Pés de Barro: deputado Wilson Santiago emite nota de esclarecimento sobre seu envolvimento em operação da Polícia Federal

porpjbarreto

Pés de Barro: deputado Wilson Santiago emite nota de esclarecimento sobre seu envolvimento em operação da Polícia Federal

Na manhã de hoje (sábado 21/12/2019), fomos surpreendidos por Operação da Polícia Federal. A operação em questão foi baseada na delação do empresário George Ramalho, o qual foi preso em abril de 2019 na Operação Feudo. Segundo as informações preliminares, o delator iniciou no segundo semestre de 2019 a construção de um roteiro, que servisse como base para acordo que lhe favorecesse na operação que foi alvo de prisão. O delator busca a todo momento, construir relações que possam nos implicar de forma pessoal e criminalizar o trabalho parlamentar.

Fica evidente, que o delator usa um princípio jurídico que veio para ser um instrumento de promoção de justiça, como artifício para favorecimento pessoal e evitar condenação na Operação Feudo. Temos certeza que esse tipo ação criminosa será coibida. Não podemos aceitar que a ação política fique refém dessas práticas. Dessa forma, tomaremos as medidas cabíveis para que a verdade venha à tona, com o esclarecimento das questões objeto da investigação e nossos direitos sejam restabelecidos. Estamos à disposição da Justiça para colaborar em todo o processo.

 

Wilson Santiago

Deputado Federal

Sobre o Autor

pjbarreto editor

2 Comentários até agora

Polícia Federal pediu ao STF prisão do deputado Wilson Santiago – .::FM Rural::.Postado em4:32 pm - dez 21, 2019

[…] Pés de Barro, a Polícia Federal pediu ao STF cinco prisões preventivas, entre elas a do deputado Wilson Santiago e do prefeito de Uiraúna/PB, João Bosco Nonato […]

PF deflagra operação para desarticular esquema de superfaturamento em obras no sertão da Paraíba – .::FM Rural::.Postado em4:33 pm - dez 21, 2019

[…] termo “pés de barro”, então, passou a designar as riquezas cuja base não se sustenta do ponto de vista […]

Deixe uma resposta