Após oito anos, Google pode voltar à China

Após oito anos, Google pode voltar à China

Compartilhe

O Diário do Povo, principal jornal chinês, publicou na última segunda-feira (6) um editorial alegando que o Google quer voltar ao mercado da China e que a empresa será bem-vinda, desde que cumpra com as leis do país.

De acordo com o jornal, que é órgão oficial do Partido Comunista da China (PCCh), o país está muito mais aberto agora do que oito anos atrás, quando o Google foi bloqueado em todo o território por não respeitar as leis. Para voltar ao país, o Google está planejando relançar seu motor de busca com resultados censurados, como manda as autoridades chinesas.

O governo chinês acredita que o ciberespaço deve ser regulado por leis e regulações nacionais e que “não será permitido que a internet fique cheia de pornografia, violência, mensagens subversivas, separatismo étnico, extremismo religioso, elementos racistas e terrorismo”.

Com os requisitos colocados pelas autoridades chinesas, a decisão agora está nas mãos da empresa Google, que pode ganhar o mercado chinês, desde que “respeite as leis nacionais”.

 

Reportagem: Larissa Lago

Sobre o Autor

Rádio Rural FM administrator

Deixe uma resposta