Arquivo mensal dezembro 2019

porpjbarreto

Santa Rita tem hoje pré-réveillon com Mano Walter e Samya Maia na Praça do Povo

A Prefeitura de Santa Rita vai promover na cidade uma grande festa de pré-réveillon neste dia 30 de dezembro, com shows de Mano Walter e de Sâmya Maia.

O evento acontece na Praça do Povo, com a proposta de oferecer diversão para a população santa-ritense e para os visitantes, que devem lotar o espaço de 22 mil metros quadrado, localizado no bairro de Tibiri Fábrica.

O início está marcado para as 20h. A programação começa com o show de Sâmya Maia e, em seguida, Mano Walter encerra a noite.

 

Secretaria de Comunicação Institucional
porpjbarreto

PF encontra celular escondido em caixa de remédio em frigobar na casa do deputado federal Wilson Santiago (PTB)

Alvo de operação, Wilson Santiago (PTB-PB) está afastado do cargo por decisão do Supremo

A Polícia Federal encontrou um celular escondido em uma caixa de remédio, dentro de um frigobar, durante operação de busca e apreensão na casa do deputado federal Wilson Santiago (PTB-PB), no último dia 21, em João Pessoa (PB).

Alvo da operação que apura desvio de dinheiro de obras no sertão da Paraíba, o parlamentar foi denunciado pelo Ministério Público Federal sob acusação dos crimes de organização criminosa e corrupção.

Ele foi afastado do cargo por decisão do ministro Celso de Mello, do Supremo Tribunal Federal. O parlamentar nega relação com os fatos investigados.

O celular encontrado estava dentro de uma caixa de remédio de nome Saxenda (para perda de peso), no quarto de Wilson Santiago. A polícia suspeita que o telefone era utilizado para tratar de assuntos ilícitos. Ao todo, sete aparelhos foram apreendidos.

A investigação do caso teve início com a colaboração premiada de um empresário na Paraíba. George Ramalho, dono da Coenco Construções, relatou ter sido contratado para a construção de uma adutora no sertão do estado apenas após o acerto de pagamento de propina para Wilson Santiago e ao prefeito de Uiraúna (PB), João Bosco Nonato Fernandes.

O valor total da obra foi de R$ 24,8 milhões, e o montante desviado, segundo o inquérito, de R$ 1,2 milhão.

Após o início das negociações para o acordo de delação premiada de George Ramalho, a Polícia Federal conseguiu autorização judicial para realizar ações controladas. O mecanismo consistiu no acompanhamento de eventos em que o colaborador se reuniu com investigados, gravando, para realizar pagamento de propina ou tratar de assuntos ilícitos.

Um dos episódios registrados foi a entrega de R$ 30 mil, acomodados em uma pasta azul, para uma mulher, em um hotel em Brasília, que, segundo o empresário, seriam de desvio de dinheiro da obra.

Câmeras de vigilância captaram o momento em que ela chega, minutos depois, no prédio do deputado Wilson Santiago, de carro. As gravações registraram também sua saída, pelo hall, sem a pasta azul nas mãos.

Na ação da PF, há também imagens mostrando o prefeito de Uiraúna supostamente enfiando maços de dinheiro na cueca.

No dia da operação, a polícia encontrou e apreendeu dinheiro em espécie na casa do deputado em Brasília e na casa do prefeito, em Uiraúna.

“Em nenhum momento a investigação flagrou o deputado recebendo dinheiro de terceiros. Tampouco a ação controlada captou conversas ou mensagens por parte de Wilson Santiago. O dinheiro apreendido no apartamento, além de encontrar lastro no Imposto de Renda, foi objeto de saque de sua conta decorrente de seus próprios rendimentos, de modo que será comprovado em momento oportuno”, afirmou Luís Henrique Machado, advogado do deputado.

Decisões do Supremo Tribunal Federal de afastar parlamentares do mandato são controversas, mas, hoje, há o entendimento na corte de que a palavra final cabe ao plenário da Câmara ou do Senado.

Em tese, a decisão do STF é submetida ao plenário da Câmara, mas o Congresso entrou em recesso na última segunda-feira (23/12) e só volta aos trabalhos em fevereiro.

Santiago está automaticamente afastado do mandato até que o plenário delibere sobre o assunto, o que também pode não ocorrer, a depender da decisão política da cúpula da Câmara e da maioria dos partidos.

A denúncia contra Santiago e os outros acusados é assinada pelo procurador-geral da República interino, José Bonifácio Borges de Andrada. Ele solicita que eles sejam condenados a ressarcir os cofres públicos em R$ 14,9 milhões.

Cabe agora, ao STF, decidir se aceita ou não a denúncia. Em caso positivo, os acusados se tornam réus.

 

Fonte: folha.uol

porpjbarreto

“Carluxa, tu é um merda”, responde deputado paraibano atacado por Carlos Bolsonaro

Parlamentar da Paraíba que articulou campanha de Bolsonaro no Nordeste se distanciou do clã bolsonarista e ficou do lado de Luciano Bivar

O deputado federal Julian Lemos (PSL-PB) disparou contra o filho 02 do presidente Jair Bolsonaro, Carlos Bolsonaro (PSC-RJ), nas redes sociais neste domingo 29. O vice-presidente do partido que elegeu o ex-capitão presidente da República respondeu a uma provocação de Carlos nas redes sociais e chamou o vereador do Rio de Janeiro de “Carluxa”.

No domingo, Carlos postou em suas redes sociais uma foto do deputado paraibano com a frase: “Julian Lemos (PSL): seria um deputado da Paraíba atacando seu povo e acusando sem provas que o elegeu?” Lemos foi um dos principais articuladores da campanha de Bolsonaro no Nordeste. Com o racha no PSL, Lemos ficou do lado do presidente da sigla, Luciano Bivar, e se afastou do clã bolsonarista.

“Você pode bancar o fodão para muita gente, pra mim não, esse ano o lugar do debate vai ser no microfone da Câmara dos Deputados, o remédio de um doido é outro na porta. Esse aí é o grande influenciador do líder do nosso país, apenas um desequilibrado, Carluxa… Tu é um merda!”, escreveu Lemos no Twitter.

Veja a série de respostas enfurecidas do deputado da Paraíba ao filho do presidente:

Veja também.::. 

Deputado paraibano chama filho de Bolsonaro de “Carluxa”

 

Com informações de Carta Capital

porpjbarreto

Cajazeiras: Suplente de vereador em Divinópolis declara apoio à reeleição de “Deuzinho da Arara”

Estaremos firmes e fortes com meu amigo “Deuzinho da Arara” em 2020!

O suplente de vereador Dudezinho (PTC), que foi candidato nas eleições municipais em 2016, obteve 122 votos com seu trabalho junto às comunidades que atua, declarou na manhã desta segunda-feira (30) de dezembro de 2019, seu apoio ao projeto político de reeleição do atual presidente da Câmara Municipal de Cajazeiras, o Vereador José Gonçalves de Albuquerque “Deuzinho da Arara” (PTC).

De acordo com “Dudezinho”, o Distrito de Divinópolis, passa a ter um represente à altura daquela comunidade, pois, sendo homem simples e do campo, “Deuzinho da Arara” sempre se dispôs alcançar benefícios em prol dos moradores do perímetro urbano e da zona rural de Divinópolis.

Já estava conversando com minha família, com os amigos e os nossos eleitores, para o próximo ano de 2020, se eu seria candidato mais uma vez, ou apoiaria alguém com reais chances de vitória, para lutar pelo nosso Distrito de Divinópolis, que é tão esquecido pelas autoridades, mas chegamos à conclusão, que o nome do amigo e correligionário de partido para levar nosso singelo apoio, seria o nome do Vereador “Deuzinho da Arara”, declarou “Dudezinho”.

Para a líder comunitária e companheira de “Dudezinho”, Maria de Lourdes, popularmente conhecida por “Lurdinha de Divinópolis”, ela sempre escutava falar em “Deuzinho” de maneira correta, como um homem sério sem rodeios e sem meias palavras, que as pessoas podem confiar. “Eu sempre escuto as pessoas falando no nome do Vereador “Deuzinho”, que ele é um homem sério e que não gosta de meias palavras, portanto, é desse tipo de político que a gente ainda pode confiar – tenho certeza, que o povo do Distrito de Divinópolis não vai se arrepender de mais uma vez apoiar o nosso amigo “Deuzinho da Arara”, afirmou Lurdinha.

Para o Vereador “Deuzinho da Arara”, a chegada de Dudezinho e Lurdinha em Divinópolis, vem em boa hora e, se soma às demais lideranças da referida comunidade que tem declarado apoio ao presidente da Câmara. “Só tenho que agradecer aos amigos que estão chegando para somar conosco. O apoio de “Dudezinho e Lurdinha” em Divinópolis é resultado do nosso trabalho, quando estive Secretário de Desenvolvimento Rural, por exemplo, executamos muitos serviços solicitados pelo povo querido daquele distrito, agradeço de coração esse importante apoio”, declarou “Deuzinho da Arara”, que mesmo no recesso parlamentar tem trabalhado muito.

 

Assessoria

porpjbarreto

Deputado paraibano chama filho de Bolsonaro de “Carluxa”

O deputado federal Julian Lemos (PSL-PB)discutiu nas redes sociais neste domingo (29) com o segundo filho do presidente Jair Bolsonaro, o vereador Carlos Bolsonaro (PSC-RJ).

“Você pode bancar o fodão para muita gente, pra mim não, esse ano o lugar do debate vai ser no microfone da Câmara dos Deputados, o remédio de um doido é outro na porta. Esse aí é o grande influenciador do líder do nosso país, apenas um desequilibrado, Carluxa…Tu é um merda!”, escreveu o deputado em mensagem no Twitter.

O congressista foi o principal articulador de Bolsonaro no Nordeste durante as eleições de 2018. No entanto, ele se distanciou do círculo próximo do mandatário e ficou do lado do presidente do PSL, Luciano Bivar (PE), após o racha na sigla que resultou na saída do próprio presidente da República do partido.

A declaração de Julian foi uma resposta a um vídeo  publicado por Carlos mais cedo neste domingo. No conteúdo divulgado pelo vereador há um áudio atribuído ao deputado da Paraíba no qual ele critica de forma genérica os filhos de Jair Bolsonaro.

Embora não cite nomes, há menções às investigações de acúmulo de salário de assessores envolvendo o senador Flávio Bolsonaro (sem partido-RJ).

Veja o vídeo:

Julian Lemos: Seria um deputado da Paraíba atacando seu povo, acusando e ameaçando quem o elegeu?

Ao responder Carlos Bolsonaro por meio do Twitter, Julian Lemos não negou nem confirmou que o áudio é verdadeiro.

Leia a seguir a transcrição do que é dito no fala atribuída ao deputado:

“Eu tenho percebido que existe uma idolatria agora pelos príncipes, como coisa que esse Brasil tivesse marchado pelos filhos… Lutamos essa guerra maldita da esquerda do país, a favor do Brasil e pelo presidente. Fica um monte imbecil, quase que fazendo uma gulosa nesses caras,  que ficam aí surfando, eles que surfam, mas não é dentro do Congresso, não, fazendo muita gente de otário. Deputado como eu, meu irmão, é que vai para o front, não fica de conversinha, nem viadagem em Twitter, minha paciência esgotou, sou deputado federal igual a ele, o voto dele e o meu valem um, entendeu? Só que sou Paraíba, não pedi favor a ninguém, nem fiquei bajulando ninguém, fui convocado. Fiz um trabalho da porra que toda Paraíba sabe e o Nordeste.

Não vou lamber bota de ninguém, não fiz isso com meu pai,  vou fazer com filho de ninguém. A Paraíba tem orgulho de um cabra macho e é o que vou fazer, entendesse? Eu quero que o cabra aponte para o meu mandato e diga: ‘está fazendo coisa  errada’. Não tem, não faço rachadinha, não pego auxílio moradia para botar no bolso, comprar imóvel, entendeu, meu irmão? Não faço rachid, não escondo criminoso, está entendo? Não faço imbróglio para Justiça, não coloco o presidente em constrangimento, para nego tirar onda comigo, tenho medo de filho de ninguém, só tenho medo de Deus, Deus, entendesse? Que até o dia de chegar a hora da minha morte vou encarar ele e vou embora.

Fica um monte de babão venerando homens nessa terra. Quem venerar senador, deputado ou presidente vai se decepcionar. A força está no povo, na consciência política do povo, essa mediocridade da nossa gente é que faz esse estado ser pobre. Isso que aborrece, essa subserviência, essa babada imunda  e sebosa de gente que na realidade não tem argumento contra mim. Agora ano que vem, passou-se um ano, ano que vem não tem problema. Sabe qual é a função de um deputado federal que muita gente não sabe? Fiscalizar o Executivo e propor leis”.

Leia a série de mensagens que o congressista compartilhou para responder ao vídeo divulgado:

Com informações de Congresso em Foco

porpjbarreto

Saiba tudo sobre a polêmica envolvendo o jogador paraibano Hulk, a ex-esposa e sobrinha dela

O jogador tem gerado repercussão nas redes sociais desde que assumiu namoro com Camila Ângelo

Hulk Paraíba — que ganhou manchetes em 2014 não por fazer parte da Seleção Brasileira na Copa do Mundo, mas por causa de seu bumbum avantajado — decidiu que o Natal de sua família neste ano seria marcado para sempre. Em 21 de dezembro, às portas da véspera natalina, o jogador revelou seu relacionamento com Camila Ângelo.

O choque não ocorreu porque ele havia aberto o coração para o amor apenas três meses depois de finalizar seu casamento com Iran Ângelo, com quem esteve por 12 anos. A família se surpreendeu por ele estar se envolvendo com a sobrinha favorita de sua ex-mulher.

Quando a notícia veio à tona, a assessoria de imprensa do jogador revelou que Hulk reuniu os familiares, no sábado (21), e lançou a bomba. A partir daí, a polêmica correu e não se fala em mais nada nas redes sociais. Famoso pelo bumbum, Hulk agora estampa os tabloides devido ao caso com Camila.

O namoro começou em outubro, segundo os representantes do atleta. Ele, porém, foi padrinho de casamento de Camila em 2015. Obviamente, a relação dela não durou, e os motivos do término ainda não foram confirmados. Sabe-se que Camila sempre foi muito próxima da tia, até então esposa de seu futuro namorado.

Indiretas

A história de amor novelesca passou a desandar rapidamente por causa da família de Iran, que passou o Natal em Pipa com os entes queridos. Enquanto isso, Hulk esteve em Campina Grande, na Paraíba, com a nova namorada.

Conversas devem ter rolado durante o encontro dos familiares de Iran, e eles se propuseram a publicar indiretas na internet. A ex-mulher postou Stories no Instagram, celebrando a união natalina. Rayssa, irmã de Iran, digitou um texto na rede. “E com Deus e muita dignidade seguimos. Deus cuida de tudo. Obrigada, Senhor, por não deixar ninguém nos destruir”, disse.

Separação amigável?

Na sequência, o colunista Leo Dias, do portal UOL, anunciou que Hulk havia feito uma proposta “irrecusável” à ex-mulher para que a separação fosse “amigável”. Ele teria oferecido R$ 100 milhões e 40 de seus 80 imóveis para ela.

A intenção dele era colocar um ponto final na relação de 12 anos sem chegar perto de ser um monstro. Contudo, Iran Ângelo não aceitou a proposta — manteve a dignidade, ainda sem saber que o pior estava por vir.

Carta de desculpas

Hulk Paraíba e a ex-mulher, Iran Ângelo. Casal esteve junto por 12 anos.

No olho do furacão e sem apoio de ninguém de sua família — nem da mãe, nem do irmão, sem absolutamente nenhuma alma viva próxima para estender a mão —, Camila escreveu uma carta de desculpas à tia. As duas compartilhavam inúmeros momentos juntas, eram unidas, e a jovem decidiu resumir tudo isso “à vontade de Deus”.

“Tia Iran, primeiro quero te dizer que essa carta não é uma explicação ou justificava de nada. Vim aqui te falar algumas coisas, apesar de ser irrelevante pra você neste momento, mas eu te amo muito e me importo com você”, disse ela.

“Nunca quis viver a sua vida ou tive inveja de algo que você viveu. Está sendo muito difícil encarar tudo isso, mas eu não faria se não fosse verdadeiro… Não queria que fosse assim, juro”, prosseguiu Camila, que afirmou com todas as letras nunca ter se envolvido com Hulk enquanto Iran e o jogador estavam juntos.

“Eu sinto muito por tudo, se eu pudesse escolher, não estaríamos passando por isso, mas a vida não gira da forma que imaginamos. Ele me mostrou que não havia mais chances de uma possível volta e por isso nos permitimos viver esse sentimento que vivia incubado dentro nós e despertou agora. Não cai uma única folha sem a permissão de Deus… e assim nós vamos seguir os planos dele”, escreveu. Ela pediu perdão e, “com lágrimas nos olhos”, desejou “toda a felicidade do mundo” à tia.

Família devastada

Nenhum pedido de desculpas, porém, é capaz de remendar o coração partido de Iran. Recebendo apoio absoluto da família, ela disse, por meio de seus advogados, que todos estão devastados com a situação.

Iran Ângelo e a sobrinha, Camila, atual namorada de seu ex-marido.

“Lamenta-se profundamente que o Sr. Hulk, não satisfeito em ter dado causa à derrocada de um casamento de mais de 12 anos, não tenha respeitado a dor daquela que sempre lhe devotou amor, carinho, respeito e consideração, bem como dos filhos menores do extinto casal”, informaram os representantes.

A pessoa de Iran, no entanto, permanece — e pretende — se encasular e distanciar-se desse assunto.

“Tô nem aí”

Como quem diz “tô nem aí” e dá de ombros, Hulk publicou uma indireta nas redes sociais, nesse domingo (29/12). Abraçado aos três filhos, frutos de seu relacionamento com Iran, o atleta foi curto e grosso.

“Nunca deixe que os elogios o iludam e as críticas o abalem. Seja sempre o que você é e não o que os outros querem que você seja”, disse.

 

Por Saullo Brenner / Metrópoles 

porpjbarreto

Magazine Luiza irá fazer liquidação de início de ano com descontos de até 70%

O Magazine Luiza (MGLU3) irá realizar no dia 3 de janeiro a Liquidação Fantástica, que deverá ocorrer em mais de mil lojas da rede.

Famosa pelas filas longas filas, a liquidação de queima de estoque oferece descontos de até 70% com produtos à pronta entrega.

No dia da liquidação, as lojas abriram às 6h.

Em 2020, a liquidação ocorrerá em todos os estados cobertos pela varejista. Belém e Cuiabá, cidades que a companhia chegou em 2019, terão sua primeira Liquidação Fantástica.

 

Por Renan Dantas

porpjbarreto

Em 2020, brasileiros vão eleger prefeitos, vice-prefeitos e vereadores. Confira as datas e calendário eleitoral!

Confira as principais datas do calendário eleitoral

A partir de 1º de janeiro de 2020, eleitores, partidos e candidatos devem estar atentos ao calendário definido pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para eleições municipais do ano que vem, quando serão escolhidos prefeitos, vice-prefeitos e vereadores.

Pelo calendário eleitoral aprovado pela Corte, todas as pessoas envolvidas no pleito devem respeitar regras e prazos para garantir a realização da votação. O primeiro turno será realizado em 4 de outubro e o segundo turno no dia 25 do mesmo mês.

No primeiro dia de janeiro, empresas responsáveis por pesquisas de opinião estão obrigadas a registrá-las no TSE. Na mesma data, qualquer órgão da administração pública fica proibido de distribuir benefícios, bens ou valores, exceto no caso de calamidade pública. Os órgãos também não podem aumentar gastos com publicidade acima da média dos últimos três anos.

Em abril, o TSE vai lançar uma campanha nas emissoras de rádio e televisão para incentivar a participação das mulheres nas eleições e esclarecer o eleitor sobre o funcionamento do sistema eleitoral.

No dia 16 de junho, a Corte deve divulgar o valor corrigido do Fundo Especial de Financiamento de Campanha (FEFC), criado pelo Congresso. Conforme o orçamento da União para o ano que vem, R$ 2 bilhões estão previstos para o fundo.

Em julho, os partidos estão autorizados a promover as convenções internas para escolha de seus candidatos, que deverão ter os registros das candidaturas apresentados à Justiça Eleitoral até 15 de agosto.

No dia seguinte, a propaganda eleitoral está autorizada nas ruas e na internet até 3 de outubro, dia anterior ao primeiro turno.

Em setembro, a partir do dia 19, nenhum candidato poderá ser preso, salvo em flagrante. No caso dos eleitores, a legislação eleitoral também proíbe a prisão nos dias próximos ao pleito. No dia 29, eleitores só podem ser presos em flagrante.

A diplomação dos prefeitos e vices, além dos vereadores eleitos, deve ocorrer até 19 de dezembro de 2020.

Nas eleições municipais de 2016, 144 milhões de eleitores estavam aptos a votar. No pleito, foram registradas 496 mil candidaturas para os cargos disputados.

Confira as principais datas:

Data Evento
1 janeiro Entidades ou empresas que fazem pesquisa de opinião pública ficam obrigadas a registrar sondagens de intenção de voto no Sistema de Registro de Pesquisas Eleitorais até 5 (cinco) dias antes da divulgação;

Administração pública fica proibida de distribuir bens, valores ou benefícios gratuitamente;

Proibida execução de programas sociais por entidade nominalmente vinculada a candidato;

Proibida publicidade de órgãos públicos com gastos acima da média

5 março A partir desta data e até 3 de abril, considera-se justa causa a mudança de partido de vereador para concorrer a eleição majoritária ou proporcional
1 abril Início da propaganda do TSE para incentivar a participação feminina, de jovens e da comunidade negra na política, bem como esclarecer os cidadãos sobre as regras e o funcionamento do sistema eleitoral brasileiro.
4 abril Data limite para que presidente da República, governadores e prefeitos renunciem aos respectivos cargos caso pretendam concorrer a outros cargos;
7 abril Proibido aumentar salário de servidores públicos;
16 junho Previsão de divulgação pelo TSE do valor do Fundo Especial de Financiamento de Campanha (FEFC).
30 junho Data a partir da qual é vedado a emissoras de rádio e de televisão transmitir programa apresentado ou comentado por pré-candidato.
4 julho Proibição de contatações e demissões de servidores, com exceções.
20 julho Início das convenções partidárias
15 agosto Último dia para os partidos políticos e as coligações apresentarem à Justiça Eleitoral registro de candidaturas.
16 agosto Data a partir da qual será permitida a propaganda eleitoral, inclusive na internet.
19 setembro Nenhum candidato poderá ser preso, salvo em flagrante.
29 setembro Nenhum eleitor poderá ser preso, salvo em flagrante.
4 outubro Dia do primeiro turno
25 de outubro Dia do segundo turno
18 de dezembro Último dia para diplomação dos eleitos pela Justiça Eleitoral.

 

Edição: Denise Griesinger / Agência Brasil

porpjbarreto

Empresa contratada por Romero/Enivaldo para coleta de lixo em Campina é citada na ‘Operação Calvário’

Após mais de oito paralisações na coleta de lixo em Campina Grande, nos últimos anos, culminando com a paralisação mês passado, a gestão do prefeito Romero Rodrigues (PSD) e do seu vice-prefeito Enivaldo Ribeiro (PP) decidiu rescindir o contrato de licitação com a empresa Light Engenharia e Comércio Ltda, empresa essa que só esse ano já recebeu mais de R$ 10 milhões da PMCG. Em comunicado a imprensa a gestão municipal anunciou contrato com a empresa Limpmax Construções e Serviços Eireli, que vem sendo investigada por supostos crimes perante a justiça, dentre os quais de integrar o esquema de desvio de recursos públicos investigada pela ‘Operação Calvário’.

Segundo um portal da capital, a nova empresa ganhadora da licitação do lixo em Campina Grande Limpmax Construções e Serviços Eireli, que tem como CNPJ: 10.557.524/0001-31, com sede em Sousa (R. Basílio Silva, 87, 1º andar), que tem como um dos seus sócios o empresário Thiago Cartaxo, com uma frota de cerca de 60 caminhões compactadores, num valor acima de R$ 20 milhões é uma empresa citada na ‘Operação Calvário’ como tendo via seus donos pessoas com laços estreitos com Livânia Farias. Só em cavalos, Thiago Cartaxo teria quase R$ 2 milhões. Veja mais: http://fonte83.com.br/o-vida-de-gado-o-dono-da-limpmax-empresa-de-coleta-lixo-que-tem-sua-matriz-em-sousa-e-citado-na-operacao-calvario-indicado-como-alguem-com-lacos-estreitos-com-livania-farias-sua-conterranea-parec/

Essa empresa também vem sendo investigada por supostos crimes, cometidos na gestão do município do Conde, além de outras cidades. Veja detalhes: https://www.heldermoura.com.br/calvario-no-lixo-empresa-que-coleta-todo-lixo-hospitalar-da-paraiba-e-tem-frota-gigante-chama-atencao-de-forca-tarefa/

Vale ressaltar que desde janeiro deste ano a antiga empresa de coleta de lixo Light Engenharia e Comércio Ltda, já recebeu da PMCG mais de R$ 10.502.734,81. Veja detalhes:    https://sagresonline.tce.pb.gov.br/#/municipal/fornecedores

Sintab reforça descaso da gestão com a coleta de lixo – Para o presidente do Sintab, Nazito Pereira, os garis são mesmo invisíveis para a gestão municipal. “A situação é bastante grave e o Sintab tem feito seu papel ao longo dos anos. Temos enviado ofícios frequentemente ao secretário de obras e ao prefeito e até o momento nós não recebemos sequer uma sinalização de que haverá uma solução de fato”, contou.

Segundo ele, o que houve por parte da Prefeitura Municipal de Campina Grande (PMCG), foram apenas medidas paliativas, quando houve maior pressão da categoria. “Em um ou dois momentos houve uma atenção pequena do secretário, que diante da pressão comprou de imediato alguns EPIs, mas não vemos uma demonstração clara de que eles estejam preocupados com a situação precária destes trabalhadores”, reforçou.

A produção desta reportagem especial é, conforme ressaltou o próprio presidente, reflexo das negativas e do descaso da prefeitura. “Nós ouvimos os relatos dos servidores e vimos o que eles estão sofrendo na pele, as fotos também falam por si. Aproveitamos pra chamar a atenção do prefeito Romero Rodrigues, para que nos atenda, já que ele está nos devendo uma audiência há mais de dois meses. No último encontro que tivemos com ele, não conseguimos abordar estes pontos porque simplesmente ele não nos deu tempo para isso. Espero que o prefeito Romero assuma seu papel de gestor público para todos os campinenses”, salientou. Veja detalhes: https://sintab.org.br/sintab-denuncia-descaso-da-prefeitura-de-campina-com-os-garis/

Redação

porpjbarreto

Ex-ministro de Temer quer disputar prefeitura de Recife

Mendonça Filho, ministro da Educação do governo Michel Temer, se articula nos bastidores para ser candidato a prefeito de Recife em 2020 pelo DEM, afirma Igor Gadelha, colunista na revista Crusoé.