envolvidas na Operação Famintos, que investiga a formação de uma ‘Orcrim da Merenda’, responsável por supostos desvios milionários na contratação de merenda escolar na gestão do prefeito de Campina Grande Romero Rodrigues (PSD) e de seu vice-prefeito Enivaldo Ribeiro (PP).

As suspeitas do MPF são de que o ‘loteamento’ das licitações pode ter criado uma espécie de ‘cartel da merenda’ no Estado e provocado prejuízos para os cofres municipais. “Há fortes indícios da prática de cartel por parte desse grupo empresarial e outras empresas também, que funcionam como empresas satélites nos processo licitatórios”, comentou a procuradora da República Janaína Andrade, que atua na região de Monteiro, durante entrevista hoje pela manhã na Rádio CBN.

De acordo com a Ação Civil Pública movida pelo MPF, algumas das licitações realizadas na cidade de Monteiro tinham como participantes empreendimentos do grupo investigado, a exemplo da empresa Raimundo Adelmar Fonseca Pires, e as empresas Arnóbio Joaquim Domingos da Silva EPP e Antônio Querino da Silva EP – as duas últimas investigadas na Famintos dentro da uma ‘Orcrim da Merenda’, responsável por supostos desvios milionários na contratação de merenda escolar na gestão do prefeito de Campina Grande Romero Rodrigues  e de seu vice-prefeito Enivaldo Ribeiro.

Os proprietários das duas empresas, que possuem os mesmos nomes dos empreendimentos, foram condenados na primeira sentença da Operação Famintos. Arnóbio Joaquim foi condenado a 5 anos e 5 meses, enquanto Marco Antônio Querino foi condenado a 47 anos e 9 meses. Veja detalhes: http://blogs.jornaldaparaiba.com.br/plenopoder/2020/01/28/ha-fortes-indicios-de-cartel-no-fornecimento-de-merenda-para-prefeituras-da-paraiba-diz-mpf/

Famintos – Durante os interrogatórios na Justiça, os empresários Frederico de Brito Lira e Flávio Souza Maia, que segundo o MPF administrariam o empreendimento, descreveram a mulher que seria Delmira Feliciano Gomes. Os investigadores irão tentar entender, agora, se alguém se passou por Delmira Feliciano Gomes sem o conhecimento dos empresários; ou se os depoimentos apenas descreveram uma pessoa que nunca existiu.

“Reconheço e tratei com ela várias vezes. Ela sempre se apresentava ela e Milton. Senhora de baixa estatura, de cor morena e cabelos pretos. Tinha época em que ela usava óculos. Tinha época que estava sem óculos. Pessoa de estatura mediana que tinha porte normal. um metro e sessenta, um metro e cinquenta e cinco. Idade na faixa etária entre 35 e 40 anos”, relatou em juízo Frederico Lira.

Já Flávio Maia disse que Delmira Feliziano era “uma pessoa de estatura média, gordinha, olhinho puxado. Na época tinha cabelo cumprido, amarrado com totozinho para trás. Nunca deslumbrei, na minha mente, que Delmira não fosse Delmira. Nunca imaginei que fosse outra pessoa. Sempre vi aquela pessoa como Delmira”, afirmou o empresário.

Veja o depoimento de Frederico de Brito

https://youtu.be/3ssatrQPmyw

Veja o depoimento de Flávio Souza Maia

https://youtu.be/Sqqsks8yFFo

Processo nº 0802629-06.2019.4.05.8201

Íntegra da denúncia

http://www.mpf.mp.br/pb/sala-de-imprensa/docs/denuncia-operacao-famintos/view

 

Redação com Jornal da Paraíba 

porpjbarreto

IFPB/Sousa: Divulgadas as confirmações de matrícula da lista de espera do PSCT 2020

Classificados devem aguardar o início do semestre letivo

A Diretoria de Desenvolvimento do Ensino (DDE) do Campus Sousa divulgou nesta segunda-feira (27) os Editais de Confirmação de Matrícula na primeira chamada da lista de espera do Processo Seletivo dos Cursos Técnicos do IFPB (PSCT). A seleção visa preencher as 250 vagas ofertadas pela instituição para os cursos de Agroindústria, Agropecuária, Informática e Meio Ambiente.

Os quatro cursos disponibilizaram vagas na modalidade Integrado (Ensino Médio mais Curso Técnico) e dois deles, Agropecuária e Informática, ofertaram vagas para os cursos Subsequentes (Técnico pós Ensino Médio). Os estudantes que estiverem com as matrículas confirmadas devem vir ao Campus no início do semestre letivo 2020.1, o que está previsto para acontecer no dia 03 de fevereiro para os Integrados e em 02 de março para os Subsequentes.

Além das listas dos alunos matriculados, foram divulgadas as relações dos candidatos que tiveram matrículas indeferidas por não cumprirem as regras previstas nos editais, como a não entrega da documentação exigida, por exemplo. Os candidatos que desejarem interpor recursos poderão fazê-lo em dois dias úteis a contar da publicação do Edital, junto à Coordenação de Controle Acadêmico do Campus Sousa.

Assessoria de Comunicação do IFPB/Sousa
porpjbarreto

Câmara Criminal decide que Ação Penal contra ex-procurador do Estado será julgada pela Justiça Comum

A Câmara Criminal do Tribunal de Justiça da Paraíba decidiu, por unanimidade, que a competência para processar e julgar a ação penal contra o ex-procurador-geral do Estado, Gilberto Carneiro, e Geo Luiz de Sousa Fontes é da Justiça Comum. A decisão ocorreu durante a sessão desta terça-feira (28), na apreciação do Recurso Criminal em Sentido Estrito nº 0000684-67.2019.815.0000 apresentado pelo Ministério Público, que questionava a decisão do Juízo da 5ª Vara Criminal da Capital, que declinou para a Justiça Eleitoral a competência para o julgamento.

A apreciação do recurso teve início na sessão da quinta-feira passada (23). Após o voto do relator desembargador Arnóbio Alves Teodósio e do revisor desembargador Ricardo Vital de Almeida, entendendo ser da competência da Justiça Comum, pediu vista o desembargador João Benedito da Silva. Na sessão desta terça, o autor do pedido de vista apresentou seu voto, acompanhando o relator.

A denúncia está relacionada a um empréstimo de uma caminhoneta S10 nova que teria sido solicitada pelo denunciado Gilberto Carneiro, então procurador-geral do Município de João Pessoa, ao empresário Mauro Bezerra da Silva, para o então candidato a vice-governador do Estado, Rômulo Gouveia utilizar na campanha política das eleições realizadas em 2010. Ainda segundo a denúncia, o pedido ganhou status de exigência, considerando que o empresário era sócio majoritário da Lider Limpeza Urbana Ltda., que mantinha vários contratos de prestação de serviços com a Emlur – Autarquia Especial Municipal de Limpeza Urbana, e com o próprio Município de João Pessoa. Por isso, o enquadramento no artigo 316 do Código Penal.

A denúncia segue dizendo que o veículo foi adquirido em nome de Petrucio Santos Almeida, amigo do empresário Mauro Bezerra, e não foi devolvido até hoje. Há, no processo, registro de multa aplicada em 11 de agosto 2011, pela Polícia Rodoviária Federal, quando o carro estava sendo conduzido por Geo Luiz de Souza Fontes, motorista de Gilberto Carneiro.

“Assim, cuidando-se da apuração de delitos comuns – concussão e lavagem de dinheiro -, sem qualquer imputação conjunta de crime eleitoral, a decisão que declinou da competência à Justiça Especializada deve ser reformada, reafirmando a competência da Justiça Comum para o processamento e o julgamento do feito”, ressaltou o relator Arnóbio Alves em seu voto.

 

Assessoria de Imprensa – TJPB

porpjbarreto

Superior Tribunal de Justiça libera divulgação do resultado do Sisu

Decisão foi tomada após recurso da Advocacia-Geral da União

O presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ministro João Otávio de Noronha, decidiu hoje (28) liberar a divulgação do resultado das inscrições no Sistema de Seleção Unificada (Sisu). A divulgação pelo Ministério da Educação (MEC) estava prevista para esta terça-feira, mas foi suspensa por uma liminar da Justiça de São Paulo, que também impediu o início das inscrições no Programa Universidade para Todos (Prouni).

A decisão do presidente foi motivada por um recurso protocolado na noite de ontem (27) pela Advocacia-Geral da União para derrubar a liminar proferida pela desembargadora Therezinha Cazerta, do Tribunal Regional Federal da 3ª Região (TRF3), que decidiu manter em vigor outra liminar concedida pela primeira instância da Justiça Federal para suspender a divulgação, sob alegação de que o governo ainda precisa dar um posicionamento “seguro e transparente” sobre a correção do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2019. As notas no exame são usadas pelos estudantes para fazer inscrição no Sisu e concorrer a vagas em universidades públicas em todo o país.

Na sexta-feira (25), a Justiça Federal de São Paulo havia determinado a suspensão da divulgação dos resultados do Sisu até que o governo federal demonstrasse a correção das provas do Enem que foram apontadas com problemas por estudantes de todo o país. O tribunal deu prazo de cinco dias para o cumprimento da decisão, sob multa diária de R$ 10 mil. A decisão foi motivada por um pedido da Defensoria Pública da União (DPU).

Na semana passada, o Ministério da Educação (MEC) informou que houve erros na atribuição de notas para cerca de 6 mil alunos. Segundo a pasta, a falha teria ocorrido na impressão das provas aplicadas em algumas cidades, sendo responsabilidade de uma gráfica. O MEC acrescentou que corrigiu o problema e não houve prejuízos para os estudantes.

Na decisão, o presidente do STJ diz ainda que os erros na correção das provas de 6 mil alunos, que foram resolvidos pelo MEC e pelo Inep, órgão responsável pelo Enem, não justificam a paralisação do todo o calendário universitário, que depende da divulgação das notas da prova.

“Se erros pontuais e individuais houve, certamente que devem ser sanados pelas vias próprias. Contudo, a simples possibilidade de rever nota específica não pode servir de substrato para impossibilitar o acesso de milhares a vagas já ofertadas e o início das atividades acadêmicas nas mais variadas entidades públicas e privadas”, afirmou.

Lista não oficial

Nesta terça-feira, antes da decisão do presidente do STJ, candidatos se manifestaram, pelas redes sociais, informando que tinham tido acesso a uma lista de resultados do Sisu, no site do MEC. Em seguida, o ministério divulgou nota informando que as listas publicadas por alguns minutos em seu portal “não representam resultado oficial” e que, em razão de decisão judicial, a divulgação do resultado final “continuava suspensa”.

 

Agência Brasil com informação de Pedro Peduzzi

porpjbarreto

Denise Albuquerque e vereadores da base deverão migrar para o novo partido do governador

A ex-prefeita de Cajazeiras, Dra. Denise Albuquerque de Oliveira (sem partido) deverá filiar-se ao partido do governador João Azevedo nos próximos dias.

De acordo com informações, Denise teria recebido convite de várias agremiações, mas preferiu não tomar nenhuma decisão precipitada e aguardar por um posicionamento de Azevedo, que segundo a imprensa estadual tem propagado que o governador irá para o Cidadania, o ex-Partido Popular Socialista (PPS).

Comandado na Paraíba até o momento por Ronaldo Guerra, o chefe de gabinete do governador passará a direção estadual do Cidadania ao próprio João, ou para uma pessoa de sua inteira confiança.

Após declarar sua filiação ao ex-PPS, o governador receberá uma enxurrada de correligionários. Não sendo diferente em Cajazeiras – com os vereadores aliados da ex-prefeita. “Vai todo mundo pro partido do governador, não fica ninguém nos outros partidos, amigo”, revelou uma fonte.

 

Redação

porpjbarreto

Deputado Jeová Campos é transferido para João Pessoa após sofrer hemorragia

O deputado estava na casa da mãe, em Cajazeiras, se preparando para retornar a João Pessoa, quando passou mal e começou a vomitar

O deputado estadual Jeová Campos foi transferido de Sousa, no Sertão da Paraíba, para João Pessoa, na tarde desta segunda-feira (27), após ter sido internado com hemorragia digestiva, no último domingo (26). Ele chegou à Capital de avião às 16h11, segundo informou a assessoria de imprensa do parlamentar.

“Ele saiu de Sousa e veio de avião às 16 horas e 11 minutos. Está indo para o Nossa Senhora das Neves. Ele está bem. O quadro é estável. A endoscopia que foi feita ontem a noite já estancou a hemorragia via cauterização. Hoje de manhã ele fez nova endoscopia para verificar como estava a contenção da hemorragia, e não tinha mais sinal de hemorragia. Ele permaneceu na UTI apenas por conta da medicação que tomou para fazer o exame e porque precisava ficar em observação”, explicou a assessora do deputado.

Sobre a internação de Jeová Campos em João Pessoa, a assessora afirmou que acredita que o deputado não precisará ficar na UTI. “Ele está bem, consciente, orientado, tranquilo, não está sentindo nenhuma dor. Então acredito que, pelo estado de saúde dele, ele ficará em apartamento.”

Jeová foi levado inicialmente, ontem, ao Hospital Regional de Cajazeiras, depois foi transferido ao Hospital Santa Terezinha, em Sousa, e chegou ao HNSN, na Capital, nesta segunda-feira.

O deputado estava na casa da mãe, em Cajazeiras, se preparando para retornar a João Pessoa, quando passou mal e começou a vomitar. Familiares o levaram para o Hospital Regional da cidade, onde ele passou pelos primeiros atendimentos. A transferência para Sousa se deu em função da necessidade da realização da endoscopia, exame que não é realizado no Hospital Regional de Cajazeiras. A volta para João Pessoa foi um pedido do parlamentar.

 

 

Foto: Diário do Sertão

Com informações da Assessoria e ClickPB